Dicas para se livrar estupido e abusivo

Dicas para se livrar estupido e abusivo
Avalie esse artigo

De importante saber que o abuso emocional tem inúmeras definições, mas é mais bem mais caracterizado por padrões típicos de comportamento e dinâmica de relacionamento.

O excessivo emocional tende a girar em torno de um desequilíbrio de poder, que de fato, pelo menos uma pessoa no relacionamento procura exercer controle físico e psicológico sobre o outro. Mas, o excesso emocional não engloba a agressão física em si. Logo, este tipo de abuso nem todas as vezes é consciente, sendo que na maioria das vezes seja.

Ver também: Confira algumas dicas pra fazer com presentes do seu ex amor

Você já sofreu abuso?

Digamos que uma pessoa que cresceu em um ambiente emocionalmente abusivo, cheio de complicações pode não reconhecer o abuso que sofreu como talou pode não reconhecer o seu próprio comportamento abusivo.

O abuso emocional em um relacionamento, seja ele qual for, pode ter como característica duas maneiras. Uma das formas mais agressiva de abuso emocional e deixa a vítima com uma compreensão simples e perceptível da experiência. Você sabe o que o agressor sente e fala sobre você, assim como as outras pessoas que seguem na sua vida.

A maneira mais passiva é caracterizada pela dominação, mas por alfinetadas irritantes. Pequenas e aparentemente sem significar implicâncias ou correções que se juntam em uma espécie de relação subordinado ao decorrer do tempo. E você não pode saber o que o agressor pensa, fala ou sente ou diz sobre você – ou até mesmo o quanto o próprio abuso o afeta.

A pessoa que abusa pode gostar mesmo de você?

Algo que não é tão simples de identificar, a pessoa abusiva pode dizer que ama você e que irá mudar e fará de tudo para que você acredite que ele irá para com esses comportamentos, portanto você não tem que deixar.

Todavia, quanto mais você a recebe de volta, mais controle ela ganhará sobre você e você não percebe. Promessas vazias tornam-se a norma, claro que ele irá te prometer muitas coisas e não vai cumprir.

Relações abusivas

As Relações abusivas têm como características, por serem vividas como jogos de ciúmes,frieza emocional,controle, violência, e abstinência sexual. Não é facíl identificar uma pessoa abusiva. Esse tipo de pessoa costuma ter muita esperteza e pode facilmente fazer com que você pense que não é bom o bastante e que tudo é por sua culpa. Da mesma maneira que é tão difícil recuperar-se de um abuso emocional é também difícil de um abuso físico.

sinais de uma pessoa abusiva

Se seu companheiro apresenta um ou mais de algum desses sinais, reavalie seu relacionamentoe tens duas opções:  procure ajuda ou então caia fora. Superioridade –Ela sempre está certa, tem que permanecer no comando.

Ela sempre esclarece suas ações de maneira a estar sempre “certa” para você e os outros. A pessoa abusiva irá falar de cima para baixo com você e te xingará, a fim de querer se sentir melhor.

Possessividade -. Um ser humano abusivo vê como sua propriedade em vez de indivíduos únicos,as mulheres e suas crianças. Começa a acusar você, sem razão, de traição ou de flertar com outros homens sem que ao menos você nem imagine.

Manipulador–a pessoa abusiva lhe diz que você é louca/o de maneira que a culpa caia sobre você. Ele tenta fazer você pensar que o que ele/ela faz é sua culpa e começa a lhe culpar por tudo.

Controlador – uma pessoa abusiva sempre exige que seu tempo e você sejam o centro de sua atenção. A pessoa quer controlar as finanças, o carro, e as atividades que praticam juntos. Torna-se raivoso/a quando você começa a mostrar sinais de independência ou força ou quando quer fazer algo sozinho.

Culpa você – A pessoa abusiva emocionalmente pode estabelecer regras sobre você de sexo, de intimidade emocional, ou joga um jogo silencioso como punição quando ele/ela não consegue as coisas do seu jeito, sempre procura interromper suas vontades.

Suas ações não correspondem a suas palavras – ele/a quebra promessas, diz que ama você e depois abusa de você. O homem quando é agressor muitas vezes tem uma história de abuso a mulheres, ou a animais, ou foi abusado ele mesmo ou até mesmo algum parente – Agressores físicos repetem seu padrão e procuram pessoas que são submissas e possam ser controladas para que tudo seja mais facil.

O comportamento abusivo pode ser definido como uma disfunção geracional e pessoas que sofreram abuso têm uma enorme chance de se tornar agressores. Homens que abusam de animais são mais capazes de abusar de mulheres também e qualquer outra pessoa.

Mudanças de humor repentinamente – o seu humor muda de agressivo e abusivo para uma aparência humilde,em instantes, desculpando-se e tornando-se amoroso/a depois que o abuso aconteceu e finge tranquilamente que nada aconteceu.

Não quer procurar e nem receber ajuda –a pessoa agressiva não pensa que alguma coisa está errada com ele então porque ele precisa de ajuda? Ele não sabe reconhecer suas faltas, erros ou culpa sua infância e circunstâncias exteriores.

Desrespeita as pessoas – o agressor demonstra falta de respeito em relação a sua mãe, irmãs, ou qualquer mulher em sua vida e até mesmo a qualquer uma pessoa. Pensa que as mulheres são estúpidas e sem valor e começa a menosprezar.

Se a pessoa abusiva não estiver disposto a procurar ou receber ajuda, então você precisa começar a agir para proteger a si mesma e os filhos saindo de casa. Se você estiver se sentindo com medo de não ser capaz de sobreviver por conta das finanças, comece a procurar ajuda, procure a sua família, amigos, e descubra uma maneira como eles poderão ajudá-la.

Uma vez que você tenha saído, a pessoa abusiva pode vim a chorar e pedir perdão, mas não volte atrás sem ao menos procurar ajuda e sem ele completar uma terapia de longo prazo bem-sucedida e você se sinta totalmente bem. Se o seu parceiro não está desejoso de procurar ajuda para seu comportamento abusivo, a sua única opção é sair fora, será bem melhor pra você.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: