Dicas para ter um bom relacionamento com seu parceiro

Dicas para ter um bom relacionamento com seu parceiro
Avalie esse artigo

Felicidade verdadeira não é se sentir bem consigo mesma porque outra pessoa nos ama, é mais sobre como amamos a nós mesmas e aos outros.
Dicas para ser feliz e ter o melhor relacionamento amoroso possível

1. Use relacionamentos para aprender a ser complete interiormente

Relacionamentos não têm a ver com outra pessoa te completando, mas sim com entrar no relacionamento inteira e compartilhar sua vida de forma independente. Ao se afastar o ideal romântico de se tornar “um”, você aprende a amar as distâncias no relacionamento amoroso tanto quando a proximidade.

Ver Também:Dicas para saber lidar com o namorado ciumento

2. Veja seu parceiro como ele realmente é

A tragédia romântica ocorre quando você vê a pessoa por quem está apaixonada como um símbolo do que ele representa, a ideia dele. Quando você percebe que você não o conhece de verdade, você começa a descobrir quem ele é e como ele muda e evolui.

3. Estejam dispostos a aprender um com o outro

A chave é ver o outro como um espelho e aprender a partir do reflexo como você pode ser uma pessoa melhor. Quando você se sente irritada, ao invés de apontar e colocar a culpa no seu parceiro, fique atenta ao que ainda precisa ser corrigido em você mesma.

4. Fique confortável ao estar sozinha

Para aceitar que o amor não pode te resgatar da solidão, aprenda a passar um tempo consigo mesma. Ao se sentir segura ficando sozinha em um relacionamento amoroso, você se sente mais completa, feliz e inteira.

5. Preste atenção ao que pode iniciar uma briga

Alguns casais criam separações ao brigar e então se reconciliarem uma vez após a outra. Isso permite que você continue a trama romântica, criando drama e evitando intimidade real. Se você se tornar ciente do que você teme na intimidade, você saberá melhor por que está brigando, e provavelmente brigará menos.

6. Seja dona de si mesma

Nós geralmente nos agarramos ao relacionamento amoroso porque necessitamos alguma coisa que está fora de alcance, alguma coisa em outra pessoa que não achamos que nós próprios possuímos. Infelizmente, quando finalmente conseguimos um amor, descobrimos que não conseguimos o que estávamos procurando. Amor verdadeiro só existe se você se amar primeiro. Você só pode conseguir de outra pessoa o que está disposta a dar a si mesma.

7. Aceite o normal

Depois que o conto de fadas do relacionamento acaba, descobrimos o normal, e fazemos de tudo para evitá-lo. O truque é ver que o normal pode se tornar o melhor da intimidade. A amabilidade diária de compartilhar uma vida com um parceiro pode se tornar extraordinária, e realmente se torna.

8. Aumente seu coração

Uma coisa que nos une é que todos queremos ser felizes. Essa felicidade geralmente inclui o desejo de ser próximo a alguém num relacionamento amoroso. Para criar uma intimidade real, conecte-se com o espaço do seu coração e torne-se ciente do que é bom em você. É mais fácil reconhecer o bem no seu parceiro quando você está conectada com o bem dentro de si mesma.

9. Concentre-see em dar amor

Felicidade verdadeira não tem a ver com se sentir bem consigo mesma porque outra pessoa nos ama; tem mais a ver com como nos amamos e aos outros. O resultado não intencional de amar mais outras pessoas é que amamos mais a nós mesmas.

10. Liberte-se das expectativas:

Você pode procurar coisas num relacionamento amoroso e com a proximidade constante para preencher um vazio em si mesma. Isso causará sofrimento imediato. Se você inconscientemente espera receber amor de certas formas para evitar amar a si mesma, você coloca seu senso de segurança em outra pessoa.

O que um bom relacionamento deve ter?

Amar ou ser amado

O que é mais importante para você: amar ou ser amado? Às vezes, é preciso escolher. Se o seu parceiro está atravessando um momento difícil, e não pode dar atenção suficiente, é preciso saber respeitar. Se você realmente o ama, mesmo que alguém ou alguma situação esteja tirando a energia dele, esteja disposta a dar o seu amor, ainda que receba pouco em troca.

Doe-se o quanto achar necessário

Quando você realmente encontrar alguém que valha a pena, evite se conter. Você deve se sentir à vontade para dizer “eu te amo” quantas vezes você achar necessário, sem medo. Se você exagerar no autocontrole ao amar, pode estar perdendo um dos maiores prazeres da vida.

Ponto final nas discussões

Muitos homens não se importam em não terminar uma discussão e apenas finalizar o assunto com um “eu te amo” ou um simples “me desculpe”. Mas isso não garante que o ocorrido não virá a acontecer novamente. Você precisa se sentir confortável em querer conversar sobre o tema, dizendo “aconteceu isso, então eu/ou você precisamos mudar isso para que este tipo de coisa não ocorra novamente”.

Dedo na ferida

Para preservar a relação, evite machucar o seu parceiro durante as discussões. Se você realmente gosta de insultá-lo com palavras que podem magoá-lo profundamente, provavelmente isso não é amor.

Estar disposto

Se você cancelaria um fim de semana divertido para ficar em casa com ele, pois ele está doente, ele faria o mesmo. Se você voaria até outro estado para visitá-lo, ele também faria o mesmo por você. Pensando honestamente: o seu parceiro estaria disposto a fazer tudo o que você faria por ele? Analise esta questão, uma vez que, na vida real, há dificuldades, a idade chega e, por isso, um bom parceiro deve estar pronto para ser companheiro até nos momentos mais difíceis.

A bagagem do ex

Esteja consciente que a história que você teve com outros namorados é apenas uma bagagem. Mantenha as memórias longe do seu relacionamento atual, e aprenda a olhar as situações com uma perspectiva mais clara. Ninguém pode ser responsabilizado por erros de um parceiro do passado.

Tomando as próprias decisões

Muitas relações são baseadas em uma dinâmica que mais se parece com pais e filhos do que com dois parceiros. O seu companheiro deve confiar em você e acreditar que você é capaz de aceitar o desafio que quiser. Ele deve acreditar que você sabe o que é certo para você mesma, mais do que qualquer outra pessoa – até ele mesmo.

A tentação do telefone

Este é um dos principais testes de confiança, do qual muitas pessoas acabam falhando. Se o telefone do seu parceiro, por um acaso, estiver dando sopa em cima da mesa, a tentação surge – checar ou não checar as últimas ligações e mensagens? Se você acabar cedendo, poderá estar cruzando um caminho de desconfiança sem volta.

Repondo as energias

O seu relacionamento deve te dar energia para que você tenha fôlego para cuidar dos demais setores da sua vida, como família, trabalho e amigos. Se você anda cansado, ou sofrendo, porque seu relacionamento está tirando muito da sua energia, algo está errado. Todos os tipos de relação exigem energia, mas as relações problemáticas apenas a tira, e não as devolve.

Conexão à distância

Se você não vê seu parceiro há alguns dias, e está preocupada que a conexão entre vocês se enfraqueça, cuidado. Um relacionamento saudável permite que ambos se sintam confortáveis em seu tempo livre. Se um simples fim de semana longe pode abalar o seu relacionamento, outras coisas também podem. A conexão entre vocês deve ser forte o suficiente, mesmo que cada um esteja em um lado diferente do planeta.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: