É Hora de sair? 5 Sinais para Entender

É Hora de sair? 5 Sinais para Entender
Avalie esse artigo

O amor não é eterno e até mesmo os relacionamentos mais sólidos às vezes não conseguem sobreviver. Aqui estão 5 sinais para entender que chegou a hora de sair e experimentar uma nova experiência.

O amor nem sempre é eterno e até mesmo histórias longas e duradouras podem chegar a um epílogo trágico. O difícil é admitir isso e nos resignar ao fato de que você não pode mais gastar sua vida ao lado dessa pessoa. Todos aqueles que se encontraram pelo menos uma vez para continuar um relacionamento, quando os sentimentos já haviam mudado, saberão como é. Você se arrasta, sente-se infeliz, deixa de ter relações sexuais e fica irritado toda vez que o parceiro tenta se aproximar. É claro que não devemos desistir da primeira crise, mas devemos lutar até entendermos que essa história não levará a lugar nenhum. Aqui estão os sinais que mostram claramente quando uma história acabou.

Ver também: Como Terminar com Seu Parceiro Sem Prejudicá-lo: 8 Dicas (IMPERDÍVEL)

Não mais sexo

O sexo é uma parte fundamental das histórias de amor e quando não há mais desejo pelo parceiro, isso significa que algo está errado. Se depois de anos de paixão avassaladora e intensa, você prefere ir dormir ao invés de sair com o namorado, isso significa que para esse relacionamento não há mais nada a fazer.

Você sempre acaba discutindo

Às vezes acontece que com um parceiro você sempre faz “faíscas” e acaba discutindo continuamente, mesmo para coisas estúpidas. Isso não é sobre falta de amor, mas simplesmente sobre incompatibilidade. Portanto, é melhor admitir o mais rápido possível que eles não foram feitos um para o outro.

O amor se transforma em obsessão

Quando uma história não vai bem, mas o mesmo acontece na tentativa absurda de continuar, precisamos nos fazer algumas perguntas. É amor ou simples obsessão? Às vezes a possessividade pode fazer piadas ruins.

Você sente a necessidade de flertar

O parceiro não é mais suficiente e você sente a necessidade de flertar com todos que você conhece? Isso significa que você precisa de algo novo. Mesmo querer intensamente uma pessoa que não é seu namorado é uma forma de traição.

O parceiro não é mais estimado

Os primeiros dias de uma história de amor são sempre emocionantes e maravilhosos, somente depois que as falhas e os problemas começam a aparecer. É nesse ponto que mal-entendidos e discussões surgem. Em particular, quando você não sentir mais estima em relação ao seu parceiro, você deve encontrar a coragem para deixá-lo ir. É inútil tentar, nunca concordaremos com ele.

Tente melhorar a situação: Abraçar é bom para a sua saúde e humor

Um abraço é um gesto simples e afetuoso que consegue ter benefícios incríveis em saúde e humor. Vamos descobrir as 10 razões pelas quais você deveria fazer isso com mais frequência.

Você se sente estressado, inseguro ou um pouco desanimado? Tudo que você precisa é de um simples abraço para se sentir melhor. É bom para o corpo e a alma e tem inúmeros benefícios para a saúde. O abraço elimina a ansiedade, estimula a força interior, a confiança e a empatia, porque nos sentimos literalmente cercados pelo afeto da mãe, do parceiro ou do amigo fraterno. Segundo a psicoterapeuta americana Virginia Satir, ela quer 4 por dia em períodos de serenidade e 12 nos dias mais estressantes. Só assim podemos eliminar tensões e inseguranças. Aqui estão 10 boas razões pelas quais você deve abraçar com mais frequência.

Sente-se satisfeito – O abraço estimula a produção de oxitocina, o neuro-hormônio da intimidade e da afetividade. Este último gera uma sensação de satisfação, capaz de nos fazer sentir ainda mais felizes.

Faz as crianças crescerem bem – As crianças que não recebem muitos abraços sofrem atrasos e aprendem a andar, falar e ler um pouco mais tarde do que os seus pares que estão rodeados pelo afeto dos seus entes queridos. Por isso, é importante fazer com que os pequenos se sintam “seguros” com abraços.

Tem um efeito anti-stress – Embrace é um simples gesto de carinho que não tem segundas intenções. É, portanto, capaz de acalmar os ataques de raiva, reduzir o estresse e reduzir a ansiedade.

Reduz a pressão – Quando você se sentir agitado, não há nada melhor do que o abraço de um amigo querido para se acalmar. Um simples gesto pode diminuir a pressão e diminuir os batimentos cardíacos

Vamos nos conhecer – Um abraço pode nos dizer muito sobre a pessoa que estamos enfrentando. Será por empatia ou por uma questão de química, mas é inegável que quando há algo errado em um relacionamento, nos sentimos desconfortáveis ​​em seus braços.

Fortalece o sistema imunológico – Um abraço é uma cura para a saúde e o sistema imunológico. O motivo? Estimula o timo, localizado na altura do diafragma.

Aumentar a autoestima – Sempre que alguém se sentir desanimado, basta um abraço para aumentar a autoestima. Em particular, as crianças são aquelas que se sentem mais protegidas, amadas e bem-vindas quando são abraçadas.

Estimula o bom humor – O abraço é um gesto que imediatamente traz o bom humor de volta para todos. Na verdade, estimula a produção de dopamina, o hormônio ligado à motivação.

Permite expressar seus sentimentos – Às vezes você não precisa de palavras para expressar seu carinho e um abraço é ideal quando você não pode dizer “Você pode confiar em mim”. É uma maneira direta de fazer as pessoas entenderem o que sentem.

Tem um efeito antienvelhecimento – O abraço tem efeitos benéficos sobre a oxigenação do sangue. De fato, o contato físico produz a hemoglobina que fortalece o corpo e regenera os tecidos. Assim, os últimos têm a possibilidade de se regenerarem.

O abraço é uma das formas de amor mais conhecidas mundialmente. Em alguns locais, pouco utilizado, mas sabemos que quando acontece, é sempre um “eu te amo” em voz baixinha. Talvez você possa conseguir contornar o que está atrapalhando…

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: