É possível manter o libido após os 40 anos

É possível manter o libido após os 40 anos
Avalie esse artigo

Durante a juventude, homens e mulheres desfrutam do vigor de seus corpos, da grande quantidade de libido disponível que é facilmente liberada e da disposição sexual. Os jovens conhecem seus corpos desde a adolescência e agregam aquilo que suas experiências sexuais o fizeram experimentar.

Quando os 40 anos chegam, começam a surgir diversos incômodos, a relação sexual já não é mais satisfatória, a frequência reduz drasticamente, os casais não falam sobre suas dificuldades, as frustrações interferem no relacionamento e muitos casais chegam a se separar neste momento.

O que é o libido e como funciona em seu corpo

Por que isso acontece com a chegada dos 40 e por que essa insatisfação é tão frequente?

Assim como na adolescência, quando nossos corpos passam por grandes modificações hormonais, orgânicas, estruturais. Entre os 40 e 60 anos outras mudanças também ocorrem, porém menos drásticas do que na adolescência. Poucas pessoas notam essas modificações e muitas não relacionam a elas as alterações que ocorrem no corpo e na vida.

A menopausa e a andropausa não são determinantes para o fim da atividade sexual, mas é um período em que a pessoa precisa se readaptar a seu próprio corpo e ritmo de funcionamento.

A andropausa, atualmente denominada Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino, é caracterizada pela diminuição lenta e gradativa dos níveis de testosterona.

Seus principais sintomas são diminuição no desejo sexual, alteração no desempenho e na frequência sexual, diminuição na qualidade das ereções, ejaculação precoce, cansaço físico e mental, insônia, alterações no humor, perda de massa muscular, aumento de gordura da região abdominal, perda de pelos e alteração da textura da pele, que fica mais fina e em alguns casos pode apresentar osteoporose. Doenças concomitantes e medicações também podem influenciar no desempenho sexual.

O tratamento melhora os sintomas e a qualidade de vida. É recomendável consultar o andrologista para avaliação clínica e o psicólogo para tratar casos associados de estresse, depressão e dificuldades no relacionamento.
A menopausa também caracterizada pela redução dos hormônios sexuais femininos, mas de uma forma mais acentuada que no homem. É demarcada pelo término da menstruação e assim da fase reprodutiva.

É uma fase de modificação no organismo e podem aparecer os seguintes sintomas: suores noturnos, insônia, ondas de calor, menor desejo sexual, irritabilidade, depressão, dor durante a relação sexual, ressecamento vaginal, diminuição da atenção e memória. O tratamento ginecológico auxilia da redução dos sintomas e o acompanhamento psicológico busca fazer com que a mulher se relacione da melhor forma possível com as modificações que estão ocorrendo em seu corpo e em sua vida.

Essas modificações costumam afetar o casal e a adaptação precisa ser de ambos. O companheirismo e o diálogo são fundamentais. Uma terapia de casal pode trabalhar essas questões contemplando todo o contexto vivenciado pelo casal.

O que fazer para melhorar a vida sexual depois dos 40?

Peça orientação ao seu ginecologista

Converse abertamente com seu ginecologista e busque alternativas na medicina para solucionar o problema da falta de desejo sexual após os 40 anos. Normalmente eles indicam cremes à base de estrogênio, que melhoram a lubrificação vaginal e elevam o fluxo sanguíneo. Em casos mais severos de queda de libido, alguns médicos prescrevem pequenas doses de testosterona para aumentar o apetite sexual da mulher durante a menopausa.

Peça ajuda e compreensão ao seu companheiro

Não há relacionamento que resista à falta de apetite sexual, mas também não há problema que não seja solucionada quando existe carinho e cumplicidade entre o casal.

É importante conversar com o parceiro e, se for necessário, explore a situação pedindo para que ele seja paciente – até porque esta fase e a falta de libido é transitória.
Outra atitude indispensável é que ambos invistam na relação, valorizem as preliminares e procurem tirar a união da rotina. Aposte em viagens, um lingerie diferenciada, jantares românticos, uma ida ao sex shop juntos ou atividades que vão de encontro ao seu perfil e de seu parceiro.

Relaxe

O cansaço físico, o estresse, o desgaste emocional e o desânimo rotineiro também podem afetar de forma danosa o apetite sexual. Por essas e outras, é importante relaxar, ter pausas na agenda, dedicar um tempo para o lazer, além de investir na prática de exercícios. As atividades físicas durante a menopausa aumentam a sensação de bem-estar e viabilizam melhores noites de sono – e de sexo.

PERCA A VERGONHA DE FAZER AQUILO QUE QUER

Muitos casais que chegam aos 40 anos perdem aquela “falta de vergonha” que temos na cama quando somos mais jovens. Tentar posições diferentes, contatos diferentes e até palavras diferentes durante o sexo são práticas que tornam o ato mais apimentado e, é claro, prazeroso. Apesar disso, pessoas mais velhas se sentem envergonhadas de manter essa sede por novidade ativada com seus parceiros, simplesmente porque acreditam que esse tipo de atitude deve ser deixada para trás com o avanço da idade.

Não se engane com esse tipo de atitude. Você precisa e deve ter liberdade total com sua parceira durante o ato sexual para poder fazer aquilo que traz mais prazer para ambos. Por isso perca a vergonha na cama!

Alimente-se corretamente

Adotar uma dieta equilibrada também é crucial para manter a vida sexual ativa depois dos 40 anos. Uma má alimentação provoca problemas como baixa produção de neurotransmissores responsáveis pelo prazer e bem-estar, interferindo significativamente no desempenho sexual feminino.

O zinco presente no fígado bovino e nas ostras, por exemplo, ajuda na fertilidade e no desejo sexual, sendo indicado não apenas para as mulheres, como também para os seus parceiros. Os alimentos afrodisíacos também não podem faltar no seu prato. Boas opções, nesse sentido, são a canela, o ginseng e a pimenta, pois eles ativam a circulação sanguínea. Já os ovos, as nozes, as castanhas e também o leite aumentam a produção de noradrenalina e dopamina, o que também melhora o rendimento sexual.

Invista na suplementação natural para amenizar os sintomas da menopausa

A suplementação natural é bastante bem-vinda, principalmente se o produto tiver ácidos graxos, óleo de linhaça, gérmen de soja e outros componentes poderosos para revigorar a saúde feminina. Além de auxiliar no combate à baixa libido, estes suplementos também ajudam a amenizar outros sintomas comuns às mulheres após os 40 anos decorrentes da menopausa.

-

Suplemento para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher:

Pesquisamos na internet e descobrimos alguns Suplementos para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher.

Após pesquisar tudo sobre Feme Caps, verificar a procedência e qualidade. Também verificamos o que tinha menos reclamações no Reclame Aqui e o que tem mais depoimentos mostrando resultados reais da eficácia.

O melhor Suplemento de Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher foi o Feme Caps.

Feme Caps Funciona?

Feme Caps é um suplemento natural a base de vegetal com comprovação científica para aumentar o desejo sexual da mulher e fazer ter orgasmos mais intensos. É aprovado pela Anvisa e Ministério da Saúde por ser 100% natural. A única contra-indicação é que não pode ser usado por lactantes e gestantes.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi aprovado pela ANVISA um suplemento natural, fazendo aumentar libido, desejo e orgasmos.

Depoimento e avaliações do Feme Caps:

Veja o vídeo explicando como funciona o produto

Como Comprar Feme Caps:

O Feme Caps é vendido SOMENTE no site oficial
Cuidado: tem falsificadores que se aproveitam do sucesso do Feme Caps para ganhar dinheiro ilegalmente vendendo o Feme Caps, não caia nessa armadilha, sempre compre no site oficial: http://femecaps.com.br/. Qualquer outro site, inclusive mercado livre e outros vendem produtos falsificados e podem acabar te fazendo mau à saúde.

Como comprar FemeCaps:

1. Entre no site: http://femecaps.com.br/
2. Escolha o kit desejado (Os preços do FemeCaps estão todos no site oficial)
3. Escolha a forma de pagamento (Boleto ou Cartão de Crédito).
4. Pronto! Você vai receber na sua casa. Aqui para São Paulo para minha casa chegou em 5 dias.

DESCONTO EXCLUSIVO do Feme Caps para leitores do blog:

CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO:
Conseguimos um desconto exclusivo por algumas horas para nossos leitores,
ATENÇÃO: Esse desconto encerra em: 05:31 minutos!
Saiba Mais
CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO »

Agora me responda essas perguntas:


Você se sente cansada e sem ânimo no final do dia para namorar com seu parceiro?
Não tem a mínima vontade de fazer sexo com seu parceiro?
Acredita que sua libido não está como quando você tinha 20 anos de idade?

Provavelmente você respondeu sim a uma ou a todas as perguntas acima, não é mesmo?

Bem, isso é muito comum acontecer, milhares de mulheres experimentam esse exato problema por conta do estresse do dia a dia, como afazeres do trabalho, o cuidado com as crianças e até a falta de tempo que impede boas preliminares com seu parceiro.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi criado um suplemento natural que vai fazer sua libido ficar à flor da pele voltando aos melhores tempos da sua libido.

Imagine aumentar sua libido e com isso agradar seu parceiro como no início do namoro, imagine voltar a ter sua libido de quando era adolescente e com isso experimentar orgasmos longos e maravilhosos, imagine como seu parceiro vai gostar de ter você na sua melhor forma sexual.

Não precisa imaginar mais, vivencie isso com o FEME CAPS

=> Clique aqui e conheça o FemeCaps.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: