É possível ter um Homem fiel e Libertino ao mesmo tempo?

É possível ter um Homem fiel e Libertino ao mesmo tempo?
Avalie esse artigo

A libertinagem é uma prática sexual de que não se fala muito abertamente, mas abrange muitas curiosidades. Os libertinos são adeptos a prazeres carnais e amorosos, misturados a liberdade sexual.  Nesse artigo vamos ver algumas das principais chaves sobre a libertinagem, uma tendência que seduz a muitos casais.

As práticas de libertinagem

A libertinagem é praticada entre dois casais, casados ​​ou não. Diferentes “tipos” de oscilação podem ser evocados. O marido de um casal acaricia a esposa do outro casal e vice-versa, sem penetração. As trocas são doces e sensuais. Os dois casais estão na mesma sala e podem assim satisfazer os desejos da exposição. A situação desperta os sentidos e tempera um relacionamento um pouco sonolento. Não é incomum para o desejo, em seguida, empurrar parceiros “legítimos” para fazer amor.

Os dois casais fazem amor um com o outro na mesma sala, ou até na mesma cama. Exposições, desempenho, todas as combinações entre os participantes são possíveis. É também uma oportunidade para experimentar uma propensão à bissexualidade. A escapada desobediente geralmente termina no leito conjugal entre os dois protagonistas.

Os dois casais trocam seus parceiros e fazem amor em lugares separados. Este caso é mais raro porque o desejo de assistir ou ser visto está ausente, mas esta é uma das fortes motivações da libertinagem.

Os seguidores libertinos

Libertinagem é sempre praticado entre casais. Os amantes da liberdade ou aqueles que gostam de ultrapassar os limites convencionais demais se deixam seduzir por essas trocas eróticas. A libertinagem responde principalmente ao gosto pela mudança, uma curiosidade exacerbada ou o desejo de ver uma fantasia se tornar realidade. O prazer de ver e ser visto é todo. A prática de balançar requer uma atitude relaxada, os parceiros precisam estar confiantes e confortáveis. Os membros do casal só devem aceitar o que querem fazer ou tentar. O desejo e a ascensão ao prazer predominam.

As regras da libertinagem

O lema: LIBERDADE! Mas, para desfrutar plenamente dessa liberdade de troca, precisamos conhecer as regras do jogo, e os quatro parceiros devem dar seu pleno consentimento. Não há questão de forçar a si mesma, trocar seu parceiro com outros casais, não é por inveja. Todos têm a opção de aceitar determinadas práticas ou não.

É perfeitamente possível recusar propostas, desde que essa recusa seja apresentada com tato e diplomacia. A cortesia tem precedência nas relações libertinas. Não é questão de saltar sobre o primeiro casal que passa. Quanto à elegância, lingerie feminina delicada é muito apreciada.

Se você quiser trazer acessórios, se sinta completamente livre para isso. Tenha em mente que os libertinos não comprometem a higiene. Nós devemos respeitar nossos parceiros de jogos e cuidarmos de nós mesmas. A proteção é obviamente essencial, por isso é importante proteger-se contra qualquer coisa usando vários preservativos.

Que lugar e frequência para a libertinagem

No clube, tudo é planejado e os lugares são geralmente perfeitamente mantidos. Uma má reputação pode levar rapidamente ao fechamento do local, os proprietários são muito exigentes. É bem possível ir até lá e não participar, seja por apreensão, falta de desejo, etc. No entanto, é raro não quebrar. Não entre em pânico se você for iniciante, os fãs ficarão felizes em iniciar a conversa e apresentá-la.

Em casa, você recebe um casal previamente contatado. Por exemplo, um famoso site de relacionamentos libertino permite que você interaja com muitos casais e encontre aqueles que combinam e compartilham seus desejos.

Coloque seus convidados em confiança e mostre a eles o lugar, cumprimente-os com alguns petiscos e bebidas. Se você for convidada, não hesite em levar algo que queira. A coisa toda é se sentir bem-vinda, satisfeita e à vontade.

Não há frequência para a libertinagem, é de acordo com o desejo do momento. Pode ser tentar uma vez, uma tradição anual que reviva o desejo, ou o tempo todo para aqueles que não podem mais se contentar com um relacionamento com um único parceiro. Cuidado, porém, a libertinagem é difícil de suportar por personagens ciumentos e possessivos. Para esses senhores, nem sempre é fácil aceitar que um homem tenha melhor desempenho e possa dar mais prazer para sua esposa.

Se você tem vontade de experimentar, se você se sente uma pessoa libertina e seu marido não aprova ou não conhece esse tipo de prática, tente antes de qualquer coisa conversar e abrir a mente dele. O importante é passar a ele a maior confiança possível de que isso não passa de diversão e que, principalmente, isso vai apimentar a relação de vocês. Caso você sinta que ele se sentiu atraído pela ideia, mostre a ele aos poucos como isso funciona.

Leve as coisas da melhor forma possível, com bastante calma e paciência para não o assustar. Pode ser que se você resolver ir direto ao ponto, ele se sinta retraído, afinal não é qualquer homem que aceita ver sua mulher sendo tocada por outro homem. Se ele se recusar, não insista, caso contrário ele pode pensar que você está insatisfeita com ele e com a relação de vocês, principalmente no quesito sexual, e isso irá ferir muito o ego dele.

Se, para você, essa prática se tornou algo essencial, se você sente que não consegue mais ter relações sexuais com uma única pessoa, o melhor a se fazer é procurar outro parceiro que se sinta mais a vontade com esse tipo de experiência, ou que esteja no mínimo curioso para experimentar essa sensação.

É perfeitamente possível ser fiel ao seu homem e ao seu relacionamento mesmo gostando de práticas libertinas, basta saber separar muito bem as coisas, e obviamente, os dois parceiros que formam o casal devem aceitar isso muito bem e estar na mesma sintonia. Se um gosta mais que o outro ou o outro não aprova, não se torna mais algo saudável para relação e pode até levar ao término ou até mesmo a uma traição. Por mais que muitas pessoas ainda vejam isso por um lado totalmente errado, a libertinagem é apenas mais uma forma de troca de amor e de se sentir livre.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: