E quando o amor chega ao fim, o que fazer?

E quando o amor chega ao fim, o que fazer?
Avalie esse artigo

Quando o amor acaba, parece que todo aquele lero lero de ‘te amo pra sempre’ vai direto pro espaço. E aí, perdemos toda aquela crença em metades da laranja, destino, e o que mais pertencer a todo e qualquer conto de fadas.

Como já dizia Renato Russo, “o pra sempre sempre acaba“. E isso dói pra caramba. Quem ama nunca pensa que o amor acaba, até acontecer. Mas, tudo bem. Essa dor vai passar, assim como tudo. E hoje estamos aqui para dar algumas dicas de como superar essa fase. Bora?

O que você pode fazer inicialmente

Enfrente a negação

É muito difícil aceitar que a ideia do “felizes para sempre” pode acabar. O fim de um relacionamento também finaliza alguns sonhos, planos, hábitos e realizações. A segurança se torna em fragilidade.

Por isso, muitas pessoas perdem tempo negando a situação, tentando encontrar formas de resgatar o sentimento e empurrando o relacionamento para frente. Mas essa situação só traz sofrimento para todos os envolvidos, porque tudo o que não é verdadeiro exige uma grande quantidade de energia para existir.

Ver também: É possível deixar de amar alguém?

Seja sincero

Se você está com dúvidas em relação a seus sentimentos e ao seu relacionamento, é fundamental fazer algo a respeito. Por mais difícil que seja, ser sincero é o mínimo que você pode fazer por si mesmo e pela pessoa que está a seu lado.

Muitas pessoas acabam aceitando a situação porque acham que o parceiro “não merece passar por isso”, mas o que ninguém merece é ser enganado. Quando a verdade aparece, o sofrimento é ainda maior.

Saia da zona de conforto

Terminar um relacionamento vai mexer na sua vida e te tirar da sua zona de conforto. Muitas coisas irão mudar, especialmente em sua rotina. Reflita sobre o momento e prepare-se para essas mudanças, pois muitos desses medos não são tão reais quanto parecem.

Esteja aberto e preparado para uma grande mudança em sua vida, mas que certamente te fará mais feliz.

Tenha atitude

Depois de refletir sobre tudo isso, chega o momento de ir em busca da sua felicidade. Se o amor realmente acabou, não tem mais sentido vocês permanecerem juntos, independentemente de qualquer coisa. Vocês podem virar grandes amigos, mas a relação amorosa não tem sentido sem o amor.

Planeje uma conversa, abra seu coração e fale sobre o que está sentindo. Seja responsável com sua escolha e com seus sentimentos.

Confie no tempo

Talvez você, ou a pessoa, tenham ficado bem abalados com a separação. Tenha calma, dê tempo ao tempo. Ele é capaz de curar todas as dores, pois permite que você acalme suas emoções, reestruture sua base e encontre o aprendizado por trás de tudo.

Dê um tempo para se equilibrar emocionalmente e para a outra pessoa também digerir a situação. Acredite que no final, tudo dará certo, desde que a verdade conduza essa situação.

O que fazer quando o amor acaba?

1 – Nada vai conseguir mudar o que ficou

Quando cantamos essa música maravilhosa, paramos no “pra sempre sempre acaba“. Muita gente se esquece dos próximos versos. Quando o amor acaba, as coisas que ele mudou e afetou continuam presentes. As experiências e sabedorias que ele proporcionou também. Ninguém sai de um relacionamento da mesma forma que entrou, e isso é genial.

O que resta vai muito mais além de uma lembrança, seja ela cheia de amor, ou rancor. A primeira coisa a se pensar é que esse amor, que uma vez foi tão puro e forte, acabou, exercício: pense no lado positivo dessa história.

Quando o amor acaba, resta dor, sofrimento e muita saudade, e isso é natural, afinal, não somos de ferro. Mas essas não deveriam ser as únicas coisas. Pense no quanto você mudou, e o quanto essa história te agregou.

Se foi ruim, você ganhou um escudo, ou seja, vai saber se proteger melhor. Se foi bom, serão boas lembranças que podem parecer nostálgicas a princípio, mas não deixam de ser gostosas.

Quando o amor acaba, nenhum de vocês dois sai perdendo. O melhor a se fazer é abraçar a situação, reconhecer tudo de positivo que vocês conseguiram tirar da experiência que passaram juntos, e seguir em frente.

2 – Não se reprima

A famigerada ‘fossa’ PRECISA acontecer quando o amor acaba. Seja se ele acabou para você, ou para o(a) outro(a). E não é porque você está tentando tirar aspectos positivos disso tudo que o sofrimento não vai aparecer. Acredite: ele vai. Mas, acredite também, do fundo do coração: vai passar.

Eu sei que dói, que é difícil ter paciência enquanto esse dia de superação não chega, mas é importante demais saber que todo esse sentimento nada dentro de você. O caminho mais curto para a superação passa pelo enfrentamento dessa tristeza, que envolve saudade, nostalgia e o que mais tiver que vir por aí.

Mais uma vez: quando o amor acaba e você não consegue fazer nada além de sofrer, pense que pelo menos tudo o que passou valeu à pena. E pode parecer que não, mas hoje você é uma nova pessoa, que encontrará outra que te fará igualmente, ou até mesmo mais feliz.

3 – Não tenha medo

As pessoas encaram o amor como uma porcelana. Delicado, perfeito. Porém, assim que relacionamentos devem durar para sempre, que a fidelidade é uma coisa tranquila de se conseguir, e que os matrimônios devam ser sempre plenos.

Mas ninguém leva em consideração que o amor entre duas pessoas, É COMPOSTO POR DUAS PESSOAS. Pessoas que mudam, que sentem, que se apaixonam, que adoecem, que têm felicidades e problemas, enfim.. PESSOAS.

O amor não precisa ser eterno para que tenha valido a pena. Amar é uma delícia, e todos nós merecemos isso. Somos capazes de amar somente a uma pessoa, assim como também conseguimos amar, perdidamente, mais de uma durante a vida.

Quando o amor acaba, o que está sendo afetado é o presente e o futuro. Mais uma vez: nada vai conseguir mudar o que ficou. O fato de ele chegar ao fim não diminui em NADA o que ele já foi um dia .

Então não tenha medo. Quando o amor acabar, haverão outros e mais outros.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: