Erros que podem acabar com seu relacionamento

Erros que podem acabar com seu relacionamento
Avalie esse artigo

Pode o mundo girar, avançar e tudo mais, mas se tem uma coisa que nunca muda é o amor, o desejo de encontrar a pessoa ideal ou a cara metade para viver ao seu lado a vida toda.

O fato é que as coisas, infelizmente não são tão simples assim, e fica cada vez mais difícil um relacionamento durar por muito tempo, além da emancipação feminina e a igualdade dos sexos, hoje as pessoas não têm mais paciência de tentar colar os pedaços, elas jogam logo um relacionamento inteiro, muitas vezes de anos, fora, por causa de um erro, um pequeno desentendimento por nada.

Dessa forma, atualmente, o que mais vemos são relacionamentos com prazo de validade determinados, mas a verdade é que, mesmo que estudos revelem que o período máximo de alguém se manter apaixonado é de dois anos, e após isso, toda a euforia de estar com o companheiro deixa de existir, isso não significa que seja o fim, pois é, justamente depois desses dois anos que o amor verdadeiro surge, mas isso claro se você antes não colocar tudo a perder.

Pensando nisso, confira a seguir uma lista com 10 atitudes que acabam com qualquer relacionamento, para que você não cometa os mesmos erros.

Erros que podem acabar com qualquer relacionamento

1. Infantilidade:

A maioria dos relacionamento, na verdade, acabam mesmo por infantilidade, por um jogar todas as expectativas em cima do parceiro, assim como as frustrações e fracassos. Não assumir a culpa quando se erra é um comportamento que acaba deixando cicatrizes, que nem sempre somem com o tempo.

Esse comportamento vem junto com cobranças, ao se esperar muito do outro e não ter exatamente o que se esperava, ou do jeito que você faria. É preciso entender que ambos nasceram em ambientes diferentes, portanto, podem ter recebido educação diferente, assim, o que ele acredita como certo, poder ser bem diferente do que você acredita.

Controle-se, portanto, para não tentar moldar o comportamento dele e acabar com a autenticidade do companheiro, ninguém sobrevive muito tempo a isso, muito menos o amor, que precisa da aceitação do outro para continuar existindo.

Ver Também: Dicas para fazer seu relacionamento ser para sempre

2. Falta de confiança:

Nenhuma relação também sobrevive à falta de confiança e excesso de ciúmes, portanto, não tire conclusões e nem brigue por uma coisa que não tenha certeza, e se um errou e o outro perdoou, é preciso, realmente, que se tenha zerado o rancor ou mágoa para continuar de onde se parou.

E…se o outro nunca fez nada que merecesse a falta de confiança, pense se você não está sendo paranoica demais. Se você não confia pelo histórico de relacionamentos dele, entenda que é preciso abandonar os preconceitos para que a relação dê certo. Nenhum homem aguenta por muito tempo uma mulher que está sempre cobrando satisfações e tendo ataques nervosos. Acredite, é bem mais fácil ele abrir mão de você do que da própria liberdade.

3. Se anular e viver a vida dele:

Uma mulher que deixa de viver a própria vida para viver a vida do parceiro, acredite, perde automaticamente seus melhores atrativos. Acaba se tornando chata, puxa-saco, perdendo até a sensualidade na visão dele. Portanto, nada de bajulá-lo além da conta e até trocar de time por causa dele, em um relacionamento é fundamental que exista a admiração, e isso não irá acontecer se você abrir mão de você, da sua essência, gostos, personalidade.

4. Tratá-lo como se fosse seu filho

Quem ama cuida, certo? Sim, claro, mas tudo tem um limite. Lembre-se, ele provavelmente já tem uma mãe e não está procurando por uma outra.

Acredite, não é nada sexy e nem saudável para o relacionamento de vocês que ele associe você a própria mãe e, por isso, evite ter comportamentos típicos maternos. Nada de ficar lembrando mil vezes que ele precisa vestir o casaco para não gripar.

5. Arroubos de romantismos:

Você está apaixonada? Ótimo, mas cuidado com os excessos, por mais apaixonada que você esteja, controle os impulsos para não deixar ele assustado, enjoado e até desmotivado com a relação. Seja carinhosa na medida certa, nem todo mundo gosta de aparecer nas redes sociais em slides com músicas adocicadas ao fundo e corações por todos os lados, para todo mundo ver.

Evite declarações de amor públicas, principalmente se ele não fizer o tipo romântico ou for mais reservado. E mais, lembre-se que ele não precisa dizer todos os dias que ama você para que isto seja verdade.

6. Controle total:

Evite tentar controlá-lo, estar em uma relação não significa acabar com a privacidade e a liberdade dele. Você não precisa saber de cabo a rabo a rotina dele, nem perguntar todos os detalhes do dia.

Converse sobre as coisas principais que ocorreram, não o interrogue para saber tudo que ele fez ou está fazendo, se ele não quiser falar sobre o dia no trabalho não o force, lembre-se, ele vai compartilhar com você tudo que achar conveniente e o que quiser a sua opinião.

Não dê palpites sobre a vida dele quando isso não for solicitado. Este tipo de comportamento deixa você possessiva e faz com que ele sinta necessidade de recuperar a liberdade novamente, já que não pode agir por si mesmo ao seu lado.

7. Não querer dividi-lo com as coisas que gosta:

Não aceitar quando ele quer tomar a cervejinha com os amigos ou que ele não pode encontrar você porque quer assistir um determinado jogo com os amigos é um grande erro. Se ele não puder ver você em um dia determinado, diga que tudo bem e procure também fazer algo com as amigas.

Também não abra mão dos seus compromissos por ele. Você vai ficar muito mais atraente e interessante se mostrar para ele que é importante na sua vida, mas não o centro dela, que respeita o dele e também precisa cultivar seu próprio espaço, mostrando que prioriza outras coisas também.

8. Invadir o espaço dele:

Um sentimento destruidor que pode acabar com qualquer relacionamento é a insegurança, ciúmes do passado e de tudo que existiu antes de você. Não deixe que os fantasmas do passado interfiram na relação de agora. É preciso deixar de lado as coisas que já ocorreram para se concentrar no presente e planejar melhor o futuro, e se ele não quiser falar sobre determinadas coisas do passado, respeite, ele deve ter seus motivos e, acredite, não tem nada a ver com você.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: