Evite os Erros e Aprenda a Tratar do seu Tipo de Cabelo

Evite os Erros e Aprenda a Tratar do seu Tipo de Cabelo
Avalie esse artigo

Toda mulher já teve dificuldades na hora de cuidar dos fios. Sejam as lisas, cacheadas ou onduladas, sempre bate aquela dúvida do que fazer ou do que não fazer. Assim, nós preparamos uma lista para lhe ajudar na hora de tratar dos fios. Confira!

Ver também: Motivos Por Que  Seus Cabelos Estão Fracos Finos Ralos.

Aprenda a Tratar do seu Tipo de Cabelo

1- Cabelos Lisos

Muitas pessoas se enganam ao pensar que esse tipo de cabelo é o mais fácil de cuidar. Que a verdade seja dita: todos os tipos de cabelo são difíceis de tratar e merecem a devida atenção.

O cabelo liso é, e sempre foi, o sonho da maioria das mulheres. Isso se deu ao mito de que eles são fáceis de manter. Contudo, pergunte a uma pessoa que possui os fios lisos se isso é verdade. Você verá que para deixá-los lindos e com brilho é sim muito difícil.

Um dos desafios passados por quem tem esse tipo de cabelo é achar que os fios estão sem graça. O cabelo totalmente “escorrido” deixa a aparência mais velha e, em muitos casos, cansada.

O certo a se fazer é optar pelos cortes que garantem mais movimento e leveza aos fios. Cortes totalmente retos e feitos somente com a tesoura devem ser evitados. A navalha será a melhor amiga dos fios lisos, apesar do corte durar muito menos tempos. Todavia, o movimento que ela deixa nos fios é de cair o queixo.

Erro: deixar que fios cresçam retos e ficar apenas cortando as pontinhas para evitar as pontas duplas. O que fazer: aposte nos fios desconectados e totalmente assimétricos. Deixe de lado a escova e utilize produtos que contenham silicone em sua fórmula para dosar o volume.

2- Cabelos Ondulados

Ah, os fios ondulados. O movimento e sensualidade que toda mulher deseja. Os cabelos ondulados ganharam ainda mais força devido às longas madeixas da modelo Gisele Bündchen. Suas madeixas longas e com ondas perfeitas fez com que os cabelos ondulados voltassem com tudo e se tornassem símbolo de sensualidade.

Contudo, sabemos que nem tudo são rosas. Como dissemos no tópico acima, todos os tipos de cabelos possuem o seu grau de dificuldade na hora de cuidar. Assim, os fios ondulados sofrem, e muito, com a oleosidade e, ao mesmo tempo, o ressecamento.

Esse tipo de fio costuma ser misto e assim, a raiz costuma possuir muito óleo e as pontas são ressecadas. Dessa forma, o cabelo ondulado acaba não tendo tanta praticidade, pois exige um cuidado enorme na hora de lavar e pentear.

Uma dica é manter os fios mais longos, pois o peso dos cabelos ajuda com a oleosidade. Já o ressecamento é tratado com um protetor de pontas aplicado nos fios após a lavagem.

Erro: o maior erro cometido por quem possui esse tipo de cabelo é penteá-lo seco. Os fios acabam ficando com muito volume e suas ondas lindas perdem a forma. Contudo, se você deseja um ar rebelde até pode fazer isso. Se não, evite!

O que fazer: Para manter os fios com mais forma existe um truque que dá para ser feito em casa. Lave os fios com o shampoo adequado para o seu tipo de cabelo. Logo após a lavagem, você pode desembaraçar os cabelos, mas lembre-se sempre de fazer isso das pontas até o topo.

Se preferir desembarace apenas com os dedos. Seque as madeixas com o secador. Quando estiver bem seco, faça um coque frouxo no topo da cabeça. Deixe por um tempo. Enquanto isso, escove os fios da parte da frente ou franja. Depois é só aquecer o coque com o secador, esperar esfriar e soltar.

3- Cabelos Cacheados

Os lindos fios cacheados! Eles já foram evitados no passado e a situação era bem extrema. Ou você optava por fazer um alisamento, e acabar parecendo bem artificial, ou assumia o seu afro.

Hoje, contudo, os fios cacheados e, especialmente, os afros vêm ganhando força e dominando a cabeça de muitas mulheres e também homens.

Os cachos com toda a certeza são uns dos visuais mais atraentes nas mulheres. Quando bem cuidados e hidratados, eles são de parar o trânsito. Assim como os tipos de cabelo mencionados anteriormente, eles precisam de cuidado. Todavia, isso não quer dizer que você precisará ficar refém do secador ou chapinha, caso deseje alisar.

Erro: o maior erro cometido por pessoas que possuem esse tipo de cabelo é pensar que os cabelos cacheados só ficam bonitos quando estão molhados, o que não é verdade. Outro erro e utilizar pentes e escovas nos cabelos secos. A única forma de desembaraçá-los sem prejudicar o fio é fazer isso durante o banho. Após sair, basta aplicar um creme sem enxágue para deixar os cachos modulados.

O que fazer: Uma ótima ideia para os cachos é cortá-los de forma desconecta. Isso mesmo! Varie no comprimento dos fios, deixando-os mais desfiados. Esse tipo de corte irá conferir mais leveza ao fio e dará movimento. Para deixar os fios ainda mais lindos para algum evento, lave os cachos com o shampoo adequado, aplique um mousse nos fios e seque utilizando o difusor.

4- Cabelos Curtos

Com certeza você já ouviu a frase: “vou cortar os meus cabelos bem curtinhos, pois assim será mais fácil cuidar”. Não se deixe enganar. Fios curtos não são sinônimo de tanta praticidade assim.

É claro que eles são mais fáceis de lavar e secam mais rápido. Entretanto, independentemente se os seus fios são lisos ou cacheados deixá-los curtos não quer dizer que você irá cuidar menos.

Os cabelos lisos, por exemplo, podem ficar com um ar de sem graça sem os modeladores ou finalizadores. Já os cachos podem perder a sua forma e dar uma baita dor de cabeça. Portanto, sempre tenha em mente que será difícil cuidar dos fios.

Erro: o maior erro cometido por quem corta os fios curtíssimos é achar que eles exigirão menos cuidado. Porém, eles perdem o corte muito rápido, o que exige mais idas ao cabeleireiro. O secador acaba se tornando uma obrigação para secar os fios e modelá-los após cada lavagem.

O que fazer: O legal do cabelo curto é poder usar e abusar dos acessórios. Os lenços são ótimos para dar aquele charme extra. Também é super importante contar com a opinião do cabeleireiro na hora de cortar as madeixas. Ele irá saber o comprimento ideal para o seu tipo de rosto.

Gostou do artigo? Não deixe de compartilhar!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: