Lamentando seu Amor ou Tentando Reconquistar? (O GUIA COMPLETO)

Lamentando seu Amor ou Tentando Reconquistar? (O GUIA COMPLETO)
Avalie esse artigo

Você acabou de sair e não aceita o rompimento. Independentemente das explicações dadas pela pessoa que agora é sua ex, você não aceita essa decisão e levará tempo para digerir.

Portanto, existem duas possibilidades, seja para lamentar seu amor, ou fazer tudo para recuperar seu ex. Se você está procurando conselhos para qualquer uma dessas possibilidades, você está no lugar certo!

Luto seu amor

Mesmo quando alguém está menos preparado, a separação é sempre um choque emocional bastante intenso. O fato de o casal não se dar bem e de os parceiros estarem frequentemente em conflito não diminui os sentimentos que às vezes são muito fortes. Nestas circunstâncias, é legítimo perguntar se é melhor chorar a pessoa que você ama ou colocar em ação ações para reconquistar.

É preciso reconhecer que esquecer seu ex é às vezes a solução para prosseguir se sua história o machucou demais. É possível ter uma atração física muito forte por uma pessoa, mas o acordo é impossível. Luto seu amor vai encontrar outro parceiro ou outro companheiro para quem a atração pode ser menor, mas com o qual ou que você terá uma verdadeira cumplicidade. Lamentar seu amor é às vezes ser favorecido, especialmente desde que a reconquista é uma etapa extremamente difícil psicologicamente.

A reconquista, um passo difícil

Querendo recuperar seu ex pode ser muito mais complicado do que você pensa. Para muitas pessoas, é melhor lamentar um amor porque elas temem a reconquista, simplesmente porque requer saber como manter o controle de suas emoções e que isso não é dado a todos. Às vezes é melhor traçar uma linha definitiva em uma história do que continuar sofrendo.

Você também pode sentir quando você reconquista que você corre atrás de uma pessoa e, portanto, você está em uma posição de inferioridade vis-à-vis o seu ex.
Por estas razões, luto seu amor é, por vezes, a única solução.

A importância da família para superar uma mágoa

Após um rompimento, você tende a se trancar, permanecendo na sua bolha. Você acha que ninguém pode entender você e a solidão o invade cada vez mais. No entanto, para virar a página e encontrar o sorriso esta situação não pode continuar, ficar no seu canto não é uma solução. Você chega a esquecer a presença de seus parentes que ainda podem apoiá-lo. Para superar um desgosto, você pode contar com a ajuda de sua família.

Por que ficar embaraçado com a ajuda da família?

Primeiro de tudo, você não quer derrotar uma mágoa com a ajuda de sua família por orgulho. De fato, a ideia de parecer fraco em seus olhos te assusta, portanto você interioriza todo o seu sofrimento que infelizmente os aumenta dez vezes. Muitas pessoas acham difícil expressar seus sentimentos, positivos ou negativos, diante de sua família.

Além disso, este é um problema pessoal entre você e seu ex, ou você não quer que seus pais saibam os detalhes do seu antigo relacionamento. Há também uma questão de modéstia quando você se recusa a ajudar sua família a superar uma mágoa. Você não quer revelar seus segredos e falar sobre o seu sentimentalismo (que geralmente é a coisa mais secreta sobre as pessoas) com seus familiares.

Superando uma mágoa por sua família

É compreensível que você não queira que seu rompimento se torne a preocupação de toda a sua família. No entanto, por causa dessa separação você está triste, desanimado (e), todos os meios não são bons para sair dessa situação e ser feliz novamente.

Ter a chance de fazer parte de uma família que ajuda você a superar um desgosto é a prova de que você não está sozinho, mesmo em tempos difíceis. Para sair deste amor de luto, você precisa de confiança, seguro e seus suportes são mais do que benéficos. Sem mencionar que, ao contrário de seus amigos que odiavam seu parceiro mesmo antes de ele deixar você, sua família lhe dará conselhos realmente objetivos para o seu bem.

Tudo sobre a tristeza do amor para melhor combatê-lo

Uma dor de amor é a pior situação que pode acontecer depois de um rompimento. Você está chateado, você tem a bola no estômago a cada momento do dia e você não vê o fim do túnel. Quando você estiver muito apaixonado e se encontrar sozinho durante a noite, a situação pode ser difícil. Antes de tudo, você deve ser capaz de entender a ruptura para superar uma decepção amorosa! Descubra as possíveis razões do seu luto para seguir em frente.

O medo do celibato para explicar a tristeza do amor

Hoje em dia, apesar dos milhões de solteiros que existem na França, o celibato nem sempre é bem visto. Além da perda daquele que compartilhou sua vida, é o medo de ficar sozinho que explica a mágoa.

Você ligou o seu ex à estabilidade, ao seu futuro e a quebra entrou em questão em sua mente. Para superar a tristeza do amor, é importante entender que você pode encontrar o amor e não se deixar derrotar por essa desilusão.

Entenda a ruptura para superar a decepção

Quando você está passando por um momento de desgosto, está fazendo muitas perguntas, mas a mais importante delas é: “Por que tenho que viver isso? “.

De fato, não saber as razões exatas da ruptura explica em grande parte o que você sente hoje. Seu ex não saiu depois de uma simples discussão, há um desconforto mais profundo que explica a separação. Você deve encontrar a fonte real dessa separação e a tristeza do amor que dela resulta para sair dela.

O medo de ver o seu ex virar a página

Quando você está apaixonado, você tende a se tornar possessivo e proteger seu parceiro da melhor forma possível. Após o intervalo, esse sentimento de proteção, mas especialmente de atração, não se apaga, ao contrário, aumenta dez vezes durante uma tristeza relacionada ao amor.

Imagine o seu ex nos braços de outro homem ou outra mulher impede que você vá em frente e esqueça o intervalo, uma reconquista é a melhor solução a considerar, mas não qualquer de que maneira Caso contrário, você pode facilmente desenhar uma linha em seu relacionamento anterior, encontrando a coragem de dizer parar a tristeza do amor.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: