Maneiras de Construir a confiança em seus relacionamentos (Garantido)

Maneiras de Construir a confiança em seus relacionamentos (Garantido)
Avalie esse artigo

 

Como construir confiança

Confiança.  Confiança é o pilar sobre o qual os relacionamentos são construídos. Relacionamentos entre pessoas e entre estes e marcas. E como você já me ouviu dizer em outras ocasiões, sem confiança não há vendas, e sem vendas não há negócios.

Mas a confiança não é apenas importante nos negócios, mas sua relevância vai muito além, afeta nosso dia a dia. Nosso sucesso pessoal depende diretamente da confiança que os outros depositam em nós. Não esqueça que, como disse Aristóteles, o homem (entender o ser humano) é um animal social.

Nós nos desenvolvemos dentro de uma comunidade (na verdade, várias comunidades) e dependemos dos outros literalmente para alcançar nossos objetivos e nos sentirmos satisfeitos com nossas vidas. Vivemos na sociedade, precisamos do favor dos outros, e que não goza da confiança dos outros não receberá seu favor, portanto, não goza da confiança dos outros é uma forma de exílio, de rejeição social.

Ver também: Dicas para Melhorar a vida do Casal

Ninguém se sente no ostracismo, não em 2500 anos e agora faz, isso significa o rompimento de estar com as suas raízes, o abandono por um longo tempo onde você tem a maioria, se não todos, os seus interesses (de propriedade, investimentos, família, etc.). Bem, algo semelhante acontece quando uma pessoa, marca ou entidade perde a confiança daqueles a quem precisa prosperar.

E você sabe o que dizem, a confiança pode levar anos para vencer e um momento para se perder. E uma vez perdido, recuperá-lo pode ser impossível. Agora, desfrutar da confiança de seu vizinho coloca um mundo de oportunidades ao seu alcance. Você deixa de ser um estranho Sua porta está aberta para você. Agora você faz parte do seu círculo de confiança. Se ele puder fazer algo por você, ele fará isso.

Vamos ver agora como construir confiança e como mantê-la e não perdê-la. Nota: Embora o seguinte seja especialmente destinado a marcas pessoais, a maior parte do que digo também se aplica a empresas, outras entidades e marcas de produtos. Aqui está outro artigo meu que está mais focado em negócios e produtos.

Nossa avaliação e classificação

Estamos sendo continuamente avaliados e classificados. Tudo que fazemos e dizemos é examinado e leva a uma classificação, que é reajustado a cada nova informação sobre nós receber a pessoa, quer de nós mesmos ou aos outros.

Nós somos avaliados por 4 coisas:

1- O que fazemos

2- O que dizemos

3- Como fazemos e dizemos

4- Nossa imagem.

Cada uma dessas 4 coisas fala de nós, envia uma mensagem para a pessoa que nos observa. A soma de todas as mensagens permite essa classificação, que é reajustada com cada nova informação recebida.

A classificação permite apenas duas categorias, mas com diferentes graus: (1) é uma pessoa de confiança [em diferentes graus de confiabilidade]; ou (2), não é uma pessoa confiável [em vários graus de falta de confiabilidade].

Como eu disse, passar da primeira categoria (confiança) para a segunda (de censura) é fácil, no entanto, de passar da segunda para a primeira não é.

AÇÕES SIMPLES PARA CRIAR CONFIANÇA EM SEU PARCEIRO

Confiar em um parceiro não é necessariamente simples. Quando encontramos alguém e aceitamos envolver-nos de maneira sentimental com essa pessoa, muitas vezes carregamos nossas inseguranças e experiências pessoais, e encontramos complicações quando nos entregamos completamente e aprendemos a confiar.

Isso é normal, mas isso não significa que deva se tornar parte de nossa vida cotidiana. Há ações simples que podemos tomar em nossos relacionamentos pessoais para construir confiança e, assim, ajudar o outro a se sentir confortável:

Cuide das palavras que você usa com o seu parceiro. Certifique-se de que são palavras de amor e aceitação.

Ouça as necessidades e inseguranças do seu parceiro. Você pode aprender muito, porque cada pessoa é diferente e sempre podemos nos adaptar um pouco ao que o outro pede para ficar bem.

Seja claro sobre os termos que você usa para definir seu relacionamento. Se você decidir sobre um relacionamento aberto, que é estabelecido como tal, mas se você optar pela monogamia, é importante que o acordo seja respeitado.

Não se sinta pressionado a fazer algo que você não quer, mas se você decidir iniciar um relacionamento de monogamia e honestidade, tente fazer com que suas ações sejam congruentes com isso.

Expressar suas dúvidas e inseguranças com calma e boa comunicação. As dúvidas podem sempre nascer, mas se forem faladas, elas são resolvidas de maneira simples.

Tente ser o mais objetivo possível com as dificuldades. As inseguranças nascem frequentemente quando vemos problemas onde não há nenhum.

Evite que suas ações sejam interpretadas incorretamente. Esse famoso ditado “Não faça coisas boas que parecem ruins” tem muito a nos ensinar.

Não tenha medo de incluir seu parceiro em sua vida. Não é sobre eles passarem todo o tempo juntos, mas sobre o outro sentindo parte da sua vida. Por exemplo, você pode apresentar seus amigos ou sua família.

Reconhecer quando uma situação pode comprometer a confiança do seu parceiro e aprender a rejeitar o que você sabe que pode prejudicar o outro. Por exemplo, não tenha medo de recusar uma saída com uma pessoa que o atraia e poderia colocar seu relacionamento em risco.

Aprenda a distinguir quando um relacionamento vale a pena e quando, na realidade, a confiança será algo muito complicado para adquirir. Esperamos que este texto o ajude nesse sentido.

Estas medidas ajudam o nosso parceiro para ganhar confiança em nós, mas também promover a realização pessoal, porque eles começam a partir de honestidade e amor, duas forças que se beneficiam quem quer que exercícios e dar-lhe uma visão positiva sobre o mundo. Seja fiel: A lealdade é a melhor base para garantir um relacionamento saudável no qual você pode aumentar a confiança ao longo do tempo.

Educação e respeito no relacionamento: Dê espaço ao casal, seja gentil. Semeie confiança e segurança com boas atitudes e boas maneiras. Manifestando amor: Com gestos e com palavras. O amor é demonstrado todos os dias. Alimenta-se com gestos concretos de afeto.

Dar prioridade ao relacionamento: Tudo o mais na vida pode ser ajustado com mais facilidade, contanto que você tenha o apoio do casal. As prioridades também são demonstradas na quantidade de tempo e atenção que dedicamos ao que consideramos uma prioridade.

Pode interessar-te:

Confiança, um antídoto para um relacionamento “tóxico”

Um segundo aspecto importante é o cultivo da confiança no relacionamento e no casal. Existem alguns meios concretos que podem ajudar, como: Mantenha a palavra sobre as coisas que são prometidas. Comunicação e verdade são dois grandes motores da confiança recíproca e da vida de um casal saudável.

Externalize seus próprios sentimentos sabendo que o casal é digno de confiança total sobre nossos pensamentos e sentimentos mais íntimos. Reconheça as qualidades e habilidades do casal. Mostre a verdadeira confiança, sugerindo conselhos e pontos de vista sobre situações da vida e respeitando a diversidade de opiniões. Cada pessoa é livre para pensar e pensar como ele acha mais apropriado.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: