Manual dos cílios

Manual dos cílios
Avalie esse artigo

Cílios grandes e volumosos complementam o look e dão um charme especial à maquiagem. Mas você sabia que é preciso cuidar dos cílios? Eles são importantes para proteger os olhos contra poeira, insetos e outros elementos que podem machucar a região. E nesses tempos de muita poluição, todo cuidado é pouco.

Cílios se renovam como todos os pelos do corpo. E, acredite, podem aparecer caspa no local, que é um sinal de Blefarite, doença crônica que provoca inflamação nos cílios. A inflamação pode piorar com o frio, estresse e ingestão de muita gordura.

Preparamos um manual para você cuidar dos cílios e mantê-los sempre saudáveis e bonitos. O aparecimento de sintomas como coceiras, inflamações, terçol e conjuntivite frequentes são um alerta e você deve procurar um médico, de preferência um oftalmologista.

Adotando pequenas ações no dia a dia, você pode ter cílios radiantes e livres de problemas, sempre preparados para receber aquela make. São hábitos de higiene que previvem inflamações e doenças crônicas.

Ver também: Como como comprar maquiagem boa sem gastar muito

Blefarite

Pode ser causada por diversos fatores, como infecção bacteriana, acúmulo de gordura nas pálpebras, presença de parasitas, tumores, ou disfunção das Glândulas de Meibomius, que auxiliam na produção das lágrimas.

Os tipos mais comuns estão associados a doenças de pele, como a rosácea ou a dermatite seborreica.  A blefarite provoca excesso de oleosidade nos cílios, o que pode levar a uma queda acentuada dos pelos.

É importante manter as pálpebras e os cílios sempre limpos, utilizando preferencialmente produtos para bebês. Utilize a espuma do shampoo e higienize a região com gaze. Em seguida, enxague bem para retirar todo o excesso, principalmente de maquiagem.

Uso do rímel

Evite dormir com rímel nos olhos, hábito que pode causar terçol, inflamação causada por bactérias. Se você tem terçol com certa frequência, não use rímel e, quando utilizar o produto, massageie os cílios após a retirada do produto.

O uso constante de rímel pode causar outro problema: queda de cílios. Há no mercado produtos manipulados que auxiliam no crescimento e produtos com esse fim, além de procedimentos como o alongamento de fios, mas evite fazer qualquer tipo de tratamento sem acompanhamento médico. É importante saber que cílios não crescem em locais onde há cicatrizes.

Para a retirada do rímel, use demaquilante e sempre faça movimentos suaves, que evitam arrancar o pelo. Nunca esfregue a região. Um produto a base de óleo é melhor para os cílios, especialmente se você usar maquiagem a prova d’água.

Escolha do rímel

É importante escolher o produto certo para o seu tipo de cílios. Se os pelos de seus cílios são curtos, utilize máscara alongadora. Se você tem olhos pequenos com poucos fios, a dica é a máscara de volume.

Opte por marcas já testadas no mercado e com selo de qualidade. Nunca utilize receitas caseiras ou produtos que não tenham passado por laboratórios reconhecidamente sérios

Cílios postiços

Cílios postiços não devem ser usados por pessoas com sensibilidade, o que pode causar irritação. É preciso cuidado com a cola a ser utilizada para evitar alergias e contato com os olhos e nunca, nunca, nunca arranque o produto.

É recomendado procurar um(a) profissional apto para a realização do procedimento, pois com o tempo, o acessório passa a descolar com mais facilidade. O ideal é usar um demaquilante que vá descolando os cílios postiços aos poucos.

Os cílios postiços também precisam ser higienizados. Como? Encha a pia do banheiro com água, um pouco de sabão ou demaquilante líquido. Retire a linha de cola fina dos cílios postiços.

Coloque os cílios na água, esfregando-os suavemente. Faça isso durante 1 minuto. Verifique se os cílios estão totalmente limpos e seque-os com papel ou um pano macio. Guarde-os secos e em local apropriado.

Alongamento fio a fio

Quem optou pelo procedimento de colar fio a fio nos cílios deve estar atenta a alguns cuidados, que não só mantém o efeito de volume, mas também deixam os cílios saudáveis.

Após a aplicação dos fios, não use máscara ou demaquilante, remova a maquiagem sem encostar nos cílios, evite produtos oleosos, lave a região com água fria ou morna, seque os cílios com papel tolha, evite esfregar os cílios. O procedimento exige manutenção periódica, por isso, converse com o(a) profissional que realizou o procedimento para tirar todas dúvidas.

Tracoma

Doença inflamatória dos olhos que provoca repetidas crises de conjuntivite e criam cicatrizes na parte interna superior da pálpebra. Quando a cicatriz aumenta, a pálpebra se deforma e os cílios chegam a tocar o olho, o que pode provocar lesões e até cegueira.

O tracoma provoca ardência e lacrimejamento. É uma doença que pode ser transmitida de pessoa para pessoa. Por isso, evite dividir pincéis e outros materiais de maquiagem. Mantenha-os sempre limpos.

Uso do curvex

Use-o somente antes do rímel. Nunca depois. Você pode achar que, depois de ter deixado secar o rímel, o curvex pode dar um efeito ainda melhor. Nada disso! Você pode ficar com cílios amassados, excessivamente longos e ainda pode perder alguns cílios no meio do caminho.

Higiene

Os folículos dos pelos também podem ficar entupidos, causando inflamação nos cílios. É importante que você mantenha a pele sempre limpa, lavando-a todos os dias ao chegar em casa, já que ficamos expostas o dia interior à poluição. E, durante o dia, evite ao máximo levar a mão aos olhos.

Uma segunda opção é fazer esfoliação das pálpebras, que limpa o local de detritos, óleos, acumulação de tecido/óleos em torno de cílios e diminui a quantidade de bactérias. Procure um(a) profissional especializado(a) para realizar o procedimento.

Outra dica é, durante o banho usar algumas gotas de shampoo para bebê. Ensaboe as mãos e, em seguida, com os olhos fechados, massageie suavemente a espuma de sabão nas margens dos olhos por 30 segundos. O objetivo é limpar a base dos seus cílios sem irritar os olhos. Evite o contato do shampoo diretamente nos olhos, o que pode causar irritação.

Essas são dicas básicas para manter seus cílios saudáveis. Aparecendo qualquer sintoma mais grave, procure um médico, pois os olhos são bastante sensíveis à inflamações.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: