maquiagem com sombra verde e dourada

maquiagem com sombra verde e dourada
Avalie esse artigo

A sombra verde tem algumas características que muitas mulheres apaixonadas por maquiagem não abrem mão. Ao mesmo tempo em que o tom da um toque de cor ao look, é discreto o suficiente e pode ser muito bem combinado com todos os outros tons de cores neutras, tanto nas roupas como na maquiagem.

Para mostrar o quão versátil são as sombras verdes na composição da maquiagem, vamos mostrar duas combinações de verde e dourado para você saber que é possível fazer uma maquiagem poderosa e com estilos diferentes usando os tons de verde e dourado.

Ver também: É possível disfarçar vitiligo com maquiagem?

Maquiagem 1:

Essa primeira opção é um pouco mais dramática e ótima em eventos noturnos de festa. É um olhar bem marcado com um tom de verde mais fechado que o normal.

Para deixar o formato da maquiagem bem marcado e de acordo com a proposta um pouco mais dramática, cole uma fita do final do canto externo dos cílios inferiores no sentido do final da sobrancelha. Cole a fita um pouco abaixo do fim da sobrancelha para não ficar aquele formato muito pontudo e estranho.

Comece aplicando uma sombra bege, com um pouco de cintilância abaixo da sobrancelha para iluminar e abrir o olhar. Aplique um lápis preto macio em toda a pálpebra móvel, escolha o lápis no lugar da sombra para o fundo servir mais como base para o verde. Espalhe em toda a pálpebra móvel e esfume bem. Com um pincel de esfumar, escolha uma sombra verde azulada, com tom fechado, e opaca e aplique em todo o côncavo e canto externo.

Esfume bem para a sombra suavizar o preto feito pelo lápis e começar a criar um degrade no olho. Conforme sai do canto externo e vai esfumar a sombra em todo o côncavo, suavize a mão para a sombra ficar mais fraca na parte interna e mais forte na parte externa.

Não suba muito a sombra além da linha do côncavo para não ficar muito próximo à base da sobrancelha, isso pode deixar a maquiagem muito pesada e estranha. Esfume encostando na fita para manter esse canto da maquiagem bem certinho. Retire a fita com cuidado.

Na parte inferior dos olhos, aplique um lápis preto na linha d’água e rente aos cílios inferiores. Leve o lápis até o fim do canto externo inferior até a junção da parte superior com a parte inferior do olho para não ficar aquele espaço sem maquiagem nenhuma.

Por cima do lápis preto, escolha um pincel bem fino e firme e pegue uma sombra marrom quente e passe rente aos cílios inferiores para suavizar o preto e dar um fundo a esse esfumado.

Com uma sombra verde azulada, parecida com a sombra usada anteriormente, mas com cintilância e esfume por cima da sombra marrom sem esquecer de juntar com a parte superior da maquiagem.

Com um pincel de esfumar um pouco mais firme e preciso, pegue um pouco de sombra preta opaca e esfume o canto externo do olho e a parte da dobrinha do olho, bem de leve para não tirar o verde e deixar que ele fique em destaque. Com o pincel mais fofinho e um pouco da sombra verde azulada opaca, esfume em cima do preto novamente para retirar qualquer marcação e reforçar o verde da maquiagem.

Escolha um pigmento ou sombra em pó bem fina que seja bem brilhosa. Um tom de glitter verde com fundo prata, meio dourado, quase um furta-cor vai ficar ótimo nessa maquiagem.

Aplique em toda a pálpebra móvel e não precisa usar fixador de sombra, o lápis cremoso já vai servir para grudar o brilho sem deixar com que ele fique muito forte e concentrado como ficaria com o fixador. Com o resto do brilho no pincel, aplique a parte inferior dos cílios também. Finalize esse olho com cílios postiços e bastante rímel.

Maquiagem 2:

Essa maquiagem apesar de ser tão poderosa quanto, usa um tom de verde mais claro, vibrante, podendo ser usada em eventos durante o dia que pedem um toque de cor mais alegre.

Comece aplicando um primer em toda a pálpebra móvel, abaixo da sobrancelha e na parte rente aos cílios inferiores, onde a maquiagem também irá ter bastante destaque.

O primer vai ajudar a fixação da sombra e a potencializar a cor. Tons de sombra colorida, principalmente tons mais claros tendem a não ficar muito pigmentadas, o primer vai ajudar a conseguir esse efeito.

Escolha um pincel próprio para aplicar sombras, com as cerdas firme, achadas e mais curtas e uma sombra verde limão com cintilância – não é a sombra neon – e aplique dando batidinhas em toda a pálpebra móvel.

Dar batidinhas ajuda a sombra a não espalhar, ficando mais pigmentada no olho.

Não suba a sombra para o côncavo, pare antes de chegar na dobrinha. Com o mesmo pincel aplique a sombra também rente aos cílios inferiores, vá da parte interna até mais ou menos pouco mais da metade do olho.

Com um pincel de esfumar, escolha uma sombra marrom média com fundo mais quente, uma sombra marrom que puxe para o mostarda ou amarelo e aplique no canto externo do olho, por cima da sombra verde nesse canto e em todo o côncavo, subindo um pouco além do osso, mas tomando cuidado para não ficar rente a base da sobrancelha.

Esfume bem com movimentos vai e vem e movimentos circulares na parte da pálpebra móvel para retirar as marcações e divisão do verde e marrom.

Passe um lápis preto em toda a linha d’água e na parte inferior dos cílios, do canto externo sem a sombra verde, até o meio, encontrando com a sombra e passe também no canto externo da pálpebra móvel.

Aplique um pouco de sombra preta opaca no pincel de esfumar um pouco mais firme e esfume essa sombra preta na parte externa, levando um pouco para a dobra do olho sem subir muito e invadir o marrom.

Esfume bem até mesclar as cores sem saber onde começa uma e termina outra. Esfume também a parte inferior dos cílios. Volte com o pincel de esfumar fofinho e a sombra marrom e esfume mais para tirar as marcações. Com um pincel de sombra bem fino, umedeça a ponta e aplique rente aos cílios inferiores uma sombra brilhosa cor cristal. Finalize com várias camadas de rímel.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: