Maquiagem para quem tem vitiligo.

Maquiagem para quem tem vitiligo.
Avalie esse artigo

 

O vitiligo é uma condição em que a pele perde sua pigmentação. É uma doença crônica, e por isso não tem cura, apenas tratamento. É mais perceptível em pessoas de pele escura, e pode afetar qualquer área do corpo: boca, o cabelo e os olhos.

Famosos que tem vitiligo:

Luiza Brunet, ex- modelo brasileira e empresária tem vitiligo. Durante sua carreira como modelo, teve uma dura luta, camuflando sua condição com maquiagem. Na infância, sofreu discriminações por conta da doença.

Jonh Hamm, ator, diretor e produtor de televisão norte-americano também sofreu com a doença. Dependendo do nível de estresse a condição pode melhorar ou piorar. O ator, autor e diretor brasileiro Igor Angelkort, abriu mão da maquiagem para esconder o vitiligo na série “Justiça”.

Hoje ele lida bem com o problema, cuidando apenas para não aumentar a quantidade de manchas, mas aceita como parte da condição natural de sua pele. O rapper brasileiro Rappin’ Hood também possui essa condição.

Em seu Facebook, possui postagens sobre a doença com mensagens de incentivo. Gian, da famosa dupla sertaneja Gian e Giovanni revelou que sofria com a condição em um programa de televisão. O cantor desconhece a causa da doença, e se incomoda com as manchas, disfarçando-as com maquiagem.

Ver também: Maquiagem também transforma vidas. 

Vitiligo e as passarelas da moda.

A modelo canadense Winnie Harlow arrasa nas passarelas mais famosas pelo mundo a fora. Sua história inclusive serviu de inspiração para a modelo Eliane Medeiros, que estampou a campanha da C&A em 2016. A modelo Eliane Medeiros diz ter sofrido na infância com o preconceito, inclusive de amigos próximos, quando descobriu a doença, e se sentiu honrada quando recebeu o convite da marca para atuar na campanha publicitária.

Outros nomes também se destacaram nas passarelas como Sam Gonçalves, que participou do SPFW em 2016. Sam conta que os primeiros sintomas da doença apareceram com 12 anos, e que tentou diversos tratamentos para mudar sua pele. Hoje, se aceita como é.

April Star, modelo infantil de 12 anos, também é destaque no mundo fashion. April foi diagnosticada com 10 anos de idade, e assim que as manchas começaram a aparecer, ela virou alvos de piadas na escola. Com o apoio da família e da irmã mais velha, criou uma conta no instagram, e hoje conta com mais de 62 mil seguidores na plataforma.

Bases para quem tem vitiligo.

Independentemente de usar maquiagem ou não, é importante se sentir bem consigo mesma. Aqui vão dicas das melhores bases para quem tem esta condição e prefere uniformizar a pele:

  • A marca mais conhecida de base para vitiligo pertence a Vichy Dermablend e tem propriedades calmantes de água termal. A base promete durar até dezesseis horas, e resiste a falhas que acontecem por conta do suor. É uma base cremosa, e pode ser achada pelo valor de R$: 52,47 até R$: 143,91, dependendo da loja.
  • A marca Vichy Dermablend também possui corretivos específicos que variam de R$: 48,42 até 149,90.
  • A base é resistente à água e possui fator protetor 30. Está disponível em quatro nuances (tons). Também possui outros fatores de proteção como: 15, 25, 35, 45, 55.
  • A marca Dermatus também possui bases poderosas, pois é uma empresa que fornece produtos cosméticos para as mais diversas situações. Para o vitiligo, recomenda-se sempre o uso de bases com protetor solar. Ela está disponível em 5 cores, e os preços variam de R$: 110,00 até R$: 160,40.
  • Kryolan Dermacolor Creme é boa para cobrir imperfeições na pele, o preço do pack de bases com 12 cores pode sair por R$: 559,00. O Pack com 24 cores pode sair por R$:649,00. É uma base boa porque pode ser misturada para criar novos tons e nuances. Uma base individual custa em torno de R$:70,00.
  • A base manipulada pode ser uma outra opção para quem tem mais dificuldade em relação a encontrar o tom certo da pele, ou não pode arcar com esses custos todo mês (cá entre nós, os produtos são bons, mas muito caros). Essa base pode ser indicada por um dermatologista e encomendada em uma farmácia de manipulação. Assim, você pode procurar mais opções e mais variedade nos preços.
  • A técnica de micropigmentação também pode ser indicada em casos de vitiligo. Ela funciona como uma maquiagem definitiva no corpo, e é conhecida por cobrir estrias. O produto aplicado penetra na pele tem em sua composição feita de óxido de ferro e extratos vegetais. A durabilidade também é uma vantagem, pois pode ser retocado a cada 3 ou 4 anos, dependendo da pele.
  • A técnica de micropigmentação pode ser mais incisiva e dolorosa, por isso esteja preparada se for apostar nesta solução. Além disso, pode ocorrer o desgaste com o tempo.
  • A micropigmentação deve ser indicada por um especialista (dermatologista). Eles irão orientar você na busca de uma clínica mais confiável.
  • O valor da micropigmentação irá variar de pele para pele, do tamanho das manchas e do dermatologista. O processo todo pode levar de duas a três horas.

Como se maquiar corretamente:      

Existem dicas e técnicas para disfarçar as manchas sem precisar ter que investir pesado em bases específicas e caras. Aí vão algumas delas:

  1. Limpe bem a pele antes de começar, de preferência com um sabonete neutro ou sabonetes líquidos sem cheiro. As marcas Nuppil (R$: 16,39) e Clean e Clear (R$ 21,10), são ótimas apostas.
  2. Aplique protetor solar adequado para o seu tom de pele e use-o sempre antes de começar a passar a maquiagem. Isso irá garantir que a sua pele não seja danificada.
  3. Se você não confia que a sua base segura o tranco, aposte em um bom primer para fixar a maquiagem no rosto. Além disso, na finalização, você pode usar um spray fixador de maquiagem.
  4. Use corretivo colorido vermelho por toda a pele, isso ajuda a cobrir as manchas antes de aplicar a base. Não se esqueça de aplicar no pescoço e no colo.
  5. Para remover a oleosidade da pele, você pode usar pó de arroz além da base e dos corretivos.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: