Meu marido fez sexo virtual com outra: isso é traição?

Meu marido fez sexo virtual com outra: isso é traição?
4 (80%) 1 vote

O filme Ela, de 2013, é no mínimo premonitório: ele conta a história de um homem que se apaixonou por um programa de inteligência artificial, chamado Samantha. Enquanto fora do cinema isso parece ainda não ter acontecido, o sexo virtual já aconteceu há mais tempo do que podemos contar. A pergunta que não quer calar, porém, é a seguinte: esse tipo de sexo é considerado uma traição?

Essa é a dúvida de muitas mulheres, afinal, o assunto é uma verdadeira incógnita. Muitas enfrentam a mesma situação: se deparam com o facebook de seus parceiros abertos, encontram conversas com outras mulheres, e na maioria das vezes o assunto é sobre sexo virtual, o resultado?

Essas mulheres simplesmente não sabem lidar com isso! E o que a gente pode dizer é que existem muitos pontos que merecem atenção para que a situação seja resolvida:

Ver também: É possível esquecer uma traição e seguir em frente?

1.Mesmo que sem querer, olhar a conta de outra pessoa no Facebook não é legal

Pode acontecer de um dia alguém pedir para mexer no seu computador e deixar o Facebook logado, ou você compartilhar o laptop com um namorado ou marido e ele deixar as contas dele abertas. Qualquer que seja o caso, não é legal você aproveitar esse ‘descuido’ para xeretar nas mensagens alheias.

A privacidade de uma pessoa é apenas dela e se ela quiser compartilhar algo com você sobre o que ela fala ou faz online, com quem ela conversa ou não, quem ela segue, é uma escolha dela e não sua.

Mas, o principal nesse caso é: se você brigar com o seu namorado por alguma coisa que você viu no Facebook / Instagram / celular dele sem ele saber, você automaticamente perde toda razão no assunto. Se ele não quiser discutir o tema por causa da forma que perde toda razão no assunto.

Se ele não quiser discutir o tema por causa da forma que você descobriu o que aconteceu, acredite ou não, é um direito dele, já que você, também, traiu a confiança dele ao bisbilhotar as contas sem ele saber. É trocar um segredo por outro, entende?

Ah, e dito isso:

2.Você precisa descobrir o que considera uma traição

O que é traição para você? É quando o cara transar de verdade, ao vivo, com alguém? É quando ele flerta com outra mulher? É quando ele trai a sua confiança de qualquer maneira que não apenas sexual? Você precisa entender primeiro o que você chama de ‘ traição’ para então tomar qualquer atitude sobre o assunto.

A partir aí existe uma segunda pergunta: você perdoaria uma traição? Conseguiria colocar um ponto final nesse assunto e voltar a confiar nele? Ou desconfiaria de todas as vezes que ele mexe no celular ou fala que vai sair com os amigos? Isso também vai ter um peso na hora de agir.

3.Se for falar sobre o assunto: fale e não brigue

Já que, para começo de conversa, você também está começando com o pé esquerdo – afinal, você olhou uma conversa dele escondida, sem ele saber –, saiba que puxar o assunto brigando não vai ajudar em nada. Só vai causar uma briga maior ainda.

Então, tenha em mente o que você quer e chame o cara para conversar. Se a sua ideia é terminar o relacionamento, explique o que aconteceu, o que você sentiu com isso e que você acha melhor cada um seguir o seu caminho. Se você quer continuar com ele, faça a mesma coisa:

Converse numa boa e, principalmente, ouça o que ele tem a dizer. Pergunte e tente entender o que ele buscava com isso, o que ele queria com essa ‘relação’, se ele sente alguma coisa pela menina em questão e se ele ainda se sente da mesma maneira por você.

Como uma de nossas usuárias disse em uma resposta à pergunta: será que é traição quando o cara assiste pornô sem você? Uma situação de sexo virtual pode ser considerada como semelhante. Ás vezes, é apenas uma questão de fetiche, de fantasia sexual, ou pode ser algo diferente. Você só vai saber se perguntar diretamente para ele.

De qualquer maneira, lidar com uma situação de sexo virtual em um relacionamento não é fácil. Não tem como prever a reação da outra pessoa – ele pode até negar.

O que vale mais a pena é você olhar como você se sente em relação a isso e o que você quer para você. É legal você ficar ‘dando corda’ e incitando uma vingança? É algo que você vai gostar de sentir? E manter um segredo? Vai afetar a forma como você se relaciona com ele?

Afinal, sexo virtual é traição ou não?

Sim, é traição. O que vale é a intenção, então é uma traição. Praticar sexo virtual é se entregar às fantasias, trocar segredos e intimidades, assim como no sexo em si.

A diferença é que as pessoas não se tocam, não têm contato físico. Não é o ato carnal em si que caracteriza a traição. É dedicar intimidade, perder os pudores diante de outra pessoa. Você pode trair por carta, por e-mail… O lado íntimo você só entrega a um alguém. Isso é fidelidade.

As pessoas usam muito a Internet para facilitar a traição, porque virtualmente fica mais fácil, dá a impressão de proteção, afinal, você não precisa estar cara a cara com o outro, tirar a roupa para ele, não se expõe a doenças, não tem dificuldade de estar em outro lugar, de enganar.

Isso dá a sensação de não ter traição" rel="nofollow" target="_self" >traído. Mas tudo isso é ilusão. Aliás, a coisa está tão sofisticada que hoje existem até vibradores USB para ”apimentar” ainda mais o negócio. Funciona assim: os parceiros se veem através de webcams.

Pense com carinho e, então, chame o seu namorado para uma conversa sincera. Saber que ele transou com outra, mesmo que online, já é algo que pode mexer com o seu emocional, não deixe essa sensação continuar. Coloque um ponto final na história (mesmo que seja no relacionamento também) e tenha como meta você se sentir bem consigo mesma, antes de qualquer coisa.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: