Minha família não aceita meu relacionamento. Oque fazer?

Minha família não aceita meu relacionamento. Oque fazer?
3 (60%) 1 vote

Iniciar um relacionamento nos dias atuais é super comum, mas nem sempre é uma tarefa fácil. Muitas coisas externas podem influenciar diretamente na relação e assim, ocasionar seu fim.

Para que isso não venha a acontecer, é preciso ter um pulso firme com variadas situações internas e externas. Mesmo que pareça difícil, saber analisar as situações é o primeiro passo a seguir para que ninguém saia magoado.

Para muitas pessoas é difícil manter um relacionamento pelo simples fato de pessoas próximas, não aprovarem. Mas afinal, por que as pessoas deveriam aprovar seu relacionamento, quando na verdade quem deveria fazer isso é você mesmo? Aí que se encontra o enigma e você precisa resolvê-lo.

Uma das causas externas que pode afetar diretamente em seu relacionamento é a proibição de seus familiares, por exemplo.

Não é nada legal saber que seus pais ou avós, não estão contentes como você pela sua relação com seu parceiro. Algumas pessoas dão extrema importância a isso e até rompem seus namoros ou casamentos por conta deste fato.

Mas será que vale mesmo a pena? Existem algumas questões que podem ser feitas afim de, solucionar estes problemas:

Ver também: Como evitar as brigas em um namoro

– Vale a pena terminar meu relacionamento por conta dos meus pais?

Analisando essa situação podemos encontrar diferentes pensamentos: Você precisa que seus pais sejam felizes com seu relacionamento para que você seja feliz? Ou isso não faz o menor sentido para você?

Respondendo essas questões você encontrará a melhor resposta que venha a condizer com a sua situação. Mas cá entre nós, nem sempre podemos colocar nossa felicidade em outras pessoas.

E se você realmente gosta da pessoa na qual você se relaciona e vice versa? Não valerá de nada você terminar a relação e ser uma pessoa triste somente para que seus pais possam sorrir.

É injusto, entende? Mas se isso não é tão importante para você e caso dê um fim ao seu relacionamento e se sinta tranquila, pode ser que você tenha agido de forma correta.

Agora, seu você não acha correta a imposição que seus familiares querem te colocar o melhor a se fazer é sentar e conversar abertamente, entender os motivos pelo qual eles não aceitam e caso façam algum sentido você pode pensar sobre, mas não significa que isso fará com que você rompa por conta deles.

– Vale a pena estar nesse relacionamento?

Seu relacionamento é daqueles que todos chegam para vocês e elogiam? Porque é muito fácil se colocar em um relacionamento, o difícil é mantê-lo sempre saudável. Se você acredita estar vivenciando uma relação saudável, pra você deve valer muito a pena estar nele.

O lado negativo é quando você sabe que seu compromisso não vai nada bem e ainda sim você passa a tentar melhorá-lo mesmo sabendo que não tem solução, o que acaba por tornar as coisas ainda mais complicadas no final.

– Implicância ou razão?

Se seu namoro se encontra em perfeitas condições e sua família insiste em interferir, qual será o problema? Ás vezes pode ser implicância ou até mesmo uma falta de empatia pela pessoa na qual você mantém uma relação e isso pode ser facilmente resolvido na base da conversa.

Mas como? Simples, converse com a pessoa na qual você se relaciona atualmente e explique a situação, será de extrema importância que essa pessoa queira mudar a visão do seu conjunto familiar tanto quanto você, em relação a ela mesma.

Vocês podem montar uma estratégia para que eles comecem a ver as coisas com outros olhos, por exemplo, conversar sobre um assunto em que seus familiares adoram conversar.

Ao contrário da implicância vem a razão, será que eles não tem motivos para não gostarem daquela pessoa? Nesse caso o melhor a ser feito é conversar e procurar entender o que pode estar gerando esse conflito, não é?

Talvez eles consigam enxergar o que você não está conseguindo e caso seja isso, é bom se aliar a eles para que você não saia como errada e escutando vários “eu te avisei” por aí.

Analisada toda a situação, o que deve agora ser feito?

Se sua análise foi positiva e você notou que é apenas implicância de sua família com a pessoa na qual você mantem uma relação, não parta para brigas e nem crie inimizades por conta disso.

Apenas continue e deixe claro que não irá abrir mão da sua felicidade simplesmente pelo fato deles não estarem satisfeitos com uma coisa que faz tão bem a você.

Se sua análise foi negativa e acabou descobrindo coisas que não imaginaria sobre a pessoa ou viu que sua família tem motivos concretos para não aceitar essa relação, visando sempre o seu próprio bem, é hora de repensar e decidir se permanece ou se vai embora e deixa tudo para trás. Aqui, a escolha é inteiramente sua.

Nessas situações são muito comuns que você possa estar apenas encantada e acabe nem notando o que a pessoa traz de ruim para sua vida, como também pode ser o problema de sua família que, por simples revolta, podem estar enganados diante do acontecimento. Um dos motivos para que as famílias não aceitem alguns namoros são os traumas com relacionamentos antigos seus, é bem possível.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: