Nada de preguiça na hora H

Nada de preguiça na hora H
Avalie esse artigo

Sabe aqueles dias em que tudo que você mais quer é chegar em casa, tirar os sapatos, deitar no sofá e só sair dele para tomar um banho e ir para a cama? Esse é um dos desejos mais frequentes entre as mulheres modernas, que precisam se dividir entre a rotina puxada do trabalho e da família. E, vamos combinar que quando essa é a expectativa da noite, fica difícil incluir qualquer outra programação diferente, mesmo sendo o sexo, não é mesmo? E quando bate aquela preguiça na hora H… Vamos falar disso hoje!

Muitas mulheres me perguntam se é normal sentir preguiça na hora h, e o que eu costumo falar é que depende. A preguiça, em si, é um bichinho danado de bom. Pra quê coisa melhor do que um dia na cama, virando de um lado pro outro, sem fazer absolutamente nada? Essa pausa na rotina é prazerosa, e importante para recuperar a energia.

Por que sentimos preguiça de transar?

A questão é que aquele velho ditado é mais certeiro do que conselho de mãe: “tudo, em excesso, faz mal”. Portanto, quando a preguiça começa a atrapalhar a vida do casal, é preciso acender um alerta e tentar reverter a situação. Afinal de contas, relação nenhuma sobrevive sem esforços diários de ambas as partes, e vencer a preguiça na hora H é um deles.

Se existisse uma resposta única para essa pergunta, vamos combinar que os problemas sexuais dos casais não existiriam. Assim como não existe uma fórmula mágica, como vamos ver mais para frente, também não há apenas uma razão que cause preguiça na hora h.

Dentre as situações que as mulheres me relatam e que podem levar a essa falta de empolgação na cama, algumas são mais frequentes.

  1. Falta de desejo no parceiro

Essa pode ser a razão mais problemática quando falamos em preguiça na hora h.

Eu costumo falar que temos várias casinhas que representam aspectos diferentes da nossa vida: família, trabalho, dinheiro, filhos. Para a grande parte das mulheres, a mesma casinha do amor é a do sexo, e não há separação entre eles.

Por isso, quando perdemos o interesse no parceiro, dificilmente conseguimos continuar mantendo uma vida sexual ativa saudável e prazerosa com ele, e, por mais que esforços possam ser feitos, quando acaba o amor, é praticamente impossível recuperar o tesão. E toda essa situação causa, sim, uma preguiça na hora h, já que, emocionalmente, a mulher não vê mais sentido na relação.

  1. Rotina cansativa

Esse é outro motivo que leva, não só as mulheres, mas os casais, de uma maneira geral, a sentirem preguiça sexual. Durante o dia, são tantas brigas travadas com o relógio e compromissos a serem cumpridos que, ao final dele, tudo o que queremos é relaxar e não fazer absolutamente nada.

O problema é que, na grande maioria dos casos, as pessoas trabalham em horário comercial, e o tempo que teriam para aproveitar a companhia do parceiro e transar é o mesmo período que querem chegar em casa e desmaiar no sofá.

Nem preciso dizer o choque de interesses que acontece, principalmente quando uma das partes está cansada, e outra desejando o sexo, não é mesmo?

  1. Falta de diálogo entre o casal

Pode não parecer, mas não manter a prática do diálogo também leva os casais a terem preguiça na hora h. Isso porque, sem intimidade e abertura para conversar sobre vontades e, principalmente, a falta delas, tudo passa a ficar apenas subentendido.

Quem nunca se sentiu cansado no final do dia, chegou em casa, tomou um banho, relaxou um pouco e se sentiu bem para ter uma noite de sexo? Isso também acontece: muitas vezes, o que precisamos são duas horinhas de descanso para nos sentirmos novas em folha.

O problema é que, sem o diálogo, e apenas com a primeira impressão ao ter chegado em casa resmungando, podemos mandar um recado permanente de “hoje não vai rolar”.

Portanto, minhas caras, dica de amiga: se quiser transar, fale com o seu parceiro e evite provocar certa preguiça na hora H.

  1. Sexo mecânico

Não tem nada mais chato do que sexo coreografado, concorda? Saber como vai começar, o que ele vai falar no seu ouvido e em que posição vai gozar é o combo completo para uma noite extremamente broxante.

Apesar de cair, sim, na rotina, o sexo precisa ser reinventado para que haja espontaneidade e o interesse do casal seja mantido, independentemente do tempo de relação.

Portanto, fuja de roteiros prontos para evitar a preguiça na hora h, ok?

Como evitar a preguiça na hora H?

Reserve um tempo para cuidar da relação

Tudo bem que a rotina é corrida, e que, muitas vezes, acabamos levando os problemas do trabalho para casa, de forma que o sexo acaba sendo deixado como última opção. Mas se a ideia é manter a preguiça na hora h bem longe, você precisa se programar para, pelo menos uma vez na semana, chegar em casa e se desconectar de tudo que aconteceu durante o dia.

A ideia é reservar um tempo para cuidar do casamento, seja saindo para jantar, ver um filme juntos e, é claro, terminar a noite em grande estilo. Você vai ver que, dessa forma, o sexo vai ficar mais prazeroso.

Invista em atitudes surpreendentes

Se a rotina é o problema, a solução é simples, já que só você pode quebrá-la. Portanto, para evitar a preguiça na hora h, a dica que eu dou é surpreender o outro, e isso pode ser feito de várias formas.

Que tal esperá-lo na cama, com uma lingerie arrasadora? Ou, então, esperá-lo na sala, com uma música ambiente, meia luz e queijos e vinhos? Basta usar a criatividade para sair da rotina e aproveitar o fetiche das situações inusitadas.

Se permita sentir preguiça sem culpa

Por último, essa dica que, pode parecer contraditória, mas acredite, é fundamental para deixar a preguiça na hora h de lado. Não ter vontade de transar determinado dia é mais do que normal, e você não deve se sentir culpada por isso.

Afinal, uma conversa abraçados, vendo um filme ou trocando carinhos, sem segundas intenções, são momentos que também têm a sua mágica, e são extremamente saudáveis para a relação.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: