Não deixe a depressão acabar com seu casamento   

Não deixe a depressão acabar com seu casamento   
5 (100%) 1 vote

A depressão é algo muito sério, é uma doença que pode afetar pessoas de qualquer idade e tem consequências em todas as áreas da vida de uma pessoa, seja profissional, pessoal e inclusive relacionamentos.

Em um casamento que um dos parceiro está com sintomas de depressão ou já está em depressão, as chances de acabar são muito mais maiores do que um relacionamento em que ambos estão bem de sua saúde mental.

Existem diversos fatores para o surgimento da depressão, dentre eles estão fatores genéticos, neuroquímicos, ambientais, psicológicos, sociais. Coisas como o estilo de vida, acontecimentos da vida, estresse, decepções, entre vários outros.

Ver também: ESTUDO DIZ QUE SUA VOZ SEU CHEIRO  FAZ VOCÊ PARECER MAIS BONITA PARA O PARCEIRO

Veja alguns dos sintomas da depressão:

Mudanças de humor;

Problemas nos padrões de sono;

Perda ou ganho de apetite;

Falta de motivação;

Sem vontade de viver;

Sensação de impotência ou frustração;

Autoestima baixa;

Falta de valorização própria;

Ainda há muitos outros sintomas de depressão que podem ser identificados. Quem sofre de depressão, além de todos esses sintomas, ainda acaba tendo problemas dentro do relacionamento.

A pessoa acaba ficando sem desejos e interesses e acaba não querendo se relacionar com ninguém. Se a pessoa já está em um relacionamento, isso pode fazer com que o parceiro queira a separação. Alguns dos problemas você pode ver a seguir:

 Brigas o tempo todo

Com a oscilação de humor do parceiro, é muito comum que o casal acabe tendo conflitos, brigas e desentendimentos o tempo todo. Ainda mais quando o parceiro que está bem, não tenha paciência ou não conheça o que a depressão pode causar na outra pessoa.

O parceiro sente-se indesejado

Muitas vezes a pessoa que está depressiva acaba não tendo vontade ou interesse e o outro parceiro pode achar que o outro não tem mais interesse nele ou que você está traindo e não o ama mais. Isso gera infelicidade para o casal, além de mais brigas, possibilitando uma separação.

Busca novas companhias

Pela falta de vontade, você acaba não saindo com o seu parceiro e ele vai querer ir atrás de novas companhias. O relacionamento acaba esfriando e o fim parece próximo.

Mas para isso, podemos oferecer algumas dicas para que isso seja evitado ou até mesmo solucionado, mas é preciso que os dois lados colaborem. Veja só:

Dê apoio ao seu parceiro

As mudanças de humor vai fazer com que você não goste de muitas atitudes que seu parceiro faz, pede ou brigue. Você pode até revirar os olhos, mas isso deve ser evitado. Se você ficar irritado, tente respirar fundo e tente não demonstrar raiva. Busque sempre apoiar e ajudar o seu parceiro.

Buscar ajuda profissional

Se você está sofrendo de depressão, não deveria nem dizer que você precisa de ajuda profissional. Não pense duas vezes antes de procurar um psicólogo, terapeuta ou um psiquiatra para você tratar a depressão. Se vocês dois como um casal já estão com problemas, é bom também que procurem uma terapia de casal.

O diálogo é sempre a melhor coisa

Tudo bem que o controle é algo muito difícil e vocês não são obrigados a conseguirem exercer, mas assim que você estiver se sentindo melhor, diga que é só um momento de tristeza ou estresse causado pela depressão. Tente expor sempre o que você sente o que você pensa e diga para o seu parceiro fazer a mesma coisa. Assim vocês dois vão conseguir viver em uma harmonia maior.

Diga para o seu parceiro que está doente

Não esconda que você está depressivo, isso é muito ruim e acaba piorando tudo. Diga que você está doente, fale dos problemas e sintomas que ela traz. Explique direitinho, pois vai fazer mais sentido para ele e ele vai poder buscar ajuda para melhor se comportar do seu lado.

Seja sempre positivo

É difícil pensar coisas positivas no meio a depressão. Mas é bom tentar! Tente estar de bom humor, pense positivo em todas as áreas da sua vida. Busque sorrir, sua felicidade contagia os outros, até o seu parceiro.

Tenha fé

A fé é algo fundamental. Mesmo que tudo esteja ruim, abalado, seu relacionamento com Deus nunca se abala. Mesmo que você não creia em alguma religião, ter fé em você mesmo não é ruim. Busque a paz interior e busque ser feliz.

Sim, a depressão é uma doença muito difícil, tanto para quem está lidando com ela quanto para quem está em volta. Ela afeta o relacionamento de verdade, mas é preciso evitar isso. Tente seguir essas dicas e busque uma vida e um relacionamento mais feliz, estável e saudável.

Cumplicidade e diálogo são palavras chave para um relacionamento saudável e duradouro. E relacionamentos são construídos por duas pessoas, então não sustente tudo sozinha e também não jogue tudo para cima do parceiro.

Saiba que se há problemas, os dois são causadores deles. Busquem conversar e se entender. O seu parceiro deve ser receptivo e deve aceitar as mudanças que o diálogo proporciona. Você deve saber falar o que sente, mas também deve saber ouvir com respeito e sem reclamar.

Sempre que forem conversar sobre algo do gênero, busquem os dois falarem para resolverem o que um discorda do outro e dar um novo gás ao relacionamento. Diálogos só acrescentam uma relação.

Tenha noção de que guardar muitas coisas ou tentar se convencer de que seu parceiro é perfeito, só traz problemas com o tempo. O parceiro irá continuar agindo da forma que te irrita ou te incomoda, pois ele não sabe o que você pensa. Da mesma forma que você ficar guardando isso fará com que a relação não amadureça e não cresça.

É preciso da mesma forma entender que você também apresenta problemas e falhas. Muitas vezes o parceiro pode sim te chamar para conversar e expor o que incomoda em você para ele. Você deve ser receptiva ao ouvir e considerar o que ele fala.

Lute contra a depressão e continue acreditando em si e no amor envolvido no relacionamento. Não deixe que ela consuma com as coisas boas da sua vida. Você é mais forte!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: