O guia definitivo para esquecer um amor: passo a passo para curar um coração partido

O guia definitivo para esquecer um amor: passo a passo para curar um coração partido
Avalie esse artigo

Todas as coisas devem chegar ao fim: isso também significa relacionamentos. Esquecer um amor que você teve na vida pode parecer impossível agora, mas não se preocupe: há uma luz no final desse túnel.

Com o tempo – e as estratégias certas, no lugar certo e hora certa – a dor começará a desaparecer e você se sentirá mais você mesma novamente.
Nem todas as histórias de amor acabam no “felizes para sempre”. Esquecer-se de alguém que você ama nunca é fácil, mas com tempo, paciência e algumas estratégias de enfrentamento inteligentes, você pode voltar a ser uma pessoa feliz e satisfeita mais uma vez.
Se você acabou de romper com um amor significativo ou sofreu um divórcio, separar-se de alguém que você ama nunca é fácil. Às vezes, pode parecer que nunca mais será feliz – que essa pessoa era sua única chance na vida por se sentir amada e agora eles se foram.

Não se deixe levar por esses pensamentos. A verdade é que, com positividade, paciência e determinação, você sempre pode fazer o seus pés trilharem um caminho para sair da escuridão de uma separação romântica.

 

Botando tudo para fora

Não se sufoque com as suas emoções

Chore. Fique com os olhos vermelhos de tanto chorar. Grite para um travesseiro. Grite obscenidades para os quatro ventos, para a  parede.

Durante os estágios iniciais de superação de alguém, você pode se sentir miserável. Você precisa aceitar esses sentimentos para liberá-los verdadeiramente e continuar com sua vida.
Algumas pesquisas mostram que a mágoa pode se apresentar no cérebro como uma dor real. Os estudos mostram que os cérebros dos entrevistados são semelhantes aos de uma pessoa na retirada de cocaína.

No entanto, parece que a melhor rota para superar o desgosto é expulsar as emoções.
A negação não ajuda em nada. Os maus sentimentos não desaparecem apenas porque você os ignora. Se alguma coisa é certa, é que ignorar seus sentimentos só aumenta o risco de faze-los explodir mais tarde.
Se você é o tipo de pessoa que precisa de liberação física, considere dirigir-se a uma academia e levar seu sofrimento para uma bolsa de pancadas ou manequim humano.

Resista à tentação de se encher de raiva

Parte de você pode realmente se sentir com raiva. Está bem, mas você deve evitar enterrar ou encobrir sua dor com raiva. A raiva pode fazer você se sentir menos vulnerável, na verdade, provavelmente faz você se sentir no controle e dá-lhe algo para direcionar sua energia.

No entanto, a única maneira de lidar melhor com o seu sofrimento e aceitar a situação atual é deixar-se sentir as outras emoções escondidas sob a raiva.
A raiva é uma emoção secundária. As emoções que se escondem sob a superfície de sua ira podem ser sentidas, ignoradas, desiludidas, usadas, indignas e rejeitadas.

Todos esses sentimentos fazem você se sentir vulnerável para que você use a raiva como um método de auto-calmante psicológico.
Para descobrir o que está escondido abaixo da sua raiva, ouça o que você fala, ouça o seu diálogo interno. Se você se pegar pensando, “Ninguém nunca me amará”, pode simbolizar sentimentos de rejeição ou de não ser amável.

Tome nota de seus pensamentos por um dia para identificar quais outras emoções você está experimentando. Além disso, a raiva tende a ser obsessiva.

Se você incomodar seu ex ou encher a paciência dos seus amigos ou se fixar em cada coisa pequena que a pessoa fez para “errar” com você, seus pensamentos ainda estão constantemente preenchidos com essa pessoa.

Em outras palavras, a raiva irá prender você no lugar em vez de deixar você seguir em frente.

Delicie-se com pequenos mimos para si mesma

Compre uma caixa de chocolates ou faça um lanche ou ainda tome um sorvete diretamente do pote. Compre essa bolsa de um designer famoso que você tanto queria ou o troque algum aparelho que você teve durante anos.

Visite o spa ou leve-se para almoçar no novo bistrô que você “namora” todos os dias. Como você está passando por um momento difícil, talvez seja necessário que você se degrade um pouco para levantar seus espíritos, e está tudo bem.
As pessoas freqüentemente desejam alimentos confortáveis ​​quando não se sentem tão bem. A pesquisa mostra que as indulgências conscientes são geralmente inofensivas, desde que você não esteja negligenciando algo na sua vida ou negligenciando sua saúde.
Dito isto, você deve estabelecer limites para você. Se você se endividar, começar a acumular lixos e tranqueiras em sua casa, ou ganhar um salário miserável, você só se sentirá mais miserável do que antes.

Delicie-se, mas seja mais responsável com seus recursos e evite comportamentos pouco saudáveis ​​que são destrutivos ao invés de nutrir.

Escute musica

Você pode ter a vontade de ouvir uma música. Ao contrário da crença popular, ouvir música triste não vai fazer você se sentir pior.

Essa música pode realmente ajudá-lo a sentir que alguém em algum lugar compartilha sua dor, e que você não está sozinho no que está sentindo.

Além disso, se você chorar e cantar, você terá expressado suas emoções de maneira saudável. Quando terminar, você se sentirá melhor com isso tudo.
Ouvir música é cientificamente conhecido por ter efeitos terapêuticos. Pode diminuir a sua frequência cardíaca e aliviar o estresse.

Deixe-se sentir entorpecido

Eventualmente, depois de se chorar, você pode sentir um pouco adormecida ou “morta por dentro”. Não se assuste. Esta é uma resposta perfeitamente natural para muitas pessoas.
Muitas vezes, esse sentimento de dormência resulta de uma exaustão pura. O choro e outras formas de emoção de alta energia podem ser uma verdadeira drenagem mental e física.

Como resultado, depois de terminar com esses ciclos de emoção, você pode se sentir cansada demais para sentir qualquer outra coisa.

Fale com amigos

O ombro de um amigo próximo pode ser uma ferramenta valiosa para confiar suas mágoas e choras as pitangas. Às vezes, falar sobre seus sentimentos é uma boa maneira de libertar-se deles e seguir em frente.

Um amigo pode ajudá-lo a reconhecer que o que você está sentindo é normal. Além disso, jogar suas frustrações para fora, em um espaço aberto pode ajudá-la a melhor compreendê-las e resolvê-las.
Um amigo que pode lhe dar conselhos pode ser uma boa pessoa para conversar, mas qualquer amigo disposto a ouvir deve ser capaz de ajudar um pouco. Refrescar suas emoções pode ser tão importante como corrigir o assunto em questão.

Mantenha um diário

Se você quiser dar a seus amigos uma pausa ou não tiver qualquer outra pessoa com a qual você se sinta confortável o suficiente para conversar, escreva seus sentimentos ao invés disso.

Esta prática também pode ajudá-la a liberar e refrescar seus sentimentos engarrafados. Os benefícios da saúde mental do diário são muitos.

Isso nos ajuda a esclarecer nossos pensamentos e sentimentos, nos entender melhor, minimizar o estresse, resolver problemas e resolver desentendimentos (escrevendo sobre eles a partir do ponto de vista de outro).
Você também pode usar o seu diário para confessar sentimentos ou eventos que você não se sente corajosa o suficiente para confessar a outras pessoas.

Limite a quantidade de tempo em que você se afunda no sofrimento

Enquanto você precisa se deixar ficar triste, você também precisa entender que existe um certo ponto em que é de seu melhor interesse forçar-se a seguir em frente.

Não é saudável permitir que relacionamentos acabados impeçam você de crescer e prosperar em outras áreas da vida. Tenha um tempo para si mesmo, mas não hesite em voltar para lá e viver sua vida em abundância.
Definir uma data ou prazo geral. Dê-se a metade da quantidade de tempo que você gastou em um relacionamento com seu ex ou ficante após sua paixão.

Durante este tempo, sofra o tanto quanto você precisa. Depois, empurre-se para frente, mesmo se você ainda se sentir como uma grande sofredora.

Cortando laços

Evite o contato desnecessário

Isso significa que não há nenhuma chamada, nenhum e-mail, e que não nenhum encontro “acidental” com a pessoa em questão enquanto ele ou que ela te encontra em uma corrida diária da manhã.

Se você quiser superar alguém, você precisa colocar distância suficiente entre vocês dois para se dar uma chance de curar seu coração.
Claro, isso pode ser difícil se você trabalha ou tenha uma aula com a outra pessoa. Neste caso, a melhor coisa que você pode fazer é limitar suas interações para aqueles que são absolutamente essenciais para sua vida diária.

Você não precisa sair dos caminhos que costuma fazer para evitar a pessoa que deseja superar, mas você não deve buscar intencionalmente essa pessoa.

Para de stalkea-lo nas redes sociais

Sério. Mesmo. Pare de verificar seu Facebook, Twitter, blog, Pinterest ou qualquer outra conta de redes sociais associada a essa pessoa.

Fixar-se sobre o que a outra pessoa está fazendo no momento só tornará mais difícil para você seguir em frente com sua vida.
Se você não pode resistir à tentação de perseguir as contas das redes sociais da sua antiga paixão enquanto ainda são amigos ou seguidores, não seja amiga ou não siga a pessoa em questão.
Se essa pessoa já lhe deu acesso às suas senhas, peça-lhe que altere senhas para remover a tentação de você para bisbilhotar ou perseguir.

Nunca seja íntimo com a pessoa em questão

Isso se refere à intimidade física e emocional. Estar com essa pessoa faz com que você se sinta confortável e pode ser conveniente. Continuar a se envolver emocionalmente com um ex não é uma boa idéia, porque você terá que passar pelo processo de luto novamente depois que a intimidade for desfeita.
Não durma com um ex “por causa dos velhos tempos” ou caia na armadilha de tornar-se “amigos com benefícios”, com uma paixão anterior.
Literalmente, transar com alguém que você deseja superar é uma má idéia para ambos os sexos, mas pode ser especialmente horrível para as mulheres.

A intimidade física faz com que as mulheres produzam oxitocina, um hormônio que desencadeia sentimentos de conexão e carinho. Como resultado, você não poderá “tirá-lo do seu pensamento e coração”.

Se fizer alguma coisa íntima, você só se sentirá mais ligado a outra pessoa, mais do que antes.
A intimidade emocional pode ser muito arriscada, mesmo que vocês dois fossem emocionalmente íntimos antes. Esse tipo de conexão funciona em um nível mais profundo, tornando ainda mais difícil separar-se da pessoa em questão.

Jogue fora todas as lembranças

Mesmo que você corte os laços e evite se comunicar diretamente com a pessoa que deseja superar, talvez ainda tenha dificuldade em avançar se seu quarto estiver cheio de lembranças dessa pessoa.
Geralmente, a melhor coisa a fazer é arrumar qualquer lembrança e esconde-los até que você tenha tido a chance suficiente de seguir em frente. Você também pode devolver certos pertences à outra pessoa – CDs, filmes, etc. – em vez de abandoná-los.
Você deve realmente evitar jogar foras as coisas ou incendiar dramaticamente essas lembranças dolorosas em um esforço para se libertar, não importa o quão desesperada você possa estar para superar alguém.

Uma vez que algo se foi, foi para o bem. Se você se arrepender da decisão de descartar esse relógio caro ou queimar um cartaz autografado por um cantor favorito que você viu em conjunto com seu ex, você pode se arrepender mais tarde.
Reconcilie-se quando estiver pronta. Ao contrário do que você pensa, é possível ser amigo de alguém por quem você sentiu amor uma vez.

Se a amizade se revelar impossível, então pelo menos você pode restabelecer o respeito mútuo suficiente para que vocês dois possam estar juntos na mesma sala sem disparar fagulhas de fogos dos seus olhos.

Não se empenhe para reconciliar

Se você não consegue superar a dor e a reconciliação torna as coisas muito difíceis, você não precisa passar por isso.
Apenas comece o processo depois de ter aceitado a maneira como são as coisas e já não tem nenhum apego romântico à pessoa em questão.

Especialistas em relacionamento sugerem que você permita que o processo de luto comece e tire tempo longe um do outro. Então, sente-se e tenha uma conversa sincera sobre como sua amizade irá funcionar.
Limite seus esforços. Estenda a mão da amizade uma vez. Se for rejeitada ou tratada com rispidez, aceite que a reconciliação está fora de questão e continue em frente sem ele.

Viva a vida e mexa-se

Saia da casa. Vá dar um passeio. Faça uma viagem. Aventure-se para o grande desconhecido, ou até se aventure nos lugares um pouco menos impressionantes, mas conhecidos.

O objetivo é que você precisará sair da cama e se mexer fisicamente na sua vida, não importa o quanto você deseje, você poderia passar mais outro dia por aí e ver filmes tristes.

Seja ativa

A atividade física é uma das melhores coisas em que você pode se envolver enquanto faz um esforço para superar alguém. Em contraste, descansar no sofá dia após dia pode fazer você se sentir ressentida de si mesmo.

Sair com outros amigos

Os amigos podem ser uma grande ajuda para superar alguém, mesmo que tenha dificuldade em chorar nos ombros da pessoa. Quando você precisa se sentir apreciada e distraída, uma noite na cidade com alguns amigos próximos pode ser a receita perfeita.
Seus amigos também podem apreciar isso, especialmente se você passou muito tempo negligenciando-os enquanto esteve em seu relacionamento ou perseguindo sua paixão.
Evite deixar seus amigos empurrá-lo para novos romances antes de se sentir pronto.

Conheça novas pessoas

 

Isso pode parecer tremendamente difícil, mas também pode ter um enorme impacto sobre a forma como você se recupera. Ao conhecer novas pessoas, você se permite ver que existem outros que podem apreciar e amar você.

Da mesma forma, você também pode perceber que realmente há outros peixes no mar.
Novos amigos funcionam tão bem quanto novos interesses de amor. Se alguma coisa é certa, é que às vezes os novos amigos podem ser ainda melhores, uma vez que alivia a pressão da tensão romântica e permite que você evite a recaída temida.

Adore-se em primeiro lugar

Acima de tudo, perceba que você é digna de ser amada, não importa o que qualquer outro possa pensar ou sentir. Crie uma lista de coisas que você ama sobre você: seu sorriso, seus comentários espirituosos, sua paixão pelos livros, etc.

Certifique-se de que está alimentando as partes de si mesma que você mais ama quando decidir entrar em um novo relacionamento.
Tire um tempo para fazer coisas que você gosta, especialmente se você fez menos dessas coisas enquanto estava com seu ex ou tentando impressionar sua paixão.

Evite assumir a culpa

Compreenda que as coisas simplesmente não deveriam ser. Isso não significa que tenha sido sua culpa ou que você seja indigna de ser amada.

Não tenha pressa

Nunca force-se novamente na ideia de namoro. Simplificando, quando estiver pronta, você está pronta. Viva um dia de cada vez e confie em si mesma para saber quando se sente pronta para amar alguém desse jeito de novo.
Empurrar-se para um relacionamento de recaída ou um lance de uma noite só pode fazer com que você se sinta pior, especialmente quando você percebe que você deu esse tipo de intimidade a alguém que você realmente não gostava tanto disso.

Se movendo

Dê um tempo para a cura acontecer. O desgosto de uma ruptura não é permanente. Nós sabemos que não se sente assim – parece que você nunca mais será inteiro de novo. Que você nunca pode ser feliz sem eles. Mas não é verdade.

Você vai seguir em frente, e você se sentirá como sendo você mesma novamente. No final do dia, você só precisa de tempo e um pouco de amor e carinho para si mesma.
Depois de terminar, você pode achar que você tem muito tempo extra e dinheiro que você não precisa mais gastar com seu ex. Então namore-se!

Jogue algumas notas de dólar no ar e sinta-se como  uma rainha. Acostume-se com a vida de solteira não é deprimente, trata-se de colocar-se em primeiro lugar.

Lembre-se, não há nada de errado em mostrar-se um pouco de amor – especialmente depois de uma dificuldade como uma ruptura.
Conquiste aquilo que você deseja. Ainda melhor, obtenha o que eles não queriam que você tivesse quando namorava. Seus grilhões de prisioneira se foram e você tem toda a liberdade!
Afaste-se de todas as memórias e locais doloridos. As melhores maneiras de apagar as memórias dolorosas? Literalmente deixá-los para trás.

Novas vistas, sons e experiências estimulam os sentidos, fazendo com que a dor de uma separação pareça distante e sem importância.

Bônus adicional: você não será levada a lágrimas olhando para a cafeteira que você costumava compartilhar todas as manhãs.

Limpe os traços do seu ex fora de sua vida

Você quer evitar interagir com pessoas e coisas que lembram seu ex. Você não tem que jogar tudo fora – não há motivo para ser cruel – mas você tem que embalá-lo.

Jogue as camisas, fotografias e lembranças antigas em uma caixa e enterre-a no sótão ou no porão. Não será fácil empacotar todas essas coisas, mas é necessário.

Uma vez que as lembranças estão todas escondidas, você não precisa conter as lágrimas toda vez que você passa essa foto de vocês dois no verão passado.

Faça amigos mais novos e melhores

Se você está procurando uma mudança na sua vida, tente mudar a empresa que você mantém. O mundo é um lugar grande e amplo, e embora seu amor tenha parecido ser a última bolacha do pacote quando você namorou, eles não são o único peixe no mar.

Novos amigos trazem novas perspectivas, atividades e conversas – e você logo se perguntará, “ex-quem?”.
Este conselho é especialmente importante se, após uma separação, você achar que alguns de seus amigos têm “um lado”, ou melhor, estão do lado do seu ex.

Não preste a essas pessoas nenhuma atenção – concentre sua energia em encontrar amigos que respeitem suas escolhas.
Sacuda velhas amizades que você esqueceu no meio do seu tórrido amor. Os namoros/relacionamentos tomam muito tempo e energia – deixando seus melhores amigos e colegas se perguntando se você se escondeu no núcleo da Terra.

Isso não é para se envergonhar – todos têm que dividir seu tempo limitado entre parceiros e amigos. Agora que os grilhões do romance estão fora, no entanto, é hora de pagar uma visita aos seus velhos amigos.

Você pode achar que suas vidas mudaram desde a última vez que vocês tiveram contato, e não há nada como recuperar o atraso com velhos amigos.

Faça algo além de simplesmente se encher de auto piedade

Durante um relacionamento, quando você está dividindo o tempo entre seus próprios interesses e desejos e os do seu parceiro, pode ser complicado encontrar tempo para fazer todas as coisas que você gostaria.

O ponto positivo de uma separação é que você de repente tem muito mais tempo para gastar em você mesmo. Pare de passar esse tempo se sentindo triste por si mesmo e vá fazer alguma coisa!

Jogue um videogame, cozinhe uma nova receita, vá para uma caminhada – qualquer coisa! Apenas saia da casa já e use sua nova liberdade.
Às vezes, após uma separação, as emoções intensamente negativas que resultam podem deixar você sentir como se estivesse chata e não tivesse passatempos ou interesses dignos de menção.

Isso é bobagem- você pode entrar online agora e encontrar uma nova atividade para explorar em sua área.
Pode haver partes da sua vida que possam precisar um pouco de limpeza. Trabalhe para melhorar-se fisicamente e mentalmente. As possibilidades são boas, você deixou seu projeto de paixão escapar.

Você se acostumou com as pizzas e Netflix todas as sextas-feiras. Você comeu mais tacos com guacamole (o favorito do seu querido) do que aquilo que é saudável ou emocionante.

Você ainda tem uma matrícula na academia ?! Esqueça o que passou e volte ao básico – você tem muito tempo para se concentrar em você.

Mais importante ainda, para os entusiastas do amor, o auto-aperfeiçoamento aumenta sua confiança e torna você ainda mais atraente para a próxima conquista.
O exercício físico está clinicamente comprovado para combater depressão, ansiedade e estresse. Não importa o que você faz, você precisa mover seu corpo.
Construir músculos não é a única maneira de melhorar a si mesmo. Melhore a sua mente, aprendendo uma nova habilidade, explorando uma nova saída criativa ou dominando uma nova área de estudo.

Você pode tentar aprender uma nova língua (polonês! Swahili! russo!), tornando-se especialista em um comércio diferente (fabricante de Jóias ! Cozinheira! Jardineira!), ou aprender a tocar um instrumento musical.

Cuidado com as relações para “tapar buraco”

Os relacionamentos para “tapar buraco” obtêm um mau resultado que eles não merecem. Não há nada de errado em ter uma relação de baixo mais leve, após uma ruptura de uma relação importante.

No entanto, você deve ser perfeitamente claro sobre seus objetivos e intenções desde o início.

Diga algo como: “Ei, eu deveria deixar você saber que acabei de sair de um relacionamento difícil, então estou apenas procurando algo casual”, deixe o seu parceiro saber que você não está procurando casamento, apenas um pouco de diversão .
Devemos dizer, uma recuperação não é motivo para ficar descuidado. Você está com novas pessoas agora – use proteção e conheça seus parceiros.

Recupere seus amigos e familiares para obter apoio

As pessoas que te amam – seus familiares, mentores pessoais e amigos íntimos – querem te ver feliz. Se você está infeliz após uma separação, não tenha medo de pedir a essas pessoas um pouco de amor extra.

Afinal, todos nós precisamos de alguém para se apoiar. Falar com um velho amigo, um pai, um irmão ou alguém que está perto ajuda você a eliminar o stress acumulado e reparar a rachadura  em seu coração.

Seu amor não era a única pessoa que a amava. Você só precisa se lembrar disso e passar tempo com aqueles que importam.
Mesmo se você achar que o conselho que você recebe de seus confidentes próximos não é perfeito, a sensação de camaradagem que você obtém de seus relacionamentos íntimos pode ser exatamente o que você precisa quando você está cambaleando pela perda de um ex.

Mude as coisas sempre que se sentir bem para isso

Depois de ter passado algum tempo com você, teve alguns lances  e gostou da vida de solteira, você acabará querendo começar um novo relacionamento. Isso é ótimo!

Quando você estiver pronto, você está pronta – mas não sinta que precisa entrar em um novo relacionamento para se sentir novamente normal.

Não há uma quantidade de tempo “perfeita” para aguardar, então não permita que ninguém lhe diga o contrário.
Pode ou não ser apropriado para reiniciar um relacionamento com alguém com quem você teve uma ruptura ruim. No final do dia, é a sua vida e felicidade que está em jogo.

No entanto, se eles eram abusivos ou manipuladores, mantenha-os longe, mas bem longe mesmo de você.

Perceba que a dor não vai sair esta manhã, ou os próximos corações partidos não serão reparados em algum dia. Algumas pessoas levam semanas ou meses para se sentir “100%” após uma ruptura dolorosa.

Em última análise, não há substituto para o poder de cura natural do tempo. À medida que você se afastar de sua separação, ele ficará cada vez menos em seus pensamentos.

Você vai se sentir normal novamente. Você não ficará estranho nas festas! Você vai dar uma olhada nesse bonito colega de trabalho ou amigo. A dor não desaparecerá imediatamente, mas vai desaparecer com o tempo.
Haverá alguns momentos tensos nas férias de trabalho, eventos que vocês costumavam fazer juntos, observando seus programas de TV favoritos da “noite do casal” – mas isso é natural. Isso desaparecerá.

Evitando as armadilhas da separação

Não olhe para trás com raiva. Você pode sentir que cometeu um erro ou, como nunca mais poderá encontrar outro parceiro novamente. Esses sentimentos, embora desagradáveis, não são realmente tão estranhos, é perfeitamente natural.

Mas não deixe sentimentos temporários de auto-estima baixos sabotar sua chance de escapar de um relacionamento em que você não está feliz.

A última coisa que você vai querer fazer é implorar seu ex por perdão logo após a ruptura. Tome o seu tempo de afastamento para “se resolver” antes mesmo de pensar sobre a decisão de voltar novamente, caso contrário, você está desperdiçando energia mental valiosa.

De qualquer forma, eles não valem a sua energia negativa.
Se você está se sentindo arrependida de romper com o seu ex, espere 2-3 meses. Se você ainda se sentir assim, você pode considerar conversar com ele de novo.

Mas você só pode considerar isso! As possibilidades são boas, você está começando a mudar de qualquer maneira.
Não permita qualquer contato com o seu ex até que você tenha se”refeito” emocionalmente. Nos dias, semanas e até meses que seguem uma separação romântica, suas emoções serão uma bagunça enorme.

Você pode achar que você sente sentimentos conflitantes de tristeza, alívio, frustração e / ou nervosismo. Isso é perfeitamente normal – as rupturas podem levar a longos períodos de desconforto emocional onde você não se sente “adequada” por um longo tempo.

Enquanto estiver no meio desse período, é sempre uma boa idéia evitar todas e quaisquer formas de contato com o seu ex até se sentir melhor.

Forte ênfase no “todo e qualquer”. Não veja, ligue, fale por email, ou interaja de outra forma com o seu ex até que você esteja bem, no seu caminho para seguir em frente.

Às vezes, devem ser feitas exceções a esta regra para solicitar quaisquer bens pessoais que o seu ex ainda tem, ou para resolver qualquer negócio oficial (contas bancárias, etc.) que permanece não resolvido.

Mantenha a interação tão curta, básica e educada quanto possível. Se você não pode suportar ver o seu ex, tente enviar um amigo para resolver as suas coisas em vez disso – você deveria estar mais preocupada em seguir em frente.
Evite decisões precipitadas ou grandes mudanças de vida sem alguma previsão. Parece uma boa idéia juntar e gastar as economias em uma viagem de 2 semanas para Cuba depois de uma separação, não é mesmo?

Mas não tome decisões importantes até que você tenha tido tempo para se refrescar e considerar calmamente suas possibilidades.

Uma única decisão ruim tomada em um momento de raiva ou frustração pode ter consequências duradouras que podem tornar mais difícil avançar no longo prazo.

Para referência em caso de necessidade, aqui está uma lista de coisas que você não deve fazer após uma separação:
• Vandalizar a propriedade do seu ex.
• Sabotar o próximo relacionamento de seu ex.
• Confronte seu ex em público, ou espalhe rumores dolorosos.
• Gastar quantidades exorbitantes de dinheiro como um hobby.
• Mudar-se, comprar ou vender sua casa e suas posses.
• Se demitir de seu emprego ou mude de carreira de repente.

Não esconda relacionamentos abusivos sob o tapete

Se eles te machucaram, você ainda precisa denunciar as coisas. Isto é especialmente importante se você estiver preocupada com sua segurança após a separação.

Para esclarecer este último ponto, se ele abusou de você de qualquer maneira, você pode e deve informar as autoridades competentes. Ninguém mais, afinal, deve passar pelo que você passou.
Veja um terapeuta se você ainda está lutando para seguir em frente. Hoje, infelizmente, a idéia de “ir a um terapeuta” traz um certo estigma social, mas esse estigma é uma carga equivocada.

Algumas vezes as pessoas pensam que a pessoa que procura ajuda é mentalmente instável ou emocionalmente “fraca”. Mas 48% dos americanos viram um terapeuta ou pediram ajuda mental ou psicológica – você está longe de ser sozinho.

Milhões de pessoas comuns  conversam com terapeutas, conselheiros e outros profissionais para aconselhamento e orientação durante tempos difíceis. Não há nenhum motivo para ter medo de obter ajuda.
•Algumas das pessoas que você pode considerar falar são terapeutas profissionais, psiquiatras, conselheiros escolares e profissionais e, se desejado, vozes autorizadas em sua comunidade, como sacerdotes ou rabinos.

Basta encontrar uma voz que você confie e você está em boas mãos.

Superando o romprimento

Livrar-se de coisas que o relembrem. Eventualmente, você poderá pensar sobre seu antigo parceiro sem tomada de emoção. Este momento não é agora.

Neste momento, lembrar-se de seu tempo junto com essa pessoa pode levar a sentimentos intensos de nostalgia, tristeza e arrependimento.

Por esse motivo, é uma boa idéia livrar-se das coisas da sua vida que o lembram do seu relacionamento. Se houver itens que você não pode suportar jogar fora, tente empacotá-los em caixas e mantê-los em algum lugar fora do caminho até um futuro próximo.

Aqui estão algumas coisas que você pode querer procurar:
• Os pertences do seu ex que ele / ela deixou com você
• Presentes que seu ex lhe deu
• Músicas ou cds que seu ex fez para você
• Imagens, desenhos ou obras de arte que a lembra do seu ex
Evite o contato com essa pessoa. A menos que você esteja 100% certa de que você pode ficar “apenas amigos” com o seu ex, (e ele / ela também tem 100% de certeza), evite ver o seu ex o máximo que puder durante pelo menos um mês ou dois.

Quando for forçado a ver essa pessoa, mantenha suas conversas tão curtas quanto educadas for possível. Isso pode ser difícil, mas é importante. A interação pode levar a situações estranhas, onde ambos os parceiros estão pensando sobre o relacionamento antigo.

Você pode até mesmo voltar a se envolver com seu ex e começar a flertar. Em qualquer caso, esta é quase nunca uma boa maneira de superar sua separação.
Hoje, este conselho aplica-se também às suas conexões tecnológicas. Considere seriamente “não ser amiga” ou bloquear seu ex em suas redes sociais (pelo menos por enquanto).

Você também pode querer remover o número desta pessoa do seu telefone para reduzir a tentação de mandar uma mensagem.

Alimente seu espírito com a atividade física

O exercício é uma maneira fantástica de começar a sentir-se bem consigo mesmo após uma experiência difícil. Não só é barato e divertido – também provou melhorar o humor e combater a depressão clínica.

O melhor de tudo, se você mantiver isso, você começará a notar mudanças nas maneiras que você olha e sente que aumentam a sua autoconfiança e tornam ainda mais fácil superar seu coração partido.

Recorra a sua rede de suporte

Estar sozinho após uma separação é uma má idéia. É fácil cair em padrões de pensamento negativos e tornar-se excessivamente crítico de si mesma.

Estar em torno de pessoas que você é próxima torna mais fácil manter as coisas em perspectiva. Seus amigos e familiares oferecerão conselhos úteis (que você deve ouvir) e estar lá para confortá-lo e tranquilizá-lo quando você não está se sentindo bem.

Lembre-se – nada melhorou porque as pessoas não falaram sobre isso.

Se você estiver longe de sua rede de suporte, aproveite ao máximo sua situação. Chamadas telefônicas e bate-papos do Skype podem ser muito úteis. Você pode até fazer novos amigos, mas não entre em um novo relacionamento ainda.

Sempre valorize-se

Lembre-se de que você é a pessoa mais importante em sua vida. Manter isso em mente tornará mais fácil se concentrar em si mesmo em vez de se concentrar em seu parceiro perdido.

Tenha certeza de seus muitos traços positivos e aceite suas falhas – todos os têm. Concentre-se em ser a melhor pessoa que você pode ser. A felicidade não vem de outras pessoas, mas de dentro de você.
Se isso ajuda, você pode até tentar pensar no seu ex com piedade e compaixão. Perder você é algo que seu ex vai se arrepender uma vez que ele percebe o quanto você realmente é valiosa.

Transformando a sua vida

Aceite que você amou essa pessoa, mas que isso ficou no passado. O amor pode ser perfeitamente real sem ser para sempre. Você pode amar alguém profundamente por um tempo, mas esse amor tenha chegado ao fim.

Só porque terminou não significa que foi uma perda de tempo. Seu amor tocou você profundamente e moldou quem você é como pessoa. Nas palavras do antigo clichê, é melhor ter amado e perdido do que nunca ter amado.
Uma grande parte dessa aceitação é o perdão. Perdoe-se por não poder mantê-lo. Perdoe a seu parceiro por querer sair (se você continuar a ser amigo dele mais tarde, este conselho é absolutamente vital).

Perdoe seu parceiro ou você mesma pelos problemas que levaram à separação. Vocês são ambos humanos apenas.

Seja ativa e organizada

Uma vez que você tenha levado algum tempo para se recuperar do seu desgosto, dê uma geral na sua vida. Use sua nova independência como uma oportunidade para se concentrar em melhorar sua vida.

Agora é a sua chance de conseguir sucessos que irão fazer você se sentir bem em relação a si mesma e deixá-la em uma posição melhor do que era antes. Apenas alguns exemplos estão abaixo:
• Dedique-se ao seu trabalho. Aceite novas tarefas ambiciosas. Tome mais responsabilidade. Peça um aumento ou uma promoção.
• Tenha um novo hobby. Saiba como tocar um instrumento. Estude um novo idioma. Comece a escrever histórias ou a manter um diário.
• Explore o mundo. Viagem. Conheça novas pessoas. Viaje para uma região selvagem (com precauções de segurança adequadas).

Abra-se para novos relacionamentos

Após uma ruptura difícil, geralmente é melhor evitar o romance por um mês ou dois para evitar os problemas emocionais que muitas vezes podem vir com “recaídas”.

No entanto, uma vez que você teve algum tempo para se recuperar, está pronta para ver, conversar e gostar de alguém novo. Fazer isso pode parecer um pouco doloroso ou estranho no início.

Isto é normal. Você está essencialmente passando por uma espécie de retirada da pessoa que você constantemente conversou e viu antes. Isso desaparecerá com o tempo.
Quando alguém entrar em sua vida, deixe essa pessoa entrar. Não tenha tanto medo do desgosto futuro ou nem tema que você não pode aproveitar sua vida agora. Mesmo que seja uma pequena paixão, é bom sentir algo poe alguém novo.
Viva no presente. Não importa o quão mal você ou o seu parceiro tenham se ferrado no passado, você não pode mudá-lo. O que está feito está feito. Conter isso pode ser difícil – algumas pessoas têm medo de deixar ir.

No entanto, você não pode realmente seguir em frente com sua vida até começar a pensar mais sobre o que fazia quando estava com a pessoa que costumava amar.
Isso levará tempo, então seja paciente. Você pode não ser capaz de se manter pensando em seu antigo amor por um tempo.

No entanto, desde que você se concentre em si mesma e não se permita ceder à depressão e ao pessimismo, você eventualmente começará a deixar ir.
Aguarde o futuro. Em um certo momento, pode ter parecido que você nunca mais seria feliz novamente. Com o passar do tempo, essa idéia começará a parecer cada vez menos razoável.

O fato é que você sempre pode esperar um futuro melhor. Sempre há novas pessoas a serem encontradas, novas experiências para procurar e novos dias brilhantes para aguardar.

Sua felicidade não está determinada pelo que aconteceu no passado – é determinado pelo que você tem para o futuro.
Deixe suas memórias desta pessoa desaparecer gradualmente. O tempo cura todas as feridas. Logo após a sua separação, pode parecer que você não pode ficar um minuto sem pensar em quão mal você sente falta do seu ex.

Lentamente, no entanto, ao longo das semanas e meses, esses pensamentos se tornarão menos comuns. Eventualmente, você passará um dia inteiro sem pensar pensamentos infelizes sobre o seu ex.

Você basicamente “esquecerá” de estar triste. Quando isso acontece, considere isso como uma grande conquista. Você fez isso! O resto de sua vida espera por você ansiosamente.
Isto não quer dizer que você precisa parar de pensar nessa pessoa de modo geral. Você pode manter memórias desta pessoa querida em seu coração.

No entanto, eles não devem ser algo que interfira com sua vida. Eles devem ser uma fonte de ternura suave e nostalgia – como pensamentos de um parente amado que há muito morreu.

Seja alguém melhor para você

Oh meus amores, vamos ser muito honestos: em um mundo ideal, uma ruptura seria uma ocasião feliz. Vocês dois concordariam com uma risada cordial de que a relação deu os frutos que tinha que dar e vocês devem partir para novas aventuras.

Dê um grande sorriso e um firme aperto de mão e vá embora em direções opostas, para nunca mais ser vista, ouvida ou pensada de novo.
Infelizmente, nunca funcionou dessa maneira, e você se encontra novamente chorando no chão às 3 da manhã, gritando e cantando alguma música do Ed Sheeran com a mão no fundo de um pote de Nutella.
E, embora pareça ser certo manter uma foto de vocês enterrada na sua gaveta de roupas íntimas para quando você abriu uma garrafa de vinho tinto e está se sentindo “nostálgica”, ficar presa a relacionamentos antigos não é o mais saudável dos hábitos.
Não existe uma maneira segura de superar a morte de um relacionamento. Alguns de nós acham a raiva uma ferramenta útil, enquanto outros se dedicam a noites de bebedeira com os amigos.

Mas nada responde completamente a pergunta sempre presente: “Quando eu vou ficar bem?”. A resposta é que com as dicas que demos nesse artigo e com a ajuda do tempo, você vai superar as coisas.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: