O que é preciso para se recuperar depois do fim do relacionamento?

O que é preciso para se recuperar depois do fim do relacionamento?
Avalie esse artigo

Pelo menos uma vez na vida todas as pessoas já tiveram seu coração partido. E se ainda não tiveram, provavelmente ainda vão passar por isso.

A vida é assim, uma caixa de surpresas e, por mais que você acredite no “felizes para sempre”, que se doe ao máximo ou até mesmo tente segurar a pessoa que você ama, a verdade é que você não tem controle sobre nada, muito menos sobre o sentimento do outro.

E quando o amor acabar ou as coisas entre vocês esfriarem ou simplesmente vocês se tornarem incompatíveis um com o outro, o seu amado pode te dar as costas para nunca mais voltar e deixar uma ferida latejante bem no seu coração.

É, a dor não é fácil, mas nada na vida é fácil, por que o amor deveria ser? Talvez seja isso que torne o amor tão desejado pelas pessoas e intenso.

A real é que todo mundo tem um pouco de masoquista dentro de si, e por mais que seja complicado no início, é possível superar e reconstituir um coração partido e ainda tirar proveito dessa experiência para crescer como ser humano e amadurecer ainda mais.

Ver também: O que é preciso para ter um relacionamento saudável com seu parceiro? 

Tempo para si mesma

A primeira coisa que se deve fazer ao ter o coração dilacerado é se voltar para si mesma. Talvez quando vocês estavam juntos você se preocupava demais com o outro e pode ter deixado si mesma um pouco de lado.

Por isso, lembre-se de que se cuidar e prestar atenção em si mesma é muito importante. Valorize-se mais, coisa que talvez você não tenha feito durante o relacionamento.

Procure fazer tudo aquilo que você mais gosta e que talvez você nem se lembre, pois só tinha olhos e tempo para ele. Leia um livro, cante, ouça músicas, surfe, cozinhe, vá mergulhar, veja filmes, enfim, faça qualquer coisa relacionada a lazer que te dê prazer.

Você também deve estabelecer contato com seus amigos e se cercar de pessoas que te causem bem estar.

Fazendo uma faxina

Para você se curar completamente e reconstruir seu coração partido, você precisa não só libertar sua mente, mas também praticar o desapego.

Para isso, dê um fim em tudo que você tiver sobre ele e te faça lembrar dele. Jogue fora cartas, presentes, fotografias e qualquer tipo de lembrança que te cause mal estar.

Muitas pessoas não fazem isso, pois é como se estivesse apagando a pessoa da sua vida, passando uma borracha em tudo que viveram, mas não é bem assim.

Eliminar objetos e coisas materiais pode amenizar a dor e fazer com que você se esqueça momentaneamente da dor que ele te causou. Apenas elimine se realmente não for se arrepender depois.

No momento da raiva as pessoas podem agir por impulso e talvez essas memórias sejam interessantes no futuro quando você quiser relembrar seus amores do passado e sobre tudo que você passou para se tornar o ser humano e a mulher madura que é hoje.

Redes sociais

Essa tarefa pode ser uma das mais difíceis após um coração partido, principalmente para as mulheres curiosas. Mas, enquanto você não bloquear ou excluir seu ex das redes sociais, você continuará, hora ou outra, recorrendo a isso para ter notícias dele, saber com quem ele está saindo, o que está fazendo, etc.

Isso é tortura pura, pare de se autoflagelar e martirizar por coisas que não lhe dizem mais respeito. Crie forças lá do seu âmago e exclua o Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter e qualquer outra conta dele que possa ser um condutor de descobertas indesejadas e comunicação. 

Qualidade de vida

O pior erro que você pode cometer quando estiver com o coração partido é se afundar em depressão e começar a estragar seu bem estar se tornando uma pessoa sedentária e comendo alimentos nada saudáveis que te tragam conforto, como chocolate, sorvetes, lanches ou massas em excesso.

Comer pode realmente ser um remédio, mas é apenas um prazer momentâneo e só vai fazer com que você fique mais depressiva depois, além de reduzir sua autoestima.

Por isso, pratique alguma atividade física ou algum esporte que você goste. Foque no seu corpo para perder alguns quilinhos ou enrijecer seus músculos.

A serotonina liberada no cérebro age como um antidepressivo natural e melhora o humor com eficácia. A alimentação balanceada também irá promover mais bem estar.

Nada impede que você faça uma extravagância de vez em quando, mas foque em legumes, vegetais, grãos e frutas para que seu corpo se sinta muito bem disposto e cheio de energia.

Vislumbre o futuro

Ser otimista é essencial para superar essa fase dolorosa. De nada adianta ficar chorando as pitangas por coisas que não têm mais volta. Pare de se apegar ao passado e ao presente de dor que você está vivendo com esse coração partido.

Procure pensar com otimismo no futuro, nas coisas que você quer fazer, uma pós-graduação, um curso de idioma, um curso de cinema, gastronomia, arte, dança ou qualquer outra coisa que você sempre quis fazer, mas não dava tanto valor.

Preste atenção nas coisas que você quer e se descubra novamente, em toda sua essência e tire o máximo de proveito disso. Faça coisas que gosta de fazer sem compromisso e saia com amigas que te divirtam e possam ser boas companhias. 

Praticando o perdão

Pode ser difícil no início, mas nesse processo de cura de um coração partido que pode durar em média dois anos é legal que você pratique o perdão.

Por mais que ele tenha te magoado, guardar rancor das outras pessoas apenas faz mal para si mesma e para os que estão à sua volta.

Se você quer ser feliz novamente e se tornar uma pessoa leve, de bem com a vida, pare de tentar achar culpados e jogar toda a responsabilidade do que você está vivendo nas costas do seu ex-namorado.

Mentalize que talvez vocês viveram o que tinham que viver e que o amor durou o tempo que deveria durar e que não existe um responsável pelo término, apenas as circunstâncias e o destino que levaram a isso.

Tudo na vida é consequência, tudo segue um fluxo e tenha fé de que coisas melhores virão. Perdoe a ele e a si mesma para seguir em frente por completo. Boa sorte!

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: