O que fazer quando você ainda é amiga do seu ex

O que fazer quando você ainda é amiga do seu ex
Avalie esse artigo

É possível que duas pessoas se amem num dia e noutro possam ser amigas. Só não é possível que isso aconteça literalmente de um dia para o outro. Não seria humano. Não faria sentido. É por isso que querer impor uma amizade logo depois do fim de uma relação amorosa gera quase sempre danos a uma das partes.

Há quem se divorcie emocionalmente do parceiro no decurso da relação. A pessoa vai-se distanciando e, quando dá por si, já não olha para o companheiro de um ponto de vista romântico.

A pessoa gosta, claro que gosta. Reconhece que o outro não lhe é indiferente. Mas já não ama. E não é só uma questão de borboletas no estômago. É uma questão de ligação. Ou de quebra de ligação. A pessoa percebe que já não está feliz. Percebe que a estima e o carinho continuam a existir mas reconhece que não são suficientes para sustentar um amor.

Ver Também: É possível desistir de um amor?

E quando decide pôr fim à relação amorosa acredita que é possível manter a amizade. Imediatamente. Ignora que o outro não teve tempo para aquela reflexão e que o mais provável é que ainda se sinta ligado em termos românticos. E não se pede a quem ainda ama para ser amigo! Porque a pessoa que ainda ama até pode dizer que sim, que vale a pena manter a amizade. Mas isso não significa que o faça consciente das suas limitações.

Quem ama agarra-se a qualquer coisa para se manter ligado. Mesmo que seja “só” uma amizade. Engana-se a si mesmo. Diz que sim a uma relação que já não é o que era porque acredita, lá no fundo, que tudo pode mudar. Porque tem esperança que o outro recue e que da amizade possa ressurgir o amor.

Só que os dias passam e não só não há beijos na boca ou outros gestos românticos como a pessoa amada parece cada vez mais distante. E está. Está distante mas segura. Está feliz com o estado da relação. Está tranquila com a mudança. A pessoa que ainda ama compara aquela tranquilidade com a sua própria intranquilidade e apoquenta-se. Irrita-se. Exige.

Confronta-se, então, com o inevitável. A amizade que ambicionaram não é compatível com as suas exigências. Pior: as coisas não vão mudar. Ou vão, mas não no sentido desejado. Não vão voltar a existir planos a dois. Nem saídas românticas. Nem beijos apaixonados. Dentro de pouco tempo existirão conversas sobre a pessoa interessante que o ex-companheiro conheceu e com quem aparentemente tem vontade de fazer tudo isso – planos, saídas e beijos. E, se o luto não estiver feito, a exposição a essas conversas pode ser aterradora. Geradora de raiva. Taaaanta raiva. Não faz sentido.

Tudo tem o seu tempo. Para que a rutura dê lugar à tranquilidade necessária à manutenção de uma amizade é preciso tempo. Tempo para estar triste. Tempo para lamber as feridas. Tempo para curar o desamor.

Manter amizade com o ex, é saudável?

Manter contato com um ex-marido ou namorado pode ser prejudicial quando alguma das partes ainda está envolvida. “Se um dos dois ainda nutre sentimentos e o outro não quer mais nada, fica complicado manter um relacionamento de amizade. O apaixonado vai sempre ter esperanças de um reatamento. A verdade é que apesar de muita gente dizer que “ex bom é ex morto”, não há nada errado em tentar manter uma amizade após o término!

Claro que algumas situações precisam ser analisadas com calma e muitas vezes será preciso dar um espaço para ele… Pelo menos no começo!

Se você está interessada em manter uma amizade com seu ex, veja nesse artigo se no seu caso é possível ser amiga do ex.

– O fim do relacionamento

Antes de se aproximar ou sequer pensar em mandar aquela mensagem dizendo: Ainda podemos ser amigos é preciso analisar como foi o fim do relacionamento de vocês… Foi algo difícil que ele custou a aceitar? Ou foi de comum acordo, vocês dois tendo concordado que o melhor era colocar um ponto final? Se ele custou a aceitar o melhor é não propor uma amizade logo de cara…

Ou ele vai pensar que ainda há chances de reatar – mesmo que para você essas chances sejam nulas – ou que você está fazendo isso de propósito, com a intensão de magoar ainda mais! Deixe a poeira baixar e quando ele estiver mais conformado tente falar sobre amizade! Mas se foi um término tranquilo, de comum acordo, não há problemas em falar de amizade! É até interessante deixar essa porta aberta, pois se vocês conseguiram terminar sem que ninguém guardasse mágoas ou ressentimentos, é possível manter uma amizade legal!

– Será que existe sentimento?

Outro ponto a se pensar para decidir se é possível ser amiga do ex é a questão dos sentimentos… E não me refiro apenas aos seus, mas também aos dele!

Você ainda sente algo por ele? Será que esse interesse em manter uma amizade não é apenas uma desculpa para se reaproximar e pensar num possível recomeço? Existe mágoa ou qualquer outra coisa que não ficou bem resolvida? Caso isso aconteça o melhor é refletir consigo mesma qual é a real intenção de se buscar uma amizade com o ex…

Você deseja realmente ser amiga, sem guardar ressentimentos ou ficar chateada ao vê-lo com outra ou apenas busca isso como vingança ou reaproximação? Vale lembrar que também é preciso pesar os sentimentos dele… Se você sabe que ele ainda sente algo talvez seja melhor dar um espaço, manter uma amizade de coleguismo, para deixar claro que sua reaproximação é diferente, sem o intuito de reatar! Ressentimento ou raiva também não são bons. Se notar isso da parte dele o melhor é não propor uma amizade! Agora se notar que ele te trata bem, sem segundas intenções e você também estiver nessa vibe, não há problema algum em vocês serem amigos…

– Mostre que sua intenção é apenas amizade

Isso significa agir como amiga…

Em outras palavras, amiga não manda mensagem a todo instante, não comenta todas as fotos dele e muito menos tem ataques de ciúme! Não tenha medo de apresentar e falar sobre seus ficantes com ele e permita que ele faça o mesmo com você… Assim fica claro que vocês são apenas amigos! Viu uma foto dele com outra menina no Facebook? Curta. Assim você mostra que deseja o melhor para ele e que não está enciumada.

É possível ser amiga do ex? Como você pode perceber, sim é possível!
Basta analisar alguns fatores, principalmente os relacionados aos sentimentos… Sem esquecer é claro, de que sua real intenção seja manter uma amizade, sem outros interesses! Se isso for possível, invista sem medo… Seu ex pode se tornar um grande amigo com quem você poderá contar em todos os momentos!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: