O que não dizer a ele durante uma briga?

O que não dizer a ele durante uma briga?
Avalie esse artigo

Discutir a relação é uma das partes chatas de um relacionamento. Pouca gente gosta de falar sobre os problemas que incomodam no dia a dia do casal – e, entre os homens, essa é uma reclamação frequente: eles, simplesmente, não querem ter que dissecar o relacionamento em um diálogo que pode durar horas e não levar a lugar algum.

Saber conduzir a famosa “DR” de uma forma produtiva é, portanto, fundamental para quem pretende tirar dela alguma conclusão realmente válida para aqueles detalhes da vida a dois que não estão funcionando. Para isso, mais que exigir bom senso do seu parceiro, aprenda a controlar as coisas que você diz.

1 – “Acabou!”

Pode parecer complicado manter o autocontrole quando se está com um problema no relacionamento, mas você não pode deixar que o nervosismo assuma o controle sobre suas decisões.

Colocar um ponto final na relação no momento da raiva não resolve a questão e ainda cria um problema novo: se, quando estiver mais calma, você se arrepender, terá que voltar atrás e pedir perdão. O ideal é evitar finalizar qualquer coisa antes de ter certeza absoluta do que está fazendo.

Ver também: O que é a codependência no relacionamento e como lidar com ela?

2 – “Está tudo bem”

Se vocês estão tendo que conversar a respeito de algum problema é porque, provavelmente, algo está incomodando a ambos. Fugir do tema ou querer demonstrar que você está melhor do que realmente está são atitudes que têm mais chances de atrapalhar do que de ajudar.

Quando você diz que está bem com alguma situação, está esperando que o outro perceba sozinho o que está errado – e esse tipo de comportamento é nocivo, porque pode gerar mal entendidos. Seja clara e explique como se sente de verdade.

3 – “Você é igual ao fulano”

Por “fulano”, entenda-se todo e qualquer ex-namorado seu ou namorado de alguma amiga sua. Não compare seu parceiro a pessoas que, claramente, fizeram mal a você ou a pessoas que você ama. Lembre-se que a DR serve para esclarecer o que não está bem na relação, e não para vocês trocarem ataques gratuitos, que não levarão a lugar algum.

4 – “Eu odeio você”

Algumas variações dessa frase são: “você é ridículo”, “você é um idiota” e “não quero mais olhar na sua cara”. Se você está sentindo vontade de usar uma dessas expressões, talvez seja melhor reavaliar o relacionamento no qual está envolvida.

Esse tipo de desabafo pode significar que os problemas são ainda maiores do que você imaginava e não poderão ser solucionados com uma conversa. Caso perceba que está apenas se excedendo no que diz, aprenda a controlar-se melhor e direcionar a DR para um resultado positivo.

5 – “É tudo culpa sua”

Por mais errado que seu parceiro esteja em uma determinada situação, evite usar essa frase. Normalmente, quando um dos dois comete um erro, é porque algo já o estava incomodando antes.

Procure pensar no que você fez para que ele agisse de determinada forma e, caso perceba que realmente – realmente, você precisa ser muito sincera – não fez nada, vale a pena repensar a relação e ponderar se vale mesmo a pena continuar junto dele.

6 – “Eu quero o divórcio”
No calor do momento, é fácil dizer coisas que você não quer dizer, mas não é fácil voltar atrás com uma afirmação como essa, não importa quantas vezes você peça desculpas ou jure que não quis dizer isso. Se isso sair de sua boca, faça um exame de consciência, e verifique se você realmente soltou essa frase num momento de raiva, ou se realmente deseja se separar dele. Uma decisão como essa é muito séria e precisa ser pensada com calma e reflexão.

7- “Eu não sou louca!”
Se você não é, então por que está batendo portas e gritando? Se não quer ser chamada de louca, aja com paciência e clareza. Desta forma, ele respeitará seus argumentos e a ouvirá com mais lucidez.

8 – “Você é igual ao seu pai”
Normalmente não se diz isso por um motivo positivo. Você só diz isso para machucá-lo, e sabe disso. Mas compará-lo ao pai em situações negativas é um golpe muito baixo, pois, além de não enxergá-lo em sua essência, está associando coisas ruins a alguém que ele ama, e isso é errado.

9 – “Você é um idiota/covarde e outros palavrões”
Xingamentos só fazem vocês dois perderem o respeito um pelo outro. Desta forma, as discussões ficarão cada vez mais piores, e com o nível cada vez pior. Em vez de partir para a agressão verbal, dê um tempo da discussão, tome um café e acalme-se. Assim as soluções virão à tona, e a conversa será muito mais construtiva.

10 – “Veja, até o bebê está chorando!”
Se o bebê de vocês começar a chorar no meio da discussão, não é certo culpá-lo. Uma discussão não acontece entre uma só pessoa. Você também está discutindo e quem é o culpado não está em discussão. Aproveite para dar uma trégua, acalmar o bebê e voltar com a cabeça mais fria. Assim, a solução virá mais rapidamente.

11- “Você fez a mesma coisa de novo” (cometeu o mesmo erro)
Pequenas divergências se tornam grandes quando as trazemos à tona uma outra vez. Se você o perdoou por algo no passado, não pode usar isso como “munição” contra ele. Em vez de discutir porque ele, por exemplo, esqueceu de colocar a toalha no banheiro, peça que ele faça outra coisa que ele lembrará mais facilmente, assim vocês alternam e se revezam nas tarefas da casa e ninguém se aborrece.

12- “Você está sempre atrasado”
Se você se condicionar a dizer isso sempre, ele se sentirá à vontade para se atrasar outras vezes, afinal, isso já virou lugar comum entre vocês. Em vez disso, convença-o – com calma – do porquê é importante para você que ele chegue na hora certa. Além disso, brinque, dizendo que não quer gastar metade da noite conversando com o garçom.

13- “Você está louco”
Se ele está de mau humor e você ficar alertando ele sobre isso, ele irá descontar o mau humor em você. Deixe ele de lado, caso ele prefira ficar sozinho, ou apenas não discuta em um momento como esse. Espere até ele se acalmar e se sentir bem para falarem sobre a relação ou sobre qualquer outro assunto que cabe a vocês dois.

14- “Fale COMIGO agora”
Se vocês estão conversando pela internet, não há como controlar com quantas pessoas ele está conversando ao mesmo tempo em que fala com você. Mantenha seus pensamentos positivos, até poderem conversar cara-a-cara. Você pode estar nervosa com ele por ele ter demorado meia hora para responder e por isso fica fantasiando coisas. Porém, pode ser que ele estivesse realmente ocupado com algo sério naquele momento.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: