O que você deve evitar para não acabar destruindo seu casamento?

O que você deve evitar para não acabar destruindo seu casamento?
Avalie esse artigo

Marido e mulher devem assumir a responsabilidade em um casamento. Mas há alguns comportamentos comuns por parte das mulheres que podem criar um ambiente hostil – onde ninguém se sente seguro ou confortável.

É importante lembrar que o principal objetivo do matrimônio é a paz e a felicidade do casal. Muitas mulheres acabam agindo com tais comportamentos até mesmo sem perceber, e sem perceber estão arruinando seu relacionamento, pois são atitudes que desmotivam seus parceiros a se manter em um relacionamento tão complicado.

Evite as atitudes listadas abaixo e mantenha seu casamento firme e forte! Então, apesar de a lista a seguir parecer assustadora, lembre-se sempre dela. Se a vida a dois parece estressante, é preciso trabalhar e mudar essa percepção.

Se você se sente infeliz, procure entender os motivos para lidar com os problemas – mesmo que a separação seja resultado dessa reflexão.

Ver também: Saiba como lidar com a ex do seu atual 

Confira as 10 atitudes das mulheres que podem destruir seu casamento.

Usar palavras para machucar o outro

Embora os homens sejam mais fortes fisicamente, as mulheres têm a vantagem da perspicácia verbal. Em média, falam quase três vezes mais do que os homens – cerca de 20 mil palavras por dia em comparação com as 7 mil pronunciadas pelo parceiro. Por isso, evite usar palavras afiadas a fim de envergonhar, degradar e menosprezar o seu marido.

Ter expectativas fora da realidade

Buscar satisfação por meio de uma pessoa e projetar sua infelicidade nela quando as coisas não vão bem é uma maneira rápida de destruir seu casamento. Se você se sentir infeliz, primeiro examine a realidade.

Você será mais feliz se moldar suas expectativas de acordo com cada momento. Esperar que seu cônjuge ou seus filhos a façam feliz pode tornar tudo mais difícil.

Ser sarcástica e crítica o tempo todo

Essa é uma maneira rápida e fácil de mostrar ao seu marido que você não o respeita. O resultado é que ele se fechará e buscará aprovação com outras pessoas.

Você já experimentou dizer algo e ser criticada sem ao menos terminar o pensamento? As mulheres estão acostumadas a isso e é normal sentir raiva e querer revidar.

Mas, quando você é crítica ou sarcástica com seu parceiro, ele se sente atacado e desvalorizado. Escute-o, sem julgar cada palavra. Se você quiser fazer perguntas, espere ele terminar de falar.

Criticá-lo e diminuí-lo junto aos amigos e família

Quando você critica e menospreza seu marido, também envenena aqueles mais próximos ao casal. Você os força a tomar partido, e é claro que eles escolhem o seu lado, porque eles querem ser leais.

Seus amigos e família não moram na sua casa. Eles não vêem o que se passa dia após dia. Eles não vêem as coisas boas que seu marido faz.

A única visão que têm dele é aquela que você apresenta. Se está constantemente falando mal, os outros vão enxergá-lo como um parceiro ruim para você.

Retirar afeto e sexo

Isso pode causar uma enorme ruptura em seu casamento. A intimidade é algo imprescindível ao casal – inclusive em termos fisiológicos.

Quando você se recusa a satisfazer essa necessidade de intimidade, algo não vai bem. E desse jeito, só tende a piorar. Seu cônjuge precisa se conectar a você emocional e fisicamente. Converse com ele se algo está te incomodando, pois a raiva cria uma barreira entre os dois em todos os níveis.

Desrespeitar a opinião dele

Normalmente, se você apresentar um problema, seu marido vai tentar resolvê-lo. Quando desdenha desse esforço, envia a mensagem de que não o valoriza.

Ele estava lá pronto para traçar um plano de ação e resolver o conflito – talvez não exatamente como você faria, mas está ao menos oferecendo uma solução. O mínimo que você pode fazer é ouvir sua sugestão, e agradecê-lo por contribuir.

Antes de rejeitar a ideia de forma grosseira, pense um pouco sobre o assunto, sobre as palavras que ouviu. Você não precisa fazer tudo o que ele sugere, mas ouça e reflita.

Exigir responsabilidade sobre tudo

É fácil criticar outra pessoa e dizer que poderia ter feito um trabalho melhor – quando você não o fez. A parte difícil vem na hora de assumir a responsabilidade. Em vez de tomar decisões sem considerar a contribuição de seu marido, e depois culpá-lo quando as coisas não funcionam, tente trabalhar em conjunto.

Vocês podem decidir juntos como as coisas devem ser feitas e alternar a palavra final nos momentos de decisão. Certamente, terá espaço para os dois resolverem os dilemas do dia a dia.

Nunca estar feliz

Uma das maneiras mais rápidas de destruir seu casamento é gastar todo o seu tempo agindo de forma miserável e infeliz. O objetivo do casamento é a paz e a felicidade. Se você acredita que sua felicidade vem de outras pessoas ou de circunstâncias externas, então nunca será feliz.

Somos responsáveis por nossa felicidade e por nossas decisões. Faça terapia se possível ou termine a relação se achar que tudo vai mal – apenas não fique nessa situação.

Desmoralizar

Ai do marido que se atreva a sugerir que sua mulher poderia melhorar em algum aspecto da vida! Taxado como insolente e despreocupado, sofrerá a ira de uma pessoa irritada, ferida e cheia de indignação.

Sentimo-nos perfeitamente justificadas para atacar cada falha dele e apontar cada fracasso, até que ele se sinta envergonhado de viver.

Pare de tentar corrigir cada erro que você percebe. Todos erramos. E podemos corrigir os erros ou destruir tudo. A escolha pertence inteiramente a vocês. 

Escolher o homem errado

Você conhece um homem. Gosta dele. Começa a namorar. Então percebe as pequenas falhas. As fendas em sua armadura. Ele grita, assim como seu pai fazia. Ele bebe e se torna abusivo.

Ele é mau com os seus filhos. “Está tudo bem”, você diz a si mesma: “Vou consertá-lo depois que nos casarmos”. Pare aqui. Não há nenhum conserto.

O homem que com quem você sai será o mesmo depois de casado. Sempre amável? Será mais gentil ainda. Viciado em pornografia? Continuará viciado. Não se pode mudar as outras pessoas, elas que precisam fazer esse serviço.

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: