O que você pode fazer para reconquistar um ex amor

O que você pode fazer para reconquistar um ex amor
5 (100%) 1 vote

Reconquistar um amor perdido é possível, sabia? O mais fácil de reconquistar um amor perdido é quando você busca a outra pessoa depois de algum tempo que a relação terminou, sendo que esse tempo podem ser meses ou mesmo anos.

Algumas cicatrizes demoram a ser curadas e conforme os motivos que levaram vocês ao término do relacionamento elas podem ser profundas, mas como diz o ditado, o tempo resolve tudo, por isso, é um ótimo remédio para a memória.

A decisão de reconquistar um amor perdido deve ser muito bem avaliada, porque a partir do momento que você se propõe a isso, alguns traumas e tristezas podem vir à tona e você deve saber como lidar com eles.

Existem muitos casos, entretanto, de pessoas que permaneceram um tempo afastadas e depois de alguns anos resolvem retomar a relação e vivem felizes para sempre.

Ver também: Mudar o penteado para reconquistar seu ex amor

9 DICAS PARA RECONQUISTAR UM AMOR PERDIDO

  1. Depois que o tempo passou e você for fazer um contato com a sua ex, procure ser o mais direto possível, se não puder ser pessoalmente, ao menos que seja por telefone, e não pelas redes sociais ou e-mail.
  1. Durante o tempo que você ficar longe não force a retomada. Se a mulher pediu um tempo para ficar sozinha, não ligue, respeite a sua vontade;
  1. Nunca pense em fazer ciúmes a sua ex com outra mulher como forma de reconquistá-la, isso apenas vai deixá-la ainda mais magoada e com vontade de nunca mais vê-lo;
  1. Não se precipite na hora de retomar a relação, aguarde um tempo para que as mágoas tenham sido esquecidas ou ao menos minimizadas. Se o fim da relação foi motivado por algum mal entendido, fale com a mulher para colocar os pingos nos is, porém, mesmo para isso é preciso que você dê algumas semanas;
  1. Não use amigos para serem pombos correios, quando decidir falar com ela, faça isso você mesmo. No primeiro contato após o término, apenas a convide para um café, sem começar a falar o que você tem a dizer por telefone;
  1. Se você a vir na rua, mesmo que saiba que ainda não é a hora certa para reatar, não a ignore, a cumprimente, seja respeitoso. Marque o reencontro de vocês em um local que costumam frequentar e que tragam boas lembranças, isso pode ajudar o seu intuito de reconquistá-la;
  1. Nessa hora, você deve estar preparado, não fique recordando as coisas ruins que aconteceram, por mais que tenha sido ela a terminar a relação ou mesmo que ela tenha o magoado;
  1. No dia do encontro não se atrase nem a deixe esperando, comece perguntando como ela está, o que está fazendo, etc. Não parta logo para o assunto principal. Não fale com todas as palavras que você deseja voltar, fale de forma indireta, dizendo que sente saudades, relembrando bons momentos e de como era bom estar ao seu lado;
  1. Não espere que depois desse reencontro ela já saia o beijando e dizendo que ainda o ama, ainda mais se foi você quem terminou a relação ou magoou ela. Seja paciente, o primeiro reencontro é apenas o primeiro passo de como reconquistar um amor perdido.

CONFIRA OUTRAS LIÇÕES IMPORTANTES

 

– Não se apresse. Sei que acha que quanto mais o tempo passar menos chance terá por ver esfriar a intimidade que tanto ligava vocês. Mas lembre-se que foi essa intimidade (talvez excessiva) lembra tudo o que ele(a) não que saber de você. O tempo parece estar contra você, mas está a seu favor.

– Dê um tempo para a poeira abaixar. Vá descobrir novos rumos, experimentar outras coisas e não alimente esperanças afobadas. Deixe a sua energia com você, pois sua fossa pode representar uma energia que está inconscientemente dando ao ex para que ele fique feliz e saltitante. Equalize a situação e deixe cada um no seu quadrado.

– Entenda que acabou. Esse relacionamento acabou e ponto final, conforme-se. Se outro vai surgir ninguém sabe dizer e se acontecer será algo novo, com novas perspectivas, nova visão e novos hábitos. Percebe que isso é bem difícil de mudar e entender em pouco tempo?

– Veja as coisas sobre a perspectiva do outro. É comum querermos justificar nosso fracasso narrando a história do término como se fosse uma sucessão de cegueiras e infantilidades da outra pessoa. Sempre sabemos onde o outro é um problema e raramente nos questionamos onde nós somos um problema para os outros.

Então abandone essa sua narrativa heróica e adote por um segundo (se não for um narcisista) a perspectiva do outro e pense se a pedra no sapato não era efetivamente você.

– Reflita no que foi disfuncional. Tomado um tempo (mínimo de 2 meses) comece a refletir no que foi disfuncional no relacionamento de uma perspectiva mais tranquila e saiba que pode tirar grandes aprendizados sobre seu jeito de ser.

– Não se afunde em culpa. Após a análise não se afunde num mar de culpa, afinal uma relação é sempre feita de duas pessoas. Ambos alimentaram aquilo que não funcionou por imaturidade, cegueira emocional, egoísmo ou medo. A culpa não ajudará você a ser uma pessoa melhor, apenas atrasara o processo.

– Saia do papel de namorado/marido. Enquanto você pensar enquanto namorada(o) não vai conseguir entender o quadro geral. O papel de namorada vai fazer você olhar para tudo sob a perspectiva de uma namorada.

Caso olhasse como uma amiga teria outra visão menos confusa e misturada, se olhasse como mãe também, como um psicólogo outra visão ainda, como um mendigo na rua ainda outra. Pode parecer maluco, mas sair de si mesmo é a melhor maneira de não se enganar.

– Volte ao seu centro/Retome sua identidade. Ficar ao lado de uma pessoa por muito tempo cria uma espécie de despersonalização natural que é quando você molda sua rotina, personalidade e hábitos para entrar em sintonia com o parceiro.

Alguns casais pesam nessa metamorfose e viram outra pessoa, o que pode ser um grande problema na hora de se reabilitar. Agora é momento de reabilitação antes de qualquer manobra de (re)conquista. Você precisa se desintoxicar do relacionamento.

– Não acredite em tudo o que foi dito. É muito comum ouvirmos e falarmos bobagens quando um relacionamento termina como se aquilo fosse a verdade final sobre tudo. O mais provável é que ambos não saibam do que realmente os motivou a sair.

Pode ser simples fuga, medo de intimidade, vaidade pessoal e outros motivos mais mesquinhos que nem conseguimos admitir para nós mesmos. O que é dito no final costuma ser uma pista falsa, tanto para quem ouviu como quem falou.

– Deixe as teorias de lado. Mesmo depois de chegar a mil conclusões aparentemente sábias deixe-as de lado, pois toda a teoria do mundo não funciona na prática. É apenas um roteiro norteador, mas como num mapa o interessante é descobrir a jornada com olhos atentos e curiosos, sem muitas certezas do que virá.

– Busque apoio social. Não tente se levantar sem recorrer aos outros, pois é possível que continue fechado nos mesmos pensamentos enganosos que o fizeram naufragar no relacionamento. Evite conselhos de pessoas pessimistas e mal-amadas.

– Não tente reconquistar imediatamente. O primeiro engano é tentar reconquistar o seu ex. O motivo pelo qual é um engano é que o tipo de mentalidade que levou o casal ao término é a que vai tentar a nova investida. Antes de partir para a reconquista você precisa mudar.

Reflita muito sobre cada uma dessas dicas e veja quais são os pontos que você precisa trabalhar antes de partir para a reconquista.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: