Pele perfeita: Saiba qual a textura ideal da base para o seu rosto

A base é básica em qualquer maquiagem, depois do primer você já aplicar a base para deixar a pele uniforme, deixando a pele livre das imperfeições e o seu rosto muito mais bonito para arrasar com a maquiagem.

Mas hoje em dia, você não tem como preocupação exclusiva decidir entre três tons por aquele que mais se parece com a sua cor. Hoje o mercado apresenta uma grande variedade de tonalidades, de texturas e para diferentes tipos de pele.

O que antes era só uma base líquida, hoje tem base cremosa, base compacta, base em bastão, base em mousse e até base em pó. Conheça um pouco mais sobre cada textura de base e descubra qual é a melhor para o seu tipo de pele.

Ver também: Preparação para festa de 18 anos, crie sua maquiagem sozinha

Tipos de textura de base

Base líquido: ela é ótima para peles secas e que já estão mais madura, pois oferecem uma boa cobertura. Ela é mais fácil de aplicar e não espalha com facilidade. Se você tem uma pele poleosa, deve procurar uma versão oil free, ou alguma que tenha uma textura mais aquosa ou que tenha efeito mate.

Base mousse: com uma cobertura de efeito mais natural, ela é mais fácil de ser aplicada e tem uma textura mais seca. É uma ótima opção para quem tem uma pele mista e para quem está procurando praticidade.

Base cremosa: ela tem uma textura mais densa, é uma boa opção para quem quer uma maior cobertura. Ela é mais hidratante, ela é mais pesada para quem tem uma pele oleosa.

Base em pó: ela é geralmente uma versão que tem fórmula mineral, ótima para quem tem peles oleosas. Além de não ter uma textura que seja pegajosa, ainda absorve a oleosidade natural. Isso evita que tenha um brilho excessivo na sua pele ao longo do dia.

Além disso, não basta ficar só na textura, é importante saber escolher a melhor tonalidade e não é todo mundo que sabe fazer isso da forma correta. Por isso, veja algumas dicas para te ajudar:

1 – Testar a base diretamente no seu rosto, na altura do maxilar

Segundo os especialistas da área, essa é a região que possui uma maior fidelidade ao tom natural da sua pele. Se você estiver bronzeada, é a área que vai estar menos comprometida com o seu bronze. Uma boa opção é testar o seu produto no antebraço, pois é a parte do corpo que é menos exposta ao sol.

2 – Espere o produto secar para poder ver o resultado real na sua pele

É aquela dica que equivale ao perfume, você precisa aplicar o produto e dar uma voltinha para ver como ele fica com o passar do tempo, certo? Então, dessa forma é que você vai conseguir ao aroma mais real dele possível.

Isso serve para a base também, mas nesse caso você vai precisar esperar para ver se ela realmente se adapta a sua pele. Esperar 5 minutos já está bom para ver como é a absorção do produto e dos seus pigmentos.

3 – Descobrir a cor de fundo da sua pele

Saber disso traz uma grande ajuda na hora de você comprar. As marcas costumam dividir o seus produtos de base em três fundos: o neutro, o quente e o frio. A grande dica aqui é saber qual é o seu fundo, tente observar o tom que as suas veias aparecem na sua pele.

Se as suas veias forem mais esverdeadas, então o seu fundo é quente. Se elas forem mais azuis ou que puxam para o lilás, isso quer dizer que a sua pele é mais fria. Mas se os tons se misturam, então é melhor que você escolha uma base de fundo neutro, pois vai ficar melhor em você.

4 – Não tenha preguiça na hora de experimentar vários tons

Sei que existem vários tons disponíveis no mercado, mas a diferença entre um e o outro pode até ser pequena, mas ela é importante. Você deve escolher entre três ou quatro opções que aparentemente se aproximem do seu tom natural e vai testando um por um.

Se você puder, experimente um de cada lado do rosto e dos braços. O que ficar menos aparente e sumir na sua pele, é o ideal para você. A melhor coisa é estar linda sem parecer que está maquiada, não é mesmo:

Grande aliado da base é o primer e o corretivo. Usar o corretivo não é só para cobrir as suas olheiras. Você pode disfarçar aquelas pequenas imperfeições que o seu rosto tem. Um grande aliado do corretivo são os primers coloridos, veja então 8 truques para tirar melhor proveito do corretivo:

1 – Para disfarçar as olheiras

Para dar uma escondida nas suas olheiras, o corretivo tem que ser do mesmo tom da sua pele. Se você usar um corretivo que seja mais claro, vai acabar deixando uma mancha branca debaixo dos seus olhos.

Pior vai ficar se você estiver em um ambiente com flashes. Por isso, se for em um dia de festa e de fotos, você vai precisar aplicar um outro corretivo, que seja mais em tons de rosa ou coral embaixo.

2 – Para cobrir as cicatrizes

Escolha um corretivo que seja opaco e que tenha uma cor com fundo rosado. Você vai passar ele sobre a sua base que está no tom da sua pele. Geralmente os corretivos não possuem nenhuma contraindicação, pois são hipoalergênicos e são resistentes a água.

3 – Para sumir com as manchas de espinhas

Para isso, você vai precisar usar um corretivo alaranjado. Você vai cobrir com a base no seu tom e vai finalizar com um pó compacto.

4 – Para amenizar os vasos

Você vai precisar de um corretivo verde. Se ficou muito marcado, você vai finalizar com a sua base.

5 – Para esconder a tatuagem

Você vai passar um corretivo verde e por cima vai aplicar outro corretivo. Só que dessa vez, o corretivo será do tom da sua pele.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: