Pó diminui a oleosidade da pele e ajuda a fixar o make

Pó diminui a oleosidade da pele e ajuda a fixar o make
Avalie esse artigo

 

Durante muito tempo mulheres de pele oleosa ficavam reféns da falta de produtos que ajudassem a pele a não ficar tão gordurosa e brilhosa ao longo do dia. A maquiagem por tempos não ajudava e conseguia segurar o efeito, para isso a saída eram os lencinhos secadores de umidade, alguns até com alguma cor para o caso de haver maquiagem no rosto.

Os tempos mudaram e com isso chegou a verdadeira preocupação com todos os tipos de pele e também aprendemos como usar esses novos produtos a nosso favor na maquiagem para quase todo o tipo de imperfeição, como poros dilatados, manchas, olheiras, espinhas etc. A oleosidade é apenas mais um dos problemas que sua pele pode ter.

A preocupação com esse nicho, porém, não para de crescer com marcas lançando produtos adequados ao pele e que produzem resultado efetivo: segurar a oleosidade e garantir a duração da maquiagem ao longo do dia ou de algum evento. Não é só um fator que  vai impactar nesse resultado, e sim um conjunto de processos e produtos irão auxiliar no propósito.

Ver também: Sete Truques Para Esconder As Falhas Das Sobrancelhas

A variedade de bases oil free, com fórmulas mais leves, outras texturas e efeito matificante é grande, por isso vá atrás da que melhor se adapta na sua pele. Ainda assim, o produto clássico que desde sempre é o aliado da pele oleosa é o pó compacto, que já passou por várias fases e hoje existem produtos específicos apenas para matificar a pele, sem adicionar cor.

Embora seja difícil resistir ao desejo de lavar o rosto diversas vezes ao dia, é muito necessário. Tanto para a questão estética de manter a sua produção, tanto por questões de saúde da pele. Nos próximos tópicos vamos explorar mais a fundo como e quais produtos podem ajudar a controlar a oleosidade da sua pele.

# Pó Compacto com cor versus Pó Matificante Translúcido

Mulheres de pele oleosa sofrem com o brilho excessivo e óleo na pele, que misturados a maquiagem muitas vezes somem com a cor da produção e ainda deixam um aspecto até mais gorduroso. Desconsiderando por um momento todos os demais produtos, reina absoluto o pó compacto ! Mas que tipo de pó? Compacto mesmo ou solto?

Não há dica que substitua a experiência, por isso você realmente só vai descobrir o que funciona depois que testar na sua pele então use nossas dicas como um guia que te levará ao melhor resultado, e não como uma receita de bolo.

Voltando ao pó compacto, a escolha entre ele e o pó solto é mais uma questão de praticidade e efeito, pois o pó solto pode dar um acabamento mais suave. Para efeitos de oleosidade, sem dúvida o pó compacto é mais prático.

Depois de decidido pelo pó compacto, qual escolher? Um com cor ou um pó matificante? Na verdade, não existe um super melhor do que o outro, pois suas funcionalidades são diferentes. Enquanto o pó matificante tem a finalidade de matificar sem adicionar cor, o pó compacto irá matificar adicionando cor. Portanto é uma questão também de preferência  e de ver o que reage melhor em você.

Os dois possuem pró e contra, apesar de serem um investimento necessário. Começando pelo pó compacto com cor, embora todos sejam pó é importante escolher os específicos para matificar a pele e anti oleosidade.

O cuidado aqui é para não manchar a maquiagem ao remover o brilho e fazer os retoques, para isso sempre seque com papel suave ou específico a área oleosa depositando o papel, sem esfregar. Dessa forma a oleosidade é sugada e transfere também cor para o papel, suavizando a área que em seguida será matificada e colorida.

No caso do pó matificante translucido, o contra é justamente a falta de cor, porque a oleosidade também funciona sugando e removendo a cor da maquiagem. Por isso essa opção funciona melhor para momentos curtos, como eventos. Mas cuidado com as fotos, esse tipo de pó pode estourar com os flashes.

# Outros cuidados que fazem o pó sobressair

Como falamos, o pó sozinho não vai resolver todos os seus problemas, embora seja um ótimo parceiro. O aspecto menos oleoso da pele deve começar a ser tratado desde a etapa de higienização da pele até o último item de maquiagem. Todo o processo deve ser realizado levando em conta como a sua pele é e se comporta.

Como geralmente esse tipo de pele possui maior aparecimento de cravos e espinhas, cuidados extras não são dispensáveis. Na pele oleosa a glândula sebácea tem mais estímulo para produzir óleo e então ocorre o excesso de produção. Para lidar com essa situação, é preciso usar produtos que “acalmem” essa produção.

Opte por produtos de ação secativa desde na hora de prepara a pele antes e depois da maquiagem. Ácido salicílico, enxofre, menta, adapaleno e peroxido de benzoíla são ingredientes que atuam pelo bem da pele oleosa, secando e reduzindo a produção de óleo. Prefira as texturas gel, sérum ou loção e opte por loções hidroalcoólicas, ou seja, adstringentes, que oferecem um efeito melhor e diminuem a oleosidade da pele.

Mesmo que não pareça necessário, é preciso sim usar hidratantes na pele oleosa, bem como todos os demais cuidados. Então como dissemos, use hidratantes em gel ou sérum e filtro solar livre de óleo, pois eles vão garantir o efeito matificante.

Lavar a pele demais não é recomendado. O ideal é de 2 a 3 vezes ao dia, o mesmo vale para as esfoliações que devem ser mais espaçadas. Por quê? Ao lavar e esfoliar a pele, você estimula uma série de células e funções e na pele oleosa a mais produtiva é a da glândula sebácea. Como opção a esse impulso de lavar a pele, opte pelo uso de água termal para refrescar a pele e reduzir o brilho.

Na hora da produção invista nos produtos sem óleo e com efeitos matificantes, principalmente no primer e base. Produtos líquidos, que secam bem na pele e não deixam o efeito brilhoso são que você vai escolher. Curta o conteúdo e compartilhe.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: