Pó facial: tipos, produtos e dicas para acertar na maquiagem

Pó facial: tipos, produtos e dicas para acertar na maquiagem
Avalie esse artigo

 

Apesar de parecer um produto simples e sem grandes efeitos na pele, o pó facial é indispensável para qualquer tipo de maquiagem, seja ela simples ou mais caprichada. As inúmeras opções que existem podem confundir um pouco o consumidor na hora de escolher o produto certo. Por isso vamos tirar todas as dúvidas sobre pó facial, seus tipos, indicações, modo de aplicação, etc.

O pó facial é muito usado para finalizar a maquiagem e para dar retoques ao longo do dia, quando a pele vai, naturalmente, transpirando.

Sua composição são micropartículas minerais que preenchem as imperfeições da pele. Essas micropartículas retiram todo brilho excessivo da pele, deixando-a com um aspecto aveludado. É usado por cima da base e em toda a extensão do rosto para selar a base e não manchar o blush.

Ver também: SEGREDO DE MAQUIAGEM COM BATOM VERMELHO E OLHO GATINHO, DICA PASSO A PASSO

Mas não é só pegar qualquer pó e sair aplicando sobre sua make não, é interessante saber para que serve cada tipo e como deve ser usado. Caso contrário, ao invés de dar um up na maquiagem, vai dar muita dor de cabeça.

Para quem faz uso constante ou até mesmo diário de pó facial, é aconselhável estar sempre esfoliando e hidratando a pele para evitar surgirem aquelas “casquinhas” que não deixam nada bonito sua maquiagem.

O pó facial, possivelmente, mais conhecido e utilizado é o pó compacto.

Ele é prensado, o que acarreta uma maior cobertura na pele. Vem em embalagens num formato sólido e vai se desprendendo aos poucos com o contato com os pincéis ou as esponjinhas.

Esse tipo de pó é ideal para levar na bolsa e retocar, se necessário, durante o dia para ficar sempre com um aspecto natural na pele. É indicado para, praticamente, todos os tipos de pele, mas deve-se ter cuidado com a quantidade que vai ser aplicada para não marcar as linhas de expressão e rugas.

O pó solto, por sua vez, já não acumula na pele, e, consequentemente, não ressalta as linhas de expressão.

Ele é soltinho. São feitos de grão mais finos que os do pó compacto, tem uma cobertura mais leve e uma textura mais suave. Geralmente, a pele oleosa se adapta melhor com o pó solto, ao contrário da pele seca.

Existe também uma opção para obter todos esses resultados sem se preocupar muito com qual tonalidade escolher. O pó translúcido não adiciona cor, pode ser encontrado nas formas compacta ou em pó e sua textura é ultra fina.

Por ser bem mais fino que os demais os cuidados na hora da aplicação devem ser redobrados. Aos nossos olhos pode parecer que está tudo certo, ai aplicamos mais uma camada, depois mais outra, porque ele cobre todas as imperfeições sem marcar nada e sem adicionar cor a nossa pele.

O problema aparece quando vamos tirar uma foto após todas essas camadas extras, ele aparece, e muito. Os sites de fofoca estão sempre apontando alguma famosa que não soube se maquiar e apareceu com a maquiagem muito pesada, muito branca. A maquiagem sempre foi e sempre será nossa parceira, mas ela tem que ser usada da forma correta para dar certo.

Outros tipos de pó também podem dar esse efeito esbranquiçado nas fotos por conterem componentescomo sílica e dióxido de titânio. É o caso do pó opaco, matificante ou anti-brilho. Eles são indicados para peles muito oleosas, que durante o dia necessita de vários retoques por apresentar um aspecto brilhoso e molhado nos poros.

Há opções que trazem benefícios a longo prazo pois cuidam da sua pele enquanto você os usa. O pó mineral é produzido com produtos extraídos da terra e totalmente isentos de óleos, talcos, fragrâncias, conservantes e pigmentos artificiais que podem agredir a nossa pele.

É indicado para pessoas com peles finas e sensíveis.

O uso desse tipo de pó muitas vezes dispensa o uso de base por camuflar perfeitamente as imperfeições e as linhas de expressão sem ficar com aquele aspecto pesado.

Já o pó bronzeador é indicado para pessoas que necessitam de uma ajudinha a mais com o tom muito pálido da pele. Ele tem um tom marrom ou alaranjado que permite dar um ar saudável a peles muito brancas. Podem ser apresentados em formas compactas, soltas e até minerais.

E na hora de finalizar a maquiagem nada melhor que usar um pó iluminador. O nome já diz tudo, ele ilumina as áreas se deseja destacar. Trazem um brilho discreto mas também podem ser opacos. São encontradas opções compactas ou soltas, nos tons de branco, champagne, rosado e dourado.

A tonalidade também é muito importante para que o acabamento seja o esperado. O pó, assim como a base, deve ser equiparado ao tom natural da sua pele, pois eles não são acessórios e sim formas de corrigir o que se deseja.

É como fazer um reparo na parede, você não vai usar uma tinta verde para consertar um pequeno defeito em uma parede vermelha. Experimente os tons disponíveis nas lojas, analise qual se assemelha mais a sua cor. Faça testes, e se mesmo assim ainda escolher um tom diferente da sua pele, não tem problema, você poderá usá-lo para fazer o contorno.

É possível fazer o contorno do rosto utilizando apenas pó. Procure por tons mais claros ou mais escuros para criar esse efeito que afina e da profundidade no seu rosto e deixa a maquiagem ainda mais bonita.

A melhor maneira de se aplicar esses tipos de pó é sempre do centro do rosto para as extremidades. Faça uso de pincéis específicos para pó, que são aqueles mais fofinhos, gordinhos, com cerdas macias.

Lembre-se sempre de retirar o excesso de produto do pincel antes de aplicar sobre o rosto, assim você conseguirá um resultado mais natural e uniforme.  O uso das esponjas não é muito indicado pois elas dão um ar pesado a pele por não ser possível espalhar tão bem como com os pinceis.

E, para finalizar, uma dica de ouro: evite usar pó facial próximo aos olhos e da boca. Essas regiões sempre contém um maior número de linhas de expressão e o uso do pó irá acentua-las. Se for realmente necessário a aplicação nessas duas áreas, use uma quantidade mínima de produto.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: