Por Que Ainda Sinto Ciúmes Do Meu Ex? (IMPERDÍVEL)

Por Que Ainda Sinto Ciúmes Do Meu Ex? (IMPERDÍVEL)
Avalie esse artigo

Por que eu ainda sinto inveja do meu ex se não estamos mais juntos?  Esta é uma pergunta comum entre aqueles que tiveram que lidar com uma par separação recente e que, por algum motivo ainda não tomaram a situação e não aceitaram que o relacionamento acabou.

O ciúme é comum em relacionamentos, mas essa emoção também pode surgir ou acentuada a relação romântica acabou por causa da ideia de que o outro pode reconstruir suas vidas em breve com outra pessoa ou simplesmente para o fato isso pode ser feliz sem nós.

Ver também: Por Que Meu Ex Arrumou Uma Namorada Tão Rápido? (IMPERDÍVEL)

Por que eu ainda sinto inveja do meu ex

Se você ainda sente ciúmes pelo seu ex e fica imaginando a que essa emoção pode se dever, nas seguintes linhas você pode descobrir quais são as possíveis causas:

Você não superou a ruptura

As pausas de amor são desagradáveis ​​e dolorosas, especialmente quando o relacionamento termina com a decisão da parte contrária. Se você ainda está se sentindo da mesma maneira sobre o seu ex, você sente a necessidade de falar com ela, vê-la ou saber o que você estará fazendo em todos os momentos, você pode ciúme à tona em você com o pensamento de que ele pode estar com outra pessoa e refaça sua vida amorosa ou seja feliz sem estar com você.

Para superar um intervalo amoroso, é muito importante aprender a aceitar a situação e respeitar a decisão do outro. Temos de ser capazes de aceitar o que aconteceu, deixar o tempo passar e pensar positivo, porque embora inicialmente vemos tudo preto, com o passar do tempo tudo volta ao normal e até mesmo começa a dar conta que Se o relacionamento terminou, foi por algo e foi o melhor para você, já que você merece estar com alguém que realmente quer compartilhar sua vida com você.

Você deve se concentrar exclusivamente em si mesmo para esquecer o seu ex, manter-se ocupado e fazer muitas coisas com a família e amigos em seu tempo livre. Este é apenas mais um capítulo da sua vida, pense que com o passar do tempo, vai parar de te machucar e que, simplesmente, será mais uma lembrança.

Fator possessivo

O ciúme também pode estar intimamente ligado à possessividade.  As pessoas muito possessivas que sentem que seu parceiro de sua propriedade não tende a aceitar o intervalo e pode não estar a pensar que era o seu parceiro até agora a cair no amor com alguém ou tomar um novo caminho em que ele / ela não está incluída.

Além do ciúme, as pessoas possessivas geralmente têm uma atitude muito controladora em relação à necessidade imperiosa que sentem de saber o que o outro está fazendo em todos os momentos, com quem ele está, para onde está indo, etc.

É essencial ficar claro que todas as pessoas são seres individuais e livres e que não pertencemos a ninguém. Que uma pessoa tenha uma ligação emocional conosco, não significa que ela seja “nossa” e, em qualquer caso, devemos tentar ter controle sobre a vida de outra pessoa.

Insegurança e baixa autoestima

Insegurança em si mesmo e baixa auto-estima também podem estar por trás do ciúme que você sente em relação ao seu ex. Em muitas ocasiões, temos pensamentos de que não valemos o suficiente ou que não estamos à altura de outras pessoas e que, da mesma forma que não conseguimos manter o amor do outro por muito tempo, não o saberemos. Outras pessoas novas não conseguirão que outras pessoas nos notem. Isso pode nos levar a permanecer ancorados no passado.

Tudo isso sugere uma falta de autoconfiança e baixa autoestima, e que essas pessoas muitas vezes têm uma relação baixa para si e para exagerar os seus defeitos, independentemente de suas virtudes em nenhum momento.

Medo de ficar sozinha

O fato de continuar a sentir ciúmes em relação ao ex também pode estar relacionado ao medo de ficar sozinho.  Ao perdê-lo, percebemos que não somos pessoas substituíveis e podemos pensar que, não estando com ela, estaremos sozinhos e que não encontraremos alguém com quem tenhamos essa confiança, amor, cumplicidade etc.

Isso pode gerar sentimentos de desespero, tristeza e insegurança, levando-nos ao ciúme pelo fato de poder encontrar em breve outra pessoa com quem compartilhar sua vida.

Como parar de sentir inveja pelo meu ex

Em seguida, vamos lhe dar algumas dicas para que você possa parar de sentir inveja do seu ex e se concentrar exclusivamente em si mesmo e reconstruir sua vida sem pensar sobre essa pessoa:

Se o seu parceiro decidiu encerrar o relacionamento com você, é importante que você aceite a situação e coloque todo o seu esforço em avançar, mesmo que isso inicialmente lhe custe. Não seja martirizado com a ideia de uma possível reconciliação, olhe para o futuro e foque em ser bem e ser feliz. Evite trancar-se e auto punir com pensamentos negativos sobre você ou sua vida sentimental. Agora é a hora de se abrir para as pessoas ao seu redor, distraí-lo e fazer novos planos para se divertir e conhecer pessoas.

Não gastar tempo pensando sobre por que eu ainda sinto ciúmes de seu ex, porque se você se concentrar em emoções negativas, que será mais difícil para se livrar desses sentimentos e você começa a se sentir ainda pior que torna muito mais difícil avançar.

Não se compare com os outros, concentre-se nos pontos positivos e pense em como você é valioso. Se você precisa trabalhar em autoconfiança ou aumentar sua autoestima, pode ler livros de autoajuda ou procurar ajuda profissional indo a um psicólogo. Esqueça o passado, olhe em volta e concentre-se em tudo que o faz feliz: seu trabalho, sua casa, sua família, seus amigos, etc.

Para esquecer o seu ex e deixar para trás esse relacionamento do passado, é muito importante que você evite todo o contato com ela. Para superar uma ruptura, marcar a distância em todos os sentidos é fundamental.

Quando o ciúme se torna doentio

O ciúme pode tornar-se doente ou patológico quando se manifestam incontrolavelmente, não têm fundamento objetivo, anulam-nos como pessoa, interferem em nossas vidas diárias e prejudicam nosso bem-estar psicológico.

Nestes casos, isso é importante notar que os problemas do próprio ciúme podem ser superados e que, para este efeito, você deve procurar ajuda profissional por ir a um psicólogo para tentar descobrir o que causa o problema e quais as orientações a seguir para resolver este.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: