Quais são os Maiores mitos sobre os Relacionamentos

Quais são os Maiores mitos sobre os Relacionamentos
Avalie esse artigo

Desde quando você entra em um relacionamento, você escuta algumas dessas frases, inclusive mais de uma vez. Por vezes também irá escutar mesmo que não esteja em um. Pais, amigos, colegas, todos vão ter sua própria ideia preconcebida sobre relacionamentos, sua duração, significado, armadilhas, riscos, regras, precauções.

Nem sempre é fácil explicar por que duas pessoas se amam e como permanecer juntas apesar do passar do tempo e das dificuldades. E não são as ideias que costumam circular sobre a vida de um casal que facilitam as coisas. A verdade é que você só aprende vivenciando o seu próprio relacionamento. Além disso, apague agora mesmo da sua memória essas frases e superstições que não levarão você a lugar nenhum.

Ver também: Dicas De Como Planejar tudo com seu Parceiro (Técnica Matadora)

 

“Vocês devem ser iguais.”

Não necessariamente. É claro que é essencial ter pontos em comum com o seu parceiro, compartilhar gostos, hobbies e, especialmente, para ter a mesma visão da vida e do futuro. Por outro lado, não há a menor necessidade de se procurar no outro uma cópia verdadeira de si mesmo. Diferenças também são uma riqueza para o casal e permite que ambos possam aprender um com o outro sobre coisas diferentes, ter novas experiências.

“Os opostos se atraem.”

Aqui, novamente, aqui está uma outra frase que ouvimos desde a nossa infância. Se para obter prosperidade dentro de um relacionamento não é necessário que as pessoas sejam completamente semelhantes, também não é necessária a associação de que as pessoas envolvidas sejam completamente e radicalmente opostas.

É sempre muito bom poder compartilhar sua vida com alguém que pode te abrir os olhos e a mente para outros interesses, culturas, tradições, etc. No entanto, você deve encontrar no seu companheiro pelo menos alguns valores em comum, para que não haja o risco de ter que considerar que o casal ou a família corra o risco de querer viver cada um em uma direção oposta.

“Casais felizes nunca brigam.”

Vocês tendem a brigar, a gritar, a bater portas? Não acredite que seu casal está fardado ao fracasso apenas por conta disso. As disputas são às vezes necessárias para promover o casal, expressar seu desacordo e, assim, provocar o diálogo. É um processo natural que não deve fazer você pensar que seu relacionamento tem um problema.

Por outro lado, as alterações e discussões, devem permanecer respeitosas, sem insultos ou humilhações, sem palavras ofensivas que acabariam atrapalhando na compreensão. Também devemos ter em mente que tudo em excesso faz mal, principalmente as brigas, afinal elas acabam desgastando o relacionamento.

“Se vocês realmente se amam, a paixão nunca vai embora.”

Mesmo no relacionamento dos casais mais felizes e realizados, a paixão também pode acabar por desaparecer. Este é um processo automático e até mesmo químico que se instala em todos os casais depois de alguns anos juntos. Isso não significa que você não o ama mais, apenas que seu amor está mudando, que vocês estão entrando em um novo estágio em sua vida juntos. A paixão também pode ser mantida através dos diálogos, sendo criativo para evitar a rotina desgastante, e ainda se mantendo atento e seduzido um pelo outro.

“Um casal deve compartilhar tudo.”

Embora a comunicação seja, é claro, essencial em um relacionamento, isso não significa que você tenha que discutir tudo ou dividir tudo o que você pensa e sente com seu cônjuge. Mesmo casados, vocês devem se manter como duas pessoas completas que têm direito ao seu jardim secreto e seus momentos de solidão. Nunca se esqueça ou abra mão de reservar um tempo apenas para si mesma, de ter seus próprios hobbies, de sair sozinho com seus amigos ou até mesmo sozinha. Todo mundo precisa ter sua liberdade para se sentir bem e vivo.

“A rotina é o inimigo do casal.”

Sempre se teme que levar uma vida regulada demais acabe cansando um do outro. É verdade que é importante manter os laços íntimos que a prendem ao seu parceiro, e saber organizar de vez em quando um jantar, um fim de semana, um passeio, qualquer coisa que os afaste do comum, do que estão acostumados.

No entanto, a rotina também é um cimento do casal que aprende a compartilhar as pequenas coisas da vida cotidiana. Esses costumes e gestos, mil vezes repetidos, também dão sentido a beleza de uma vida conjunta. Comemore esses pequenos momentos que parecem nada em vez de temê-los.

“O casamento marca o fim da paixão.”

Casar não significa que vocês irão deixar de estarem apaixonados, que deixaram de ser jovens, que já não se tem mais a leveza de estar junto como antes. Decidir se comprometer um com o outro, é apenas mais um passo em sua vida juntos, um novo começo, novos projetos cheios de espírito para construir juntos, aventuras para viver de mãos dadas, o que pode ser mais emocionante?

A verdade é que tudo depende de como decidimos levar as coisas. Não é porque você já tem aquela pessoa para você, que você terá parar de seduzi-lo ou de demonstrar como se sente em relação a ele, pelo contrário, dentro de um casamento as demonstrações de amor e afeto devem ser ainda mais constantes e verdadeiras, para que elas possam sempre nos ajudar a superar as dificuldades e os maus momentos.

“Crianças cimentam o casal.”

Se a chegada de uma criança é, naturalmente, uma grande felicidade para um casal, não deve ser uma maneira de consolidar, reparar, legitimar. Um casal deve ser forte em si mesmo, deve permanecer junto devido ao fruto do amor das duas pessoas que desejaram se unir, unir seus destinos e fazer projetos de vida juntos.

As crianças podem fazer parte desses projetos, e podem sim tornar tudo ainda mais bonito e intenso, mas há muitas outras coisas que permitem que um casal floresça, ano após ano, mantendo a relação. Portanto, não acredite nas frases prontas que lhe dirigirem sobre um relacionamento, acredite, cada casal tem suas próprias maneiras de se amar e permanecer juntos.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: