Razões pelas quais alguns relacionamentos não funciona

Razões pelas quais alguns relacionamentos não funciona
Avalie esse artigo

É muito difícil de se encontrar uma pessoa solteira, que nunca se fez esse questionamento. Afinal, nós iniciamos relações o tempo todo, em grande parte das vezes, com a melhor das intenções. Queremos dar amor e ser receber amor. Até fantasiamos como poderia ser passar o resto da vida do lado de uma pessoa na qual sentimos algo bacana.

Criamos mil e um planos e tentamos fazer todo o possível para manter satisfeita e cativar a pessoa que amamos, mas, de repente, tudo se vai ao chão, como num castelo de areia derrubado. A pessoa segue seu caminho, por algum motivo qualquer, ou até mesmo sem motivo nenhum aparente.

Não atende mais as ligações. Não responde mais às mensagens que são enviadas, não fica mais disponível na rede social, marca encontros e não aparece.Experiências como essa, repetidas diversas vezes, podem então, causar um grande sofrimento.

Sentimentos de baixa autoestima, insuficiência, raiva, frustração e angústia são comuns. Mas nem sempre o sucesso ou o fim de uma relação é simplesmente uma obra do acaso. Nós podemos reinventar e tornar melhor nossos relacionamentos, tornando-os mais gratificantes e duradouros.

Ver também: É correto guardar fotos de ex amor

A culpa é minha?

Provavelmente pode ser sim, mas não pelos motivos que você imagina. Nossas avós e mães já diziam, com toda a sabedoria: “Se você não for capaz de se amar, ninguém será capaz de amar você”.

Quando sentimos amor e respeito por nós mesmos, não somos capazes de aceitar quaisquer comportamentos abusivos ou que fujam dos nossos limites. Notamos claramente quando uma pessoa está invadindo o limite e não deixamos que isso aconteça.

Quando não temos amor por nós mesmos, criamos em nossa mente que ninguém mais teria coragem de gostar também. Então, quando uma pessoa se interessa por nós, observamos aquele acontecimento quase como um milagre — desses que a gente acha que não vão se repetir jamais.

Então, fechamos os olhos para uma variedade de coisas, aceitamos tudo que ocorre, porque já é o suficiente a pessoa ter se interessado, como se nem isso fossemos capazes de merecer.

Esse comportamento é considerado destrutivo, pensando dessa maneira você está se auto destruindo e ele pode até ser perigoso, já que os abusos podem começar a serem cada vez maiores ou com mais frequência de acordo com o tempo, chegando até mesmo à agressões físicas.

Permita-se ser ajudado

Em muitas vezes, tanto a baixa autoestima como a automática de formas comportamentaisdestrutivas ou a ansiedade em excesso por uma relação estável, são problemas que não são capazes de serem superados sozinhos.

Um bom profissional de psicologia pode ajudar você a se descobrir de uma maneira melhor, quebrar alguns padrões de comportamento e ocasionar a diminuição da ansiedade, permitindo assim, que você tenha uma vida amorosa livre e tranquilacom seu parceiro, sem muitos problemas.

Seu relacionamento está te deixando infeliz? Se você se sente feliz e positivo, é notável que esteja em uma relação feliz e saudável.No entanto, às vezes, os relacionamentos podem prejudicar muito mais que ajudar e isso pode nos deixar perdidos sobre o que realmente deve ser feito ou a quem podemos pedir ajuda.

Aqui estão sete motivos pelas quais algumas relações simplesmente não dão certo:

Existe uma “checklist” de relacionamento

Por mais que seja importante aprender o que você curte e o que você não curte em uma relação, uma boa parceria é baseada no amor e na forma como pensam sobre esse amor.

Faça uma lista de qualidades que o seu amor leva a grandes expectativas e ações, pois isso, na grande parte das vezes retira a surpresa e diversão. Acredite em sua voz interior.

Os parceiros são excessivamente críticos um com o outro

A honestidade é essencial em uma relação amorosa, mas estar com alguém altamente crítico pode acabar com a sua autoestima e fazer com que você se senta deprimido. O senso crítico compreende em falar sobre o seu peso, sua pele, como está sua aparência, sobre os seus amigos, o seu estilo ou até mesmo o seu trabalho, e fazer com que você adquira um sentimento de que não possui valor. Questione a si mesmo: esses comentários são sinceros ou para me deixar mal?

Falta de gerenciamento de ciúmes

Os relacionamentos em geral, precisam acontecer de maneira solidária e afetuosa. No entanto, o ciúme pode, na grande maioria das vezes, acordar um lado negativo nas relações a dois.

Alguns dos mais comuns sinais de alerta são: agir de maneira irracionalmente explosiva quando a outra pessoa obtém coisas boas, como uma nova amizade ou novo trabalho, exigir sempre estar por dentro deassuntos pessoais ou privados, ficar muito alterada se o seu parceiro falar com o sexo oposto ou, irracionalmente, acusar ele de mentir ou te fazer de idiota.

Desvalorizar a honestidade

Contar uma “mentira branca” provavelmente não vai dar um fim a um relacionamento, mas a falta de honestidade sobre assuntos com muitaimportância mostra sim, uma grande falta de respeito pelo que seu parceiro sente. Em um relacionamento concreto, você pode responder “sim” para as duas perguntas: Confio que meu par é um homem honesto? O meu parceiro pode esperar que eu também seja honesta com ele?

Culpar o parceiro injustamente

Culpar alguém com constância e sem motivo aparente é considerado um abuso de emoção e, muitas vezes, a pessoa que leva a culpa começa a acreditar cegamente que está mesmo errada por mais que não esteja, o que a deixa chateada e faz com que sua autoestima decaia, por não se achar e sentir“boa o suficiente”.

É necessário (e emocionalmente maduro) assumirmos responsabilidades por nossas próprias atitudes e começarmos a tratar com respeito nossos pares românticos.

Imaturidade emocional

A maturidade em uma relação não vem junto com a idade de ambos ou da própria relação. É uma vontade de se envolver, aceitar levar a culpa e se empenhar. No início de uma relação, a maioria das pessoas tentam o máximo não gerar brigas, por isso, esteja certo de como ela age em certas ocasiões ou como age e lida com as outras pessoas.

Às vezes, pessoas emocionalmente imaturas estão preparadas paraaprender, a amadurecer e expandir suas mentes, mas tenha cuidado, forçar alguém a mudar também é uma atitude imatura.

Desejo mútuo de controle

Estar dentro de um relacionamento com uma pessoa que é controladora é emocionalmente cansativo. Tentar agradar a uma pessoa que é assim naturalmente, é uma missão, pois muitas vezes ela quer que você viva a vida da maneira na qual ela manda, o que pode deixá-lo chateado.

 

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: