Razões pelas quais estar em um relacionamento sério depois dos 30 é totalmente diferente

Razões pelas quais estar em um relacionamento sério depois dos 30 é totalmente diferente
Avalie esse artigo

Quando o assunto é conquista, paquera e relacionamentos, a primeira coisa que as pessoas logo pensam é nos jovens. Para os jovens, conquistar alguém, se relacionar e principalmente paquerar é algo completamente natural e fácil.

Mas, na verdade para um relacionamento, para a paquera e principalmente para a conquista não existem uma idade limitada.

Você pode simplesmente se relacionar com outra pessoa em qualquer fase da vida e ainda assim pode aproveitar e curtir bons relacionamentos.

Para pessoas que já passaram a muito tempo dos trinta anos, a maneira que se vê um relacionamento é completamente diferente, e até mesmo alguns determinados comportamentos que os jovens costumam ter podem até acabar assustando um pouco essas pessoas.

Isso porque a pessoa já está em outra fase e costuma ter uma vida estável na carreira, já planejando formar uma família.

Mas, será que encontrar alguém e se relacionar com esse alguém depois dos trinta anos é uma situação tão diferente assim?

Pois acredite, existem coisas que muda, pois estamos em constante mudança e a cada ano que vamos envelhecendo, mais as premissas básicas de um relacionamento vão continuando sendo as mesmas.

Ver também: Será que vale à pena você esperar até o casamento para transar com seu parceiro? 

Razões pelas quais estar em um relacionamento depois dos trinta pode ser diferente

1 – Maturidade

Quando estamos ainda com nossos vinte e poucos anos, ainda somos pessoas sonhadores e muitas vezes nem pensamos em ter um  relacionamento mais sério com qualquer outra pessoa. E pode até ser questão de maturidade, ou até mesmo questão de falta de maturidade.

Acabamos dando muito mais valor a nossa individualidade e por essa razão fazemos de tudo para evitar os relacionamentos mais sérios. Se você for parar para pensar, esse tipo de comportamento não acontece apenas em nossas vidas amorosas, como também acaba acontecendo na profissional.

Depois que passamos dos trinta anos, começa uma fase em que saímos em busca de estabilidade. Aos trinta, é comum que estejamos em um emprego estável ou na busca por esse emprego estável.

Aos trinta ganhamos bem e já somos capazes de nos sustentar, principalmente porque já não vivemos mais com nossos pais. Passamos a ver o mundo de uma maneira muito mais madura e saímos em busca de alguém com quem se relacionar de uma maneira mais séria.

Alguém que queira construir uma família conosco, com o passar dos anos e principalmente alguém que esteja em busca da mesma estabilidade que nós.

Sem dúvidas você aos trinta, já sabe exatamente o que quer e não tem mais todo aquele medo de relacionamentos que costumava ter aos vinte e poucos anos.

Você também aprendeu a não se jogar mais de cabeça nas coisas, mesmo que tenha aprendido da pior forma possível. Antes de tomar qualquer decisão ou fazer qualquer coisa você analisa muito bem as situações além também de planejá-las. Portanto, acredite que com seus relacionamentos também será da mesma forma.

2 – Estabilidade

Depois da chegada dos trinta anos, provavelmente você já seja dona do seu próprio nariz. Ou seja, aqueles tempos em que você não tinha dinheiro nem para almoçar, agora provavelmente não acontecerão mais.

Sua vida inteira agora se baseia na estabilidade, portanto você passa a conseguir deixar bastante claro tudo o que deseja em um relacionamento.

E aquelas pessoas que não costumam querer nada com nada e ficam apenas te enrolando? Provavelmente essas pessoas ficarão bem longe de você e só voltarão a aparecer no seu caminho pessoas que estejam interessadas em um relacionamento sério.

3 – Mais qualidade e menos quantidade

Aos vinte anos o que realmente importava era quantos gatinhos você conseguiria beijar em uma próxima balada ou quantas vezes você faria sexo na semana, mas agora sua vida é outra.

Depois dos trinta as pessoas passam a valorizar ainda mais a qualidade do que para a quantidade, principalmente quando os assuntos são relacionamentos.

Você passa a ter mais atenção a sua alimentação, com as suas roupas e até mesmo com as suas amizades. E com os relacionamentos isso não muda, você passa a preferir mais alguém que possa te valorizar e principalmente alguém que preze pelo relacionamento, muito mais do que acabar se envolvendo apenas para não ficar sozinha.

Ou seja, você acaba se transformando em uma pessoa muito mais seletiva, principalmente na hora de escolher alguém para se envolver.

4 – O sexo não precisa mais ser espetacular 

Quando somos jovens, por várias vezes acabamos nos preocupando muito mais em ter momentos incríveis na cama para agradar ao outro do que com nosso próprio prazer. Mas, quando você já tem trinta anos, perceberá que pode acabar tendo uma excelente experiência de sexo sem qualquer efeito especial.

Isso porque você simplesmente passou a enxergar de forma clara tudo o que gosta e o que não gosta na cama, portanto o sexo já não é mais um problema no relacionamento.

Pelo contrário, você consegue se contentar com uma noite totalmente comum e consegue ter uma conversa aberta com seu parceiro se algum problema surge entre vocês.

Como você pôde ver, iniciar um relacionamento depois dos trinta pode sim ser bastante diferente, mas sempre com diversos pontos positivos, principalmente quando você aposta em um relacionamento quando chega aos trinta.

Aproveite essa nova fase da sua vida para conhecer alguém que tenha a mesma estabilidade e a mesma maturidade que você e sem dúvidas você acabará conquistando um relacionamento incrível com alguém que se encaixe perfeitamente nessa sua nova fase de vida.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: