Reconquistar o ex vale à pena? Pode dar certo?

Reconquistar o ex vale à pena? Pode dar certo?
Avalie esse artigo

Veja bem, tudo que você faz por uma segunda vez, geralmente é porque não ficou boa na primeira ou então porque você gostou demais e quer repetir. Mas no caso de um relacionamento, será que o conceito seria o mesmo? Difícil acreditar, pois veja bem: se você saiu de um namoro ou casamento, é porque algo de errado aconteceu com ele. Seja o motivo que for você saiu porque não estava bem, correto?

Então, pra que repetir o mesmo erro do passado?

Devemos caminhar pra frente e não engatar uma ré em nossa vida. Nunca conheceremos novos horizontes caso tenhamos essa postura de vida. Vocês tentaram, não deu certo, talvez por uma série de fatores que fazem com que muitos casamentos acabem mesmo, e são tantos esses fatores que nem dá para fazer uma lista correta. Cada um interpreta à sua maneira e tira suas conclusões. Ao assistirmos um filme pela segunda vez, sabemos de cor o que irá acontecer e, num segundo casamento com a mesma pessoa, basta ela abrir a boca que você já conhece o diálogo ou a discussão inteira. Sabe até mesmo como irá acontecer.

Ver Também: Quero reconquistá-lo: o que pode está fazendo ele desistir de você?

Há os que insistem numa segunda chance e até se dão bem, mas são as exceções: essas existem também. Via de regra, é chover no molhado, dar murro em ponta de faca e outras coisas mais que estamos cansados de ver.

Sentimos saudades de ex?

Sim, de alguma coisa boa, ou muitas que ficaram, claro que iremos sentir saudades, mas essa é coisa que dá e passa. Não devemos valorizar muito nossas recaídas, a menos que tenha ficado um caso mal resolvido entre os dois e, tempos depois, num reencontro, sem nada programado, colocar as cartas na mesa e reavaliar o que viveram até então, é bem válido. Mas nesse caso não houve um final, o que houve foi um simples afastamento que fez com que ambos pudessem ponderar sobre a relação e concluir que de fato não dá pra viverem separados.

Agora, voltar porque foi importante, porque se tem saudades de fatos vividos ou por estarem os dois sozinhos, isso não vale a pena. Sempre que for pensar na possibilidade de voltar com um(a) ex, tenha sempre em mente que aquela pessoa é e será sempre a que você conheceu um dia, com qualidades e defeitos que você já conhece bem. Coloque tudo na balança e veja que decisão tomar.

Sinais de quando é melhor não voltar

  1. Para começar é científico: voltar não é o melhor caminho

De acordo com um estudo da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, voltar com aquele relacionamento do passado é cilada e tem muito mais chance de dar errado do que acontecer o tão sonhado nal feliz. Segundo a pesquisa, feita com 979 jovens, apesar de casais ioiô terem relações mais duradouras, as pessoas que decidem voltar geralmente têm autoestima baixa, diculdades de comunicação e pouca conança no parceiro. Além disso, são muito mais impulsivas em suas decisões. Elas, por exemplo, depois que voltam, têm uma tendência gigante a fazer escolhas precipitadas do tipo casar ou comprar um cachorro.

  1. E, não, a pessoa não mudou.

Sim, as pessoas mudam e evoluem, mas isso não acontece do dia para a noite. Todas aquelas manias que você odiava ainda vão estar lá. E aí, vale a pena?

  1. E, calma, você já sabe que estar solteira não é a pior coisa do mundo. É maravilhoso, aliás
  2. Olha só quanto tempo você tem para ficar com seus amigos!

São eles que sempre vão ligar para você no dia seguinte. Nunca “aquela pessoa” do Tinder. Nunca o ser humano que cou com você por alguns anos e nem olha mais na cara. É sempre bom valorizar quem valoriza a gente, não?!

  1. Melhor do que isso: quanto tempo você tem para se conhecer!

Quem é você? Do que você gosta? O que você quer? Tire esse tempo chamado solteirice para responder essas perguntas que a vida moderna faz a gente esquecer de fazer.

  1. Fazer o que quiser e a hora que quiser não é incrível?

Você que manda no seu tempo livre. Aproveite!

  1. Fora que você também evita aquela torta de climão chamada “avisar aos amigos que vocês voltaram” pela enésima vez.
  2. Além de não precisar adicionar essa pessoa novamente nas redes sociais.

O século 21 trouxe um novo agravante para os términos de relacionamento: as redes sociais! E já pensou que depois de ter todo aquele trabalho sumindo com todos os rastros daquela pessoa para não sofrer você é obrigado a fazer o caminho inverso?

  1. E, assim: você quer mesmo essa pessoa de volta ou gosta da ideia de estar em um namoro?

Não pode ser automático. Não dá para namorar só por namorar. É preciso ter um propósito e é preciso descobrir o que é esse sentimento. Talvez o melhor seja mesmo seguir em frente e sem medo do novo.

  1. Esteja ciente de que uma vez decidida a volta, você vai precisar trabalhar muito mais duro para fazer isso funcionar. Porque não adianta nada continuar do lugar onde vocês pararam. Tem que evoluir e trabalhar o diálogo. Equilibrar as suas vontades com as da pessoa amada. E, olha, não é fácil!
  2. Lembre sempre: você já esteve lá, já passou por isso. Vale MESMO a pena?

Não são seus amigos, seu analista ou seu “amor” que vão responder essa pergunta. É você. E seja MUITO sincera consigo mesma, voltar é melhor do que ficar sozinha? Ficar sozinha pode abrir as portas para alguém incrível aparecer!

  1. Vale perder todas as conquistas de sua solteirice?

Você viu que é possível, sim, ser feliz sozinha e você é muito boa nisso. É claro que namorar é incrível e, às vezes, bate aquela tristeza “básica”. Mas a decisão de namorar – e voltar com aquele relacionamento – é tão séria quanto decidir comprar uma casa ou mudar de país.

  1. Todas as coisas ditas não poderão ser apagadas.

Lágrimas, ofensas e, em alguns casos, até mentiras. Não, não é novela mexicana: é sua vida amorosa. Pense com carinho!

  1. E a chance de não dar certo DE NOVO é imensa.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: