Reconquiste quem faz falta em sua vida com lindos poemas

Reconquiste quem faz falta em sua vida com lindos poemas
Avalie esse artigo

Muitas vezes surge aquela vontade de procurar alguém que já foi seu, mas você não sabe como. Muitas vezes você não sabe o que falar e é sobre isso que o artigo fala. Conheça alguns poemas que podem ser enviados para quem você ainda ama e quer tê-lo em sua vida novamente. Aproveite!

Primeiro poema de reconquista

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p’ra ela,
Mas não lhe sabe falar.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente…
Cala: parece esquecer…
Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
P’ra saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!
Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar…

Fernando Pessoa

Segundo poema de reconquista

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que leem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas da roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.

Fernando Pessoa

Terceiro poema de reconquista

Não sei quantas almas tenho
Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem achei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu ?”
Deus sabe, porque o escreveu.

Fernando Pessoa

Quarto poema para reconquistar

Não se Reconquista o Amor com Argumentos Não te esqueças de que a tua frase é um acto. Se desejas levar-me a agir, não pegues em argumentos. Julgas que me deixarei determinar por argumentos? Não me seria difícil opor, aos teus, melhores argumentos.
Já viste a mulher repudiada reconquistar-te através de um processo em que ela prova que tem razão? O processo irrita. Ela nem sequer será capaz de te recuperar mostrando-te tal como tu a amavas, porque essa já tu a não amas. Olha aquela infeliz que, nas vésperas do divórcio, teve a ideia de cantar a mesma canção triste que cantava quando noiva. Essa canção triste ainda tornou o homem mais furioso.
Talvez ela o recuperasse se o conseguisse despertar tal como ele era quando a amava. Mas para isso precisaria de um génio criador, porque teria de carregar o homem de qualquer coisa, da mesma maneira que eu o carrego de uma inclinação para o mar que fará dele construtor de navios. Só assim cresceria essa árvore que depois se iria diversificando. E ele havia de pedir de novo a canção triste.
Para fundar o amor por mim, faço nascer em ti alguém que é para mim. Não te confessarei o meu sofrimento, porque ele te faria desgostar de mim. Não te farei censuras: elas irritar-te-iam justamente. Não te direi as razões que tu tens para amar-me, porque não as tens. A razão de amar é o amor. Também não me mostrarei mais, tal como tu me desejavas. Porque tu já não desejas esse. Se não, amar-me-ias ainda. Mas educar-te-ei para mim. E, se sou forte, mostrar-te-ei uma paisagem que fará de ti meu amigo.

Quinto poema de reconquista

Existe dor em meu coração
A tristeza tomou conta de mim
Apossou-se dos meus dias
Da minha alegria
Da minha vida

Não tenho mais motivos pra sonhar
Daqui pra frente é só chorar
Não tenho motivos pra querer viver
O melhor seria esquecer

Mas… Não posso… Não consigo
Ainda esta muito cedo
As palavras ainda ecoam
Na minha mente

Estou assim
Com pena de mim
Mas isso eu não quero pra mim
Vou reagir

Tentar virar o jogo
Dar mais valor pra mim
Levantar minha cabeça
E depois fazer o que puder
Pra reconquistar você de volta
Pra mim.

Sexto poema de reconquista

Se possível fosse.
Se vc assim permitisse.
Todos os dias te reconquistaria.
Todos os minutos lutaria por seu amor.
Nem que fosse ao menos por um simples e breve sorriso.
Nem q fosse necessário fazer tudo outra vez amanhã.
Eu sei q por vc valeria a pena!
Eu acho isso é amor.

Último poema para enviar e reconquistar quem você tanto ama

Eu vou te reconquistar!
Eu não sei por onde você andava;
Mas, meu coração te procurava,
Desesperadamente pra te amar…
Eu não entendo porque fez isto comigo;
Me fez te amar e depois disse que seriamos amigos
Sinto muito isso para mim já não dá mais…
Foi um milagre eu ter te reencontrado;
E hoje quer que eu seja o teu namorado,
Depois de tantas estradas que eu andei…
Eu sabia que o nosso amor não estava perdido;
Me desculpe, mas, não podia ser o teu amigo,
Pois o meu amor por ti é grande é forte demais…
Eu não vim aqui para te provar nada;
Apenas vim para te fazer a mulher mais amada,
Eu prometo o seu amor reconquistar…
Agradeço ao destino por nos dar mais chance;
De nos amarmos e viver novamente este lindo romance,
Eu de ti não me afastarei, não te largo mais…
Somos almas gêmeas que foram separadas;
Nós dois sofremos nesta dolorosa e longa jornada,
Eu agora só quero viver este nosso grande amor…
E seja como, ou para onde for é do teu lado que eu estarei;
Antes caminhado a tua procura, me sentia um pobre escravo,
E ao estar do teu lado agora eu me sinto o mais nobre um rei…
Temos muito tempo ainda, temos a vida inteirinha;
Te farei minha princesa, para sempre a minha rainha,
Pois, foi para te amar demais que eu nasci…

Aproveite as dicas e reconquiste esse amor que foi tão especial em sua vida. Boa sorte!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: