Reconquiste seu amor agora mesmo! Evite o término do seu relacionamento

Reconquiste seu amor agora mesmo! Evite o término do seu relacionamento
Avalie esse artigo

Quando a gente se dá conta, nosso relacionamento não está mais como antes. Apesar de ser normal, essa mudança pode ser problemática quando a relação parece trazer mais momentos ruins do que bons.

Quase todo mundo fica numa dúvida interna, de que talvez tenha chegado ao fim e que é melhor colocar um ponto final na história.

Acontece que muitos dos problemas mais comuns que afetam os relacionamentos podem ser conversados, contornados e até evitados. Então antes de dizer ‘acabou’, dá uma conferida no texto abaixo e descubra se esse término também pode ser evitado:

– Conversar: quase que um santo milagroso Pode não parecer, mas existem muitos casais que deixam esse aspecto de lado e acham que relacionamento deve ser apenas à base de sexo e diversão, onde os problemas nunca são postos à mesa.

A gente precisa entender que a pessoa que está ao nosso lado é também nossa amiga, e que antes de tudo vocês devem se entender por meio das palavras. Vocês não precisam concordar sobre tudo e ter opiniões iguais, mas o diálogo deve procurar ser o mais honesto e sincero possível.

Se existem elementos que estão te incomodando na relação, não é preciso criar uma DR para discuti-los. Escolha um momento tranquilo e diga ao outro que quer conversar.

Com calma e sem levantar sua voz, explique a ele(a) quais atitudes você não está gostando, diga do que sente falta na relação, converse sobre a situação de vocês no momento. Pode não parecer, mas uma conversa sincera é capaz de lavar muita roupa suja.

Para os casais que estão juntos há bastante tempo, o tempo em si pode ser um problema. Com o passar dos meses, é normal que a chama da paixão dê uma apagada, a rotina e a preguiça se instalem e pronto.

Ver também: Dicas para reconquistar o marido e ter uma relação apaixonada novamente

Você passa achar que não o(a) ama mais. O amor, porém, é um sentimento que deve ser nutrido todos os dias, e não apenas no Dia dos Namorados.

Fica difícil fazer sua relação continuar a dar certo se você não é capaz de esquecer os erros que ele(a) cometeu, as mágoas que causou e as palavras tortas que disse. Todo mundo erra, e você não deve buscar a perfeição, mas sim aquilo que melhor funciona pra você.

– A bruxa da rotina: A rotina, apesar de trazer uma certa segurança, pode afundar seu relacionamento. Todos os casais reclamam dela, mas a maioria se acostuma quando ela se instala.

A dica é: assim que você percebe sua aproximação, pare de planejar. Vão a restaurantes diferentes, façam programas diferentes e busquem juntos novas atividades.

A sensação de novidade excita e traz aquele frescor que estava faltando. Ao invés de deixar para os finais-de-semana essa quebra de rotina, busque fazê-la durante a semana.

Lembrando que esse esforço deve ser mútuo e não partir apenas de uma das partes. Ambos devem querer salvar a relação.

– Não tenha medo de buscar sua própria felicidade: A gente sabe o quão delicioso é ter alguém pra nos ouvir desabafar, pra estar junto nos momentos bons e ruins.

Porém, ninguém pode ser responsável pela sua felicidade. Não culpe o outro caso você esteja infeliz. Busque, sem medo algum, ser feliz a sua maneira.

Seja ela saindo com os amigos, praticando um esporte, fazendo algum curso, ir ao cinema sozinho(a), viajar com a família. Diminua suas expectativas sobre aquilo que você espera que o outro faça, e você passará a dar mais valor para as coisas que ele realmente faz.

Uma relação só não tem mais como ser salva quando você olha pra pessoa e parece não sentir mais nada por ela. Não se culpe por isso. O amor tem dessas às vezes.

O importante é ser sincero(a) consigo mesmo e com a pessoa. É difícil terminar, mas é melhor do que empurrar com a barriga algo que não está mais te trazendo alegria nenhuma.

Dicas para evitar o fim do seu relacionamento

1 – Tenha (e mantenha) seu espaço

Pode parecer contraditório, mas não é. Por mais que vocês queiram ficar o tempo inteiro juntos, é essencial que cada um preserve seu lado como indivíduo. Se vocês fizerem sempre tudo junto, a sensação de sufocamento aumenta. Consequentemente, os conflitos também.

2 – Dialogue sempre

Qualquer coisa é motivo de conversa. Fale mais sobre seu dia, pergunte mais sobre o dia dele(a). Não deixe que o sentimento de camaradagem e amizade entre vocês diminua. Porque antes de namorados, vocês devem ser cúmplices.

3 – Faça-se feliz

Nunca espere que outra pessoa lhe fará feliz. Nós somos os responsáveis pela nossa própria felicidade! O outro vem apenas complementar esse sentimento. Então busque sempre fazer aquilo que lhe deixa feliz.

4 – Cuidado com a rotina

A tão temida rotina acaba se instalando hora ou outra. Rotina é uma coisa boa se não repetida com frequência. Não há nada de errado em querer ir ao cinema toda sexta-feira, mas que tal combinar o cinema com outros programas? Sejam criativos.

Com o passar do tempo, tendemos a ficar mais enxeridos na família do outro, achando que temos o direito de fazê-lo. Diferenças existem? Sempre. Mas aprenda a viver com elas e evite que elas atrapalhem sua relação.

6 – Não acumule mágoas

Brigas mal resolvidas podem ser o estopim para brigas bem feias. Pra evitar isso, procurem resolver na hora aquilo que incomoda ou magoa. É a história de “não ir pra cama brigados”.

7 – Palavras X Ações

Desculpas mostram que a pessoa ficou arrependida pelo o que fez. Mas elas não são a solução para tudo. Se você ou o outro não mostrarem com ações que as coisas mudaram, as desculpas começarão a perder o seu valor. Então aja mais.

8 – Parceria

Você e seu companheiro(a) devem ser parceiros, não como chefe e empregado. Ninguém manda em ninguém. Entenda que as pessoas são livres, mas que se existe amor, elas serão leais a você.

9 – Traição: acerte os ponteiros

Cada pessoa tem uma opinião diferente sobre o que é ou não traição. Conversem e partilhem suas opiniões sobre isso antes que um de vocês faça algo que o outro considere traição.

10 – Não perca o romantismo

Se no começo vocês trocavam cartas e faziam declarações(mesmo a mais singela delas) um para o outro, não deixe que o tempo anule isso. São essas coisas que trazem a sensação do começo lindo e florido de uma relação.

11 – Faça a pessoa querer

Acredite: homens e mulheres comprometidos pensam(vez ou outra) sobre os prós e contras de namorar. Então faça seu relacionamento valer a pena! Elogie, incentive, brinquem mais, conversem mais e façam mais sexo.

12 – Não descuide da aparência

Ela é a chave para coisas importantes, como o tesão e a vontade de fazer sexo. Tenha amor próprio e procure aumentar sua auto estima. Cuide de sua alimentação e faça exercícios.

13 – Amor não anda só

Amor recíproco é essencial, mas ele não faz um relacionamento andar sozinho. É preciso lealdade, atenção, carinho, cuidado, sexo, companheirismo.

 14 – Colhe-se aquilo que se planta Isso serve para agricultura e para relações humanas.

Quer ser bem tratada? Trate os outros bem. E isso inclui não só seu namorado(a), mas os amigos dele(a), a família dele(a), o garçom, o motorista.

15 – Pegue leve e brigue menos

Certas atitudes não mudam. A meia vai ficar no meio da sala por mais que você implique com isso. Então relaxe mais e evite brigar por coisas idiotas e que não merecem atenção. Brigas desgastam e só podem piorar tudo.

Então esqueça as rosas um pouco e foque nas palavras. Elogie mais, escreva bilhetinhos (não precisa espalhar pela casa) apaixonados e simples, faça uma carta de amor, escreva um cartão e coloque-o junto a um presente…

Já os homens adoram quando são surpreendidos com um cafuné ou com uma pegada mais quente num momento em que eles não estão esperando por isso. Dito tudo isso, comece a prestar mais atenção ao seu redor e procure entender seu parceiro (a) apenas pelo olhar que ele (a) lhe lança.

Além disso, esforce-se para fazer jus a todas as promessas e afins que você já fez a ele (a). O poder da ciência Pois é, existem muitos estudos científicos sobre o amor e tudo mais.

Fizeram uma pesquisa dizendo que, caso queira dar uma pitada de romantismo a sua relação, nada de jantar romântico. O ideal mesmo é que vocês andem de montanha-russa ou assistam a um filme de terror.

Isso porque essas duas atividades liberam hormônios como adrenalina, um dos hormônios também presentes no comecinho de um relacionamento. O poder de passeios diferentes.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: