Saiba como amar mesmo nas dificuldades

Saiba como amar mesmo nas dificuldades
Avalie esse artigo

É bastante possível amar alguém no momento em que este indivíduo é uma apresentação exata e ideal dos nossos anseios, no momento em que este indivíduo nos preenche o buraco e toda vez, constantemente está então fazendo de tudo por nós.

Complicado é amar no momento em que as coisas não vão bem, no momento em que o outro está indisposto e hoje não conseguiu nem sequer te desejar um bom dia visto que não dormiu profundamente bem à noite e a semana não está sendo das mais perfeitas.

Complicado é amar alguém após uma alteração, no momento em que os ventos sopram contrários e você apenas pode realizar uma prece, como quem não possui mais argumentos.

Ver também: DESCUBRA 06 TRUQUES QUE HOMENS TÍMIDOS USAM PARA SE APROXIMAR DAS MULHERES

É inclusive bastante complicado amar no momento em que o outro possui complicações e a gente necessita ser muralha e não atrapalhação, no momento em que o inverno chega e você necessita ser abrigo, necessita ser aba.  Complicado é amar o outro no momento em que o riso insiste em se ocultar e o choro persiste em aparecer.

Como é complicado afixar as mãos no momento em que o orgulho se faz presente e abraçar o outro como quem lhe desculpa um desacerto. Complicado é amar o outro no momento em que a agitação vem e parece não desejar abandonar, no momento em que o café esfria e você não sabe como aquecer.  Complicado é olhar nos olhos do outro e ter clemência, inclusive após tantos equívocos, inclusive com tantos tombos.

É complicado respirar fundo e permanecer amando após uma palavra que fere, no momento em que, na realidade, estávamos precisando de um toque acolhedor.  O amor é um acúmulo de imperfeições. Sabemos da impenetrabilidade de nossas palavras, de nossas atitudes, porém, às vezes, na maior parte das vezes, não conseguimos avaliar isto e acabamos afogando o outro com as nossas ondas.

É possível amar o outro no momento em que ele nos oferece tudo, no momento em que o outro é constantemente aconchego e o alegria está constantemente presente. Complicado é amar na agitação, no momento em que a chuva não quer abandonar, no momento em que os ventos estão fortes e você necessita agarrar a mão do outro como quem está ali para ser um abrigo sem riscos, inclusive não sendo tão forte dessa maneira.

Se há orgulho, desculpe-me, porém não é amor. Se não possui calma, eu repito, não é amor. Se as palavras são grosseiras e o timbre de voz parece reforçar por qualquer coisa, eu insisto em dizer, não é amor. O amor é paciente, o amor é altruísta, o amor não se ira fácil.  É complicado, efetivamente, absorver nosso orgulho e aceitar que erramos. Como é complicado olhar nos olhos do outro e solicitar desculpas, em entoação de reserva.

É complicado ter calma e tranqüilidade, no momento em que estamos cansados, fartos e sobrecarregados, no momento em que qualquer gemido pode ser o começo para fazê-lo detonar. É complicado proporcionar ao outro aquela coisa que precisamos, é complicado compreender que hoje, realmente, não é um dia bom, porém efetivamente, eu vou ficar aqui com você.

É complicado abandonar aquela saída com os colegas visto que hoje você não acordou bem e eu sei que, mesmo você dizendo “pode ir”, você quer que eu fique aqui.

É complicado, efetivamente, compreender que o outro é distinto e mais complicado também é amar NAS diferenças. Em conceito, tudo parece difícil e distante de ser existente, porém, no momento em que a execução funciona, você acha o quão belo é amar, o quanto a gente cresce, amadurece e aprende a se conceder cada vez mais, a cada dia um pingo mais.

Você aprende que amar é constantemente ser mais e de modo algum ser pouco. E que o outro ocupa um espaço que não pode ser integrado por ninguém mais.  E, por isso, você acredita que o outro, nas suas imperfeições, é o seu encaixamento perfeito.

Não se esqueça do básico

Trate seu parceiro como você trataria qualquer outro pessoa que atravessasse seu caminho, no trabalho ou num restaurante, que é com agrado e respeito. Constantemente, os casais se pegam tão atraídos pela fúria, que se esquecem do comportamento civilizado mais básico.

Se não é aceitável que você grite e como palavras duras a um desconhecido, na ala do mercado, por que por isso você faria isso com seu parceiro, que na realidade, como seu camarada de vida, merece a maior consideração? Tenha em mente que seguir as regras básicas da ação civil pode proteger-se que pequenas discordâncias se transformem em brigas acirradas e instaurem uma crise no casamento.

Coloque as coisas em entendimento

Uma abordagem popular aos aborrecimentos da vida, em tempos recentes, tem apresentando com o bordão, “não perca tempo com pouca coisa”, e se você inaugurar a adaptar isto em seu dia a dia de casada, irá ver que pode realizar a diferença.

Pergunte a si mesma se de fato é fundamental que seu companheiro não tenha guardado os vasos de cerâmica no local adequado, no momento em que na realidade é perceptível que ele lavou a louça. Constantemente é melhor deixar as coisas pequenas se resolverem sozinhas, uma vez que, qual é o valor de se possuir uma casa perfeitamente organizada, se isto envolve tantas brigas?

Evite envolver os demais

No jogo da competência marital, é bastante possível abranger outras pessoas. Familiares, colegas próximos e crianças, especialmente, são constantemente levados a tomarem lados.

Em casos de pequenas desavenças, os colegas são capazes de agir como mediadores, porém a longo tempo, tal abordagem de modo algum é recomendada ou efetiva. Esse é seu casamento e todos os aborrecimentos apenas serão resolvidos no momento em que os 2 assumirem a responsabilidade.

Peça apoio profissional

Por outro lado, se você acha improvável solucionar a crise no casamento entre vocês e que as brigas estão o levando ao ponto da desagregação, a única maneira de consertar seu relacionamento é buscar apoio profissional.

Distinto dos colegas e familiares, somente um guia ou terapeuta pode resultar uma aparência decidida aos aborrecimentos que afetam seu casamento. Mais do que isto, um profissional pode auxiliar a os dois se comunicarem entre si e encontrarem o caminho de volta a um relacionamento que os complete.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: