SAIBA COMO DIFERENCIAR UM AMOR REAL DE UM AMOR SUPERFICIAL

SAIBA COMO DIFERENCIAR UM AMOR REAL DE UM AMOR SUPERFICIAL
Avalie esse artigo

O que sempre buscamos na vida é por alguém que possa compartilhar conosco uma vida, ou seja, um amor que seja real e não superficial.

Levante a mão quem nunca sofreu por um amor platônico ou não correspondido. Dificilmente alguém vai levantar a mão. Cada um de nós temos um caso ou história para contar que deixou o nosso emocional em pedaços.

A verdadeira questão é se o amor era ou não verdadeiro. Como sabemos se estamos sofrendo por algo que era real e não apenas uma paixão passageira? A verdade, entretanto, é que apenas uma análise bem detalhada do que estava acontecendo é o que pode te dar a resposta.

Sempre tenha em mente que você pode ter tido algo que fosse superficial, mas que por ser recente dói tanto. Não temos como definir a dor por deixar o nosso parceiro ir, mas temos que entender qual era a real situação: o amor era verdadeiro ou não?

Entretanto, o que esquecemos em muitos casos é que o amor verdadeiro nos encontra e não é nós que encontramos ele. As características do amor verdadeiro são: conforto, compaixão, confiança e lealdade.

Porém, o amor superficial pode aparecer como um amor real sem que a gente de conta do que está acontecendo, sendo ele um inimigo mortal, que nos faz sofrer sem razão.

Ver também: Engravidar para segurar o relacionamento vale a pena?

NO COMEÇO NÃO CONSEGUIMOS DIFERENCIAR

Nunca vamos ser as pessoas mais experientes, mas vamos carregar uma bagagem de experiências. É impossível não ter alguma experiência no amor. Sendo assim, nas primeiras experiências temos que ter cautela e manter os pés no chão, sem imaginar o casamento logo no segundo encontro.

É automático as fantasias que criamos ao nos sentir apaixonados. Não é por isso que devemos nos manter frios e distantes de qualquer sentimento, mas sim aprender a controlar e dar um passo de cada vez.

Uma coisa é fundamental para conseguirmos diferenciar o que é estar apaixonado de estar amando. O amor tem três fases: a luxúria, a atração e por fim, o apego.

O primeiro estágio, ou estágio da luxúria, é basicamente os impulsos dos hormônios e o desejo que cresce. O segundo estágio, ou estágio da atração, já é caracterizada pelo fluxo de sangue para o centro de prazer do nosso cérebro. Esse fluxo de sangue corrente no centro de prazer causa uma fixação pela pessoa e se persistir, temos o apego.

O amor não é ficar buscando a si mesmo dentro de alguém, mas sim a olhar para o horizonte em conjunto.

COMO SABER SE É AMOR VERDADEIRO OU UM AMOR SUPERFICIAL?

Para obter essa resposta, depende de quais são as circunstancias que você vive. São elas que vão determinar se você vai ter sucesso ou vai falhar em algum relacionamento.

Vale salientar que como qualquer ser humano, precisamos sofrer por mudanças e escolher entre as opções que nos são apresentadas. É através do crescimento pessoal (que ocorre através das escolhas e mudanças) que vamos desvendar quem somos verdadeiramente.

Como sempre acontece, a vida e seus eventos, incluindo o seu companheiro, vão testar você a ponto de revelar o seu verdadeiro interior, buscando sempre mostrar quem você verdadeiramente é.

Esses testes sempre vão focar no seu amor: se ele é verdadeiro e genuíno ou mais uma paixão superficial.

Os testes que a vida vai te dar geralmente estão baseados em distância: se você conseguir uma vaga em uma faculdade em outro estado, um emprego melhor do que o seu em outro país ou ainda um intercâmbio. Basicamente algo que te tire do lugar onde você mora por um período de tempo, determinado ou não.

Só através da distância que podemos ter certeza se o amor era real ou não. Se ele resistir ao tempo e a distância, permanecendo firme não importa o que aconteça, certamente você está vivenciando um amor verdadeiro.

Como já dizemos, o amor é olhar para o horizonte de forma conjunta. Saber que o outro vai passar por um processo de crescimento pessoal e que é necessário esse crescimento é como uma base para qualquer relacionamento.

Lembre-se que a partir do momento em que vocês são um casal é necessário que você busque olhar para o futuro de uma forma complementar a do seu companheiro, buscando pelos mesmos objetivos no futuro.

Segundo estudos, o amor cresce pelo o que temos dentro de nós mesmos, ou seja, toda a nossa base. Como exemplo podemos citar os nossos valores, personalidade, caráter, entre outros. Todas essas características são as que nos fundamentam, as que dificilmente vão mudar o que somos, independente das nossas mudanças e crescimento pessoal.

Quando sentimos que é amor devemos usar de todas as formas possíveis o que nos torna humanos, aquilo que constrói nossa personalidade. Obviamente que devemos respeitar as diferenças que são mais comuns e nos dividem em grupos, como etnia, religião, tradições, entre outros.

Mas o importante mesmo é nos aceitarmos como somos para poder ter alguém que preencha os nossos corações, e não depender de mais pessoas que somem ao vazio de quando não nos conhecemos.

POR FIM:

Para identificar a diferença entre os dois tipos de amores que existem, você precisa se aceitar e se identificar em primeiro lugar. Amar é mais do que esbanjar com presentes caros que mostrem a todos o que você sente pela outra pessoa.

Amar é saber que aquela pessoa está ali e que ela está integrando a sua vida da melhor forma possível: para crescer junto com você e passar por todos os obstáculos que a vida apresenta.

É bom salientar que mudanças acompanhadas de desafios e relacionamentos são importantes num sentido positivo. Elas sempre vão ajudar o casal a crescer como sendo um só. Na jornada da vida devemos encontrar alguém que sempre vá nos apoiar e que nos enriqueça sempre mais, independente da situação.

Se você perceber que não é isso o que acontece, mas sim situações em que há um certo abandono afetivo, falta de apoio ou ainda um sintoma mais sério que seja o contrário do que dizemos durante o texto, o amor era superficial.

Somente quando há o apoio e o interesse dos dois em seguir sempre na jornada da vida é que o amor é real.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: