Saiba como remover corretamente a máscara para cílios

Saiba como remover corretamente a máscara para cílios
Avalie esse artigo

 

Quem usa maquiagem no dia a dia sabe que é essencial retirar todos os produtos que foram usados ao final do dia, o que garante a saúde da pele, pois ajuda a fazer com que ela respire.

No entanto, muitas mulheres acabam por não retirar a maquiagem do rosto do modo como ela realmente deve ser retirada, o que pode resultar em resíduos que, embora não sejam visíveis a olho nu, podem causar vários danos para a saúde cutânea.

Além, disso, é importante ressaltar que há vários tipos e espessuras de maquiagem, o que requer técnicas variadas na hora de alcançar um resultado ideal na sua remoção diária.

Maquiagem para os olhos

A área dos olhos merece uma atenção pra lá de especial ao remover a maquiagem. Por isso, é muito importante prestar a devida atenção ao produto que é utilizado na hora de demaquilar a área.

Isso porque os olhos são muito sensíveis e podem vir a se irritar mais facilmente do que as outras partes do corpo.

Ver também: Moldura perfeita: descubra como enfatizar ou disfarçar traços do rosto 

Produtos difíceis de serem removidos

Um dos produtos que mais apresentam resistência na hora do contato com o demaquilante são os diversos tipos de máscaras para cílios.

Não é incomum notar que, mesmo após esfregar tanto a área (o que não é lá muito recomendado) e aplicar o demaquilante várias vezes, as camadas de máscara ainda ficam presente nos cílios, o que faz com que muitas mulheres optem por tirá-las até mesmo com as mãos e unhas (o que não é recomendado, pois pode, além de arrancar, tornar os cílios mais fracos, impedindo o seu crescimento correto e fazendo com que eles fiquem bem mais finos).

Por isso, é essencial fazer uma pesquisa mais elaborada no que diz respeito a remoção devida da maquiagem na rotina diária, principalmente na área dos olhos.

A seguir, algumas dicas poderão ser de grande utilidade quando você vier a se deparar com certa dificuldade para remover a sua máscara.

Remoção adequada de máscaras à prova d’água

Há muitas máscaras que, por serem à prova d’água, são mais resistentes ao suor e ao choro, por exemplo, o que faz com que as mulheres as tenham como as queridinhas na hora da compra.

Esse fator é realmente muito interessante e contribui para uma durabilidade bem maior do produto no rosto. No entanto, retirá-la antes de dormir requer cuidados específicos, justamente devido às suas propriedades, que são bem mais resistentes.

Por isso, prefira demaquilantes específicos para a região dos olhos e que, de preferência, sejam bifásicos, que contém óleo na sua fórmula, ajudando esse tipo de máscara a sair com uma facilidade bem maior. Retirar totalmente esse tipo de máscara dos cílios irá evitar que eles possam ficar fracos ou quebradiços no futuro.

Para cílios curvados, use as máscaras com cerdas arqueadas

Quem procura o resultado de cílios bem mais curvados, no melhor estilo boneca, geralmente opta por máscaras cujos aplicadores possuem uma determinada forma.

No entanto, esse tipo de máscara pode conter agentes que endurecem com o contato, o que causa a impressão de que as pestanas estão bem mais curvadas do que o normal.

Caso a máscara não seja à prova d’água, demaquilantes específicos para a área dos olhos são os mais indicados. No entanto, eles não precisam ser bifásicos.

Máscaras para volume

Esse tipo de máscara tende a ser facilmente removível com água morna. Ele contém peptídios e aminoácidos, que dão um efeito de cílios mais grossos e densos, além de dar a essa área um aspecto mais hidratado.

No entanto, embora essas pareçam ser as máscaras mais resistentes à remoção, não é bem assim. Esse tipo pode ser retirado facilmente com o auxílio de água morna, na hora do banho, antes de dormir.

A dica é, ao invés de esfregar os olhos, o que pode causar irritações e permitir que certas partículas do produto entrem no interior das pálpebras, usar uma bola de algodão embebida em água morna.

Isso irá tornar a remoção, além de bem mais saudável, muito mais prática e suave para essa área. Lembre-se de remover bem a máscara! 

Use lenços demaquilantes

Para as máscaras que não são à prova d’água, os lenços demaquilantes também são uma boa pedida, além de serem super práticos.

Para aplicá-los corretamente, basta colocá-los sobre os olhos, sem fazer muita pressão, e arrastá-los lentamente rumo à parte externa.

Isso fará com que todos os resíduos da máscara saiam dos olhos e a saúde dos cílios se mantenha intacta. Use quantos lenços achar necessário.

Confira alguns tipos de demaquilante

Caso você esteja na dúvida sobre qual tipo de demaquilante é o melhor para cada tipo de pele, aqui vão algumas dicas que podem ser bem úteis.

  1. Demaquilantes em creme

Esses são ideais para quem tem a pele mais seca ou mais madura, pois possuem um alto teor de hidratação, que ajudam na hora de manter a pele do rosto hidratada e previne que a maquiagem venha a craquelar durante o dia, principalmente caso você também use um bom hidratante na hora de preparar a pele.

No entanto, quem tem a pele oleosa deve evitar esse tipo de demaquilante, pois ele apenas aumenta esse aspecto e dá mais brilho para a pele (que não precisa de brilho extra).

  1. Demaquilante oil-free

Para quem tem pele oleosa, o essencial é usar um demaquilante que seja livre de óleo em sua fórmula, sendo à base de água. Ele é essencial para quem busca tirar a maquiagem sem deixar o aspecto oleoso da pele ainda mais ressaltado.

Hidratantes oil-free também são altamente indicados para esse tipo de pele, hidratando-a de forma moderada e saudável.

  1. Demaquilante bifásico

Esse demaquilante já é indicado para peles mistas a normais. Ele possui a mesma função dos demais demaquilantes, removendo a maquiagem enquanto hidrata a pele.

  1. Demaquilante em lenço

Esse tipo já é indicado para quem tem a rotina mais corrida, sendo ótimo para carregar na bolsa. Ele retira a maquiagem de forma simples e eficaz, sendo possível encontrá-los em versões recomendadas para todos os tipos de pele.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: