Saiba qual cerda da máscara de cílios e rímel é ideal para você

Saiba qual cerda da máscara de cílios e rímel é ideal para você
Avalie esse artigo

 

 

O rímel é um item indispensável para turbinar e arrematar qualquer produção. As máscaras de cílios destacam o olhar deixando-o mais penetrante e não podem faltar na bolsa de nenhuma mulher.

Por conta disso, cada vez mais os produtos prometem resultados melhores e que ressaltam os mais diferentes olhares. A indústria da beleza tem se tornado cada vez mais democrática as diferentes raças e traços pessoais, e isso reflete diretamente na qualidade e variedade de uso que seus produtos possuem.

Como não é de se estranhar para um item de maquiagem, a aplicação do rímel também possui um processo: a pele deve estar limpa e tonificada antes da aplicação, assim como os cílios e o produto deve ser aplicado de baixo para cima com leve movimento de zigue-zague para separar os fios.

Um truque da maquiadora Paola Ribeiro: “Primeiro coloco bastante máscara com a ponta do aplicador e depois venho penteando os fios. Isso garante cobertura mais homogênea”, também é uma opção. Essa etapa, como qualquer outra etapa de maquiagem, exige prática para a perfeição.

Ver também: Prazo de maquiagem: quando devemos eliminá-las! 

Vá para frente do espelho e veja a melhor forma de obter um resultado impactante e bonito com as suas máscaras. Na hora de comprar, abra o produto e veja o aplicador, sinta a fórmula com as mãos (não aplique o produto direto nos olhos por questão de saúde e higiene), e se puder veja uma vendedora que esteja usando o produto.

Em relação a cor, podemos dizer que a preta é a unânime na aplicação, pois é a com efeito mais dramático e cada vez mais empresas têm investido em fórmulas para que esse tom realce o olhar e buscam o “preto perfeito”.

Como toda regra, aqui temos uma exceção, a realidade é que o preto não é unanimidade, as peles mais brancas e as ruivas podem ter o problema dos cílios pretos ficarem muito artificiais, então o marrom é uma boa opção.

Em alguns casos é possível usar uma fórmula com tonalidade cinza. Se você quiser fazer um mix de cores, já vale a dica para qualquer olhar, preferencialmente para a noite: aplique um rímel azul escuro bem na pontinha dos cílios para fazer um jogo de cor e iluminar o olhar.

Os efeitos prometidos são os mais variados possíveis e você deve conhecer bem seus cílios para saber qual o efeito que melhor se adequa ao seu rosto.

#cílios retos:

Esse tipo de fio dificulta o efeito curvado e volumoso que muitas fórmulas podem proporcionar. Para esse formato de cílio, as máscaras mais indicadas são as de longa duração, para que o efeito inicial bonito dure a maior quantidade de tempo.

Para aplicar comece com o curvex nos cílios limpos e depois de curvados, aplique o rímel de longa duração e pode repetir o processo algumas vezes, passando diversas camadas – sempre cuidando para evitar o efeito de cílios colados e com gruminhos. Não caia na tentação de usar o curvex depois de aplicar a máscara, pois isso só danificará os fios e deixar o efeito artificial.

#cílios curtos:

os fios curtos podem dificultar a aplicação do rímel, tendendo a sujar a pálpebra pelo comprimento dos cílios. Dessa forma, para esse tipo de cílio é importante atentar para o aplicador da máscara.

Máscaras de escovas menores devem ser as escolhidas sempre. Porém os pincéis com formato de ouriço, que parecem muito complicados, são também muito indicados, pois são feitos para preencher qualquer tipo de cílio e são capazes de alcançar qualquer fio.

Com cerdas fluídas e aplicador completamente esférico que podem ser aplicados nos cílios superiores e inferiores. Os cílios inferiores muitas vezes sofrem com o efeito Emília, principalmente se o pincel não for o correto e para essa área os formato de ouriço também são bem indicados.

#cílios claros:

Loiras e ruivas tendem a ter os fios dessa região em tonalidades mais claras e, às vezes, praticamente invisíveis, e por isso o resultado da máscara de cílios preta fica muito artificial. O interessante aqui, para evitar esse efeito, apostar em fórmulas mais claras, como as marrons ou cinzas e, para dar um destaque ainda maior, a tonalidade preta pode ser usada apenas nos cílios superiores e nos inferiores aplicar a tonalidade mais clara.

#cílios finos:

Esse tipo de cílio também pode ser quase imperceptível e a forma de destaca-los é cair dentro das máscaras de fórmulas bem escuras e espessas. As fórmulas que promovem volume são mais grossas e os aplicadores devem preencher todos os cílios e possuírem os pincéis mais grossos e, de preferência, com uma leve curvatura, garantindo que todos os fios sejam preenchidos devem ser as características do produto que seja escolhido para esses tipos de cílios.

Mesmo com a melhor máscara, vale a pena aplicar várias camadas para dramatizar bastante o olhar. No final, para retirar os efeitos gominhos e separar os fios, use uma escovinha limpa com os cílios ainda molhados. Existem hoje vários tipos de máscara e as em 2 passos são muito boas também para isso, pois dão volume aos fios e os separam.

#cílios longos:

para esse tipo de cílio, que já são longos, a dica é investir nos aplicadores e fórmulas que curvem os cílios e dê volume. Para o efeito de cílios curvados, basta aplicar o curvex e em seguida camadas da máscara de cílios de efeito curvado. Se você tem alguma dúvida sobre qual é o aplicador dessa máscara, são aqueles de fato curvados, com o formado de olhos amendoados.

#cílios volumosos e bagunçados:

Muitas vezes os cílios que possuem volume natural possuem fios bagunçados, de forma que ao aplicarem máscaras para cílios, eles fiquem mais grudados que o normal. E quanto mais camadas aplicadas, pior vai ficando a situação. Para evitar toda essa lambança, aposte em máscaras que possuem aplicadores que separam bem os fios, como os que os separam bem com cerdas bem pequenas – “quanto menores as cerdas, mais separados os cílios irão ficar” (Sephora), ou os aplicadores extra volumosos e mais firmes, que proporcionam a separação dos fios completos na aplicação. Nesse caso também é interessante atentar para a textura da fórmula. Prefira fórmulas mais suáveis, como as de efeito mousse, e com boa fixação.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: