Saiba se você realmente quer casar

Saiba se você realmente quer casar
Avalie esse artigo

Muitas pessoas que entram em um relacionamento pensam como será o futuro do casal. Ninguém quer namorar para terminar, mas nem sempre é fácil decidir se quer ou não casar, se realmente está pronta para esse novo passo. É preciso ter certeza sobre isso porque muitas vezes o casamento acaba porque nenhum dos dois estavam preparados para essa situação. Então é preciso ter muita segurança e certeza que não vai meter os pés pelas mãos ou até mesmo porque muitas pessoas fiam cobrando quando isso vai acontecer. Quem deve saber sobre isso é vocês.

Não é fácil perceber se já é hora de você se casar. Existem muitas coisas que influenciam nessa decisão, e isso tudo tem que ser olhado calmamente. Não adianta querer tapar buracos com o casamento. Muito menos querer se casar só para agradar os outros. Só que é difícil entender até que ponto estamos realmente fazendo nossa própria vontade, e até que ponto estamos seguindo o que é tido como “correto”. Aqui nós separamos seis dicas que vão ajudar a direcionar seu pensamento. A intenção é que com elas, você possa refletir e entender mais sobre seus desejos interiores. Pense sobre cada tópico com calma, e convide seu namorado/noivo a fazer essa reflexão também. Vamos lá!

Decidir sobre o casamento

1. Você quer se casar?

Por mais óbvia que possa parecer essa pergunta, ela não é. O primeiro passo para se refletir sobre o casamento, é refletir sobre a sua vontade. Sem levar em conta o que sua mãe deseja pra você, ou o que seu namorado quer. Pense calmamente, e, de preferência sozinha, sobre essa questão principal. Hoje em dia, você tem o desejo de se casar? Não só o desejo de viver a cerimônia religiosa, ou de assinar os papeis no cartório. É um desejo seu viver ao lado de uma pessoa, compartilhando momentos bons e ruins? Essa pessoa é a que te acompanha nesse momento? Também não é interessante se casar só porque esse é o seu sonho desde nova. A nossa mente muda, nossos sonhos também podem mudar, e o seu não precisa permanecer o mesmo. Não se prenda a isso, e nem a questões como idade, gravidez, etc.

2. Qual é o objetivo desse casamento?

Depois de pensar se é um desejo seu se casar, pense em qual seria o objetivo desse casamento. Não busque o casamento como forma de preencher outros vazios na sua vida. E não se envergonhe desses vazios. Todo mundo tem aspectos na vida pessoal que precisam ser melhor trabalhados. Sejam eles de carência, baixa auto-estima, ou até mesmo dificuldades financeiras. O problema surge quando o casamento é tido como uma forma de “tapar” um buraco. E nesses casos, o que acontece é que, alem de não se resolver o problema principal, ainda cria-se um problema secundário. O casamento que surge para resolver outro problema acaba, com o tempo, se desgastando e trazendo infelicidade ao casal. A hora de você se casar é quando o seu desejo for esse, sem influencia de outros problemas.

3. Vocês dois têm independência financeira?

É muito importante que, alem de estarem certo sobre esse ser o desejo de vocês, isso seja possível financeiramente. É interessante que vocês faça simulações de quais seriam os gastos de vocês com aluguel, luz, água, transporte, etc. Façam isso antes de se decidirem sobre o casamento, e levem em conta quão estável é o emprego de vocês. Imprevistos podem acontecer, e trazer gastos não calculados antes. Porem, para saber se é a hora de você se casar, é importante que a maioria dos gastos previsíveis sejam contabilizados.

4. O seu futuro marido quer isso tanto quanto você?

No casamento, as duas partes têm que concordar que desejam isso. Alem disso, é importante que você perceba qual é o real desejo do seu namorado/noivo. Se ele aceitou isso só pra te satisfazer, pode ser que uma hora o casamento venha sofrer efeitos dessa decisão forçada. É preciso que vocês conversem bastante sobre o assunto, e cheguem numa conclusão que seja agradável aos dois, e que depois isso não vire motivo para enfraquecimento do casamento de vocês. Deixe que ele pense bastante sobre isso, e deixe claro que não é do seu interesse que ele aceite se casar só para satisfazer a sua vontade. O casamento deve ser uma vontade dos dois, para que possa também ser um avanço para os dois. Algo que os dois vão estar dispostos a lutar e trabalhar para manter.

5. Vocês dois conseguem conversar abertamente sobre isso?

O casamento já deixou de ser um tabu há muito tempo. É preciso que esse seja um assunto que vocês consigam conversar abertamente, analisando prós e contras de se casarem. Tentem desconstruir essa visão romantizada do casamento, em que tudo acontece da forma que tem que ser, e, sem nenhuma conversa, tudo dá certo no final. Isso não existe na vida real. É preciso que haja muito diálogo, e abertura das duas partes, tanto pra ouvir, quanto pra falar quando for o momento. Se vocês ainda tem certos bloqueios para conversarem abertamente pessoalmente, pode ser que ainda não seja a melhor hora de você se casar.

6. Você acha que é hora de você se casar?

Além de ter o desejo de se casar, e de todos os outros tópicos que você leu acima, é interessante que você se pergunte. Você sente que é hora de você se casar? Você se sente preparada para enfrentar os desafios do casamento, se sente madura e independente suficiente para isso? Para ajudar a responder esse questionamento, também é legal que você pesquise sobre o casamento. Leia, pergunte às pessoas de confiança, procure saber tudo que envolve o casamento. É claro que mesmo com toda a teoria que você conseguir juntar, a pratica vai ser diferente e desafiadora. Porém, quanto mais você souber sobre o casamento, mais você vai poder pensar se é isso que você quer, e se você está preparada.

Não tenha pressa ao tomar essa decisão. E lembre-se de envolver seu namorado/noivo nesse processo, para que ele também possa refletir e se decidir.

Boa sorte!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: