Saiba superar as crises no seu relacionamento

Saiba superar as crises no seu relacionamento
Avalie esse artigo

Muita gente me pergunta sobre como superar as crises no relacionamento. Hoje eu vou te mostrar a história real de superação de uma aluna. Cleide Cardoso conta como saiu de um relacionamento abusivo e possessivo e recomeçou sendo mãe solteira.

Você viu no vídeo que ela passou por muitas fases e conseguiu se tornar uma mulher muito melhor, com uma autoestima incrível e isso influenciou tanto no novo relacionamento dela como na criação dos filhos.

Muitas mulheres me procuram e contam que passam pela mesma situação, é por isso que resolvi criar este artigo, para que a gente possa conversar melhor sobre esses assuntos e para que você, caso esteja em uma situação parecida com a da Cleide, saiba como como superar as crises no relacionamento e possa sair dessa de uma vez por todas!

Quando o relacionamento cai na rotina

Eu já falei aqui no blog sobre algumas maneiras, digamos, excitantes para sair da rotina… Mas e quando o problema é realmente mais sério? Porque, vamos combinar, depois de um tempo é normal que o relacionamento não seja mais o mesmo do começo. Isso não tem nada a ver com o fato  vocês deixaram de gostar um do outro, ou que vocês querem procurar outras pessoas, mas simplesmente o que dava frio na barriga no comecinho do namoro agora já não faz mais tanta diferença…

Os beijos mais quentes já não fazem mais parte da vida de casal, vocês só dão um selinho para se despedir. Um já não faz mais questão de se arrumar para o outro. Os jantares românticos, o cinema a dois, os amassos no sofá… Tudo isso ficou para trás?

Eu acredito que o trabalho para mudar o relacionamento e sair da rotina deve ser dos dois. Afinal, os dois devem trabalhar para sair desta situação. Porém, alguém tem que começar. Nós mulheres, normalmente, temos mais facilidade de expor nossos sentimentos. Os homens normalmente são mais fechados e têm mais dificuldade em admitir que algo está errado. Que tal, então, você começar a tomar algumas atitudes práticas? Eu tenho certeza que ele irá perceber a mudança e ficará motivado a mudar algumas coisas também.

Então você me pergunta: “Cátia, como superar as crises no relacionamento e a rotina?”. Caso vocês tenham a chance, sentem para conversar sobre a rotina que atingiu o relacionamento de vocês. Conversem sobre o que podem mudar, sobre o que gostariam de voltar a fazer e tentem fazer pequenas mudanças. Com o decorrer do tempo, as mudanças irão parecer mais naturais.

Dicas práticas para sair da rotina

– Surpreenda: seja criativa na cama, ouse em uma lingerie nova, proponha sexo em novos lugares, leve-o para fazer um programa em casal que vocês não fazem há um bom tempo, planeje uma viagem…

– Cuide da sua autoestima: nada melhor do que sentir-se linda, e isso não depende do seu parceiro! Certamente ele irá perceber quando você estiver se sentindo confiante! Cuide de você mesma, deixe aquele pijama folgado de todo dia de lado por um tempo e veja como isso pode trazer mais efeitos do que você imagina!

– Diálogo: converse sobre as dificuldades que vocês têm, as coisas que vocês gostam de fazer juntos, sobre como um gosta quando o outro faz determinada coisa… Nada melhor do que um entender o outro para que vocês possam melhorar juntos.

– Toys: o sexo também caiu na rotina? Que tal apostar em brinquedinhos? Eu tenho certeza que vocês vão, no mínimo, se divertir!

Como identificar se você vive um relacionamento possessivo

Quando você está um relacionamento possessivo tudo o que era bom pode ficar difícil e desafiador. Um parceiro possessivo compromete sua relação com seus amigos, sua família, seu trabalho… O problema é quando você acha que o fato de ele demonstrar um ciúmes além do normal é um sinal que ele gosta de você. Ciúmes no relacionamento (em pequenas doses) é bastante normal, mas quando as coisas começam a sair do controle é preciso ficar atenta!

Veja 6 sinais de alerta de possessividade nos relacionamentos:

  1. Você sempre tem que dar explicações de onde está
  2. Ele te manipula com o comportamento dele
  3. Ele quer assumir o controle de várias áreas da sua vida e tomar as decisões por você
  4. Ele tenta te isolar das pessoas que você conhecia antes dele
  5. O ciúmes que ele tem é fora do normal
  6. Ele não acha que “cada um deve ter seu espaço” e quer ir com você a qualquer lugar que você vá

Como evitar um relacionamento possessivo?

– Tente o diálogo: conversar é sempre a melhor opção em relacionamentos, pois assim um fica sabendo o que o outro pensa. Tenha calma para falar e seja objetiva, porque provavelmente não será uma conversa fácil e ele irá negar ser possessivo a princípio. Mas atenção: não permita que ele te chantageie emocionalmente!

– Toda vez que ele agir de forma possessiva, tente acalmá-lo, dizendo o que sente por ele e que não há motivo para ele se sentir daquele jeito

– Caso a situação de desgaste no relacionamento esteja muito avançada, é bom sugerir que ele procure uma ajuda profissional, como um psicólogo

Como ser mãe solteira e feliz

Isso eu posso falar muito bem, porque quem conhece minha história sabe que eu já passei por essa situação. Eu saí do meu primeiro casamento com dois filhos pequenos, a autoestima destruída e com bastante medo, afinal, eu teria que me virar sozinha, trabalhar, cuidar da casa e dar conta de criar meus dois filhos.

Uma das primeiras coisas que pensei quando me separei foi que eu não queria mais me relacionar com ninguém, afinal, meu relacionamento tinha sido muito ruim e eu não teria tempo para encontrar outro homem, além disso, quem iria querer namorar com uma mãe solteira?

Foi somente depois de algum tempo que eu me soltei. Comecei a trabalhar, e já conseguia me organizar com os horários dos meus filhos. Passei a encontrar mais minhas amigas, conversar mais sobre minhas inseguranças e procurar coisas que me davam prazer, como a dança. Quando eu deixei que as coisas acontecessem naturalmente, sem ficar travada ou com pensamentos negativos, foi que conheci o Robson, meu marido, e ali eu vi que, independente de ser uma mulher separada e com filhos, eu tinha o direito de ser feliz!

Eu aprendi tudo o que sei sobre como ser mãe na prática, e hoje vou dividir algumas coisas com vocês, mas o importante é que você saiba que para ser uma mãe incrível, não precisa da presença de um pai. Além disso, saiba adaptar essas dicas à sua rotina!

  • Paciência: pais precisam ter paciência para criar sempre. Quando você é mãe solteira, precisa ter o dobro, porque todas as decisões, birras e ensinamentos é você quem vai dar.
  • Aceite ajuda: sim. Você é mãe solteira, mas nem por isso quer dizer que precisa fazer tudo sozinha. Criar cansa, e não tem problema nenhum em pedir alguma ajuda quando precisar!
  • Esteja preparada para emergências: tenha sempre a mão os remédios que seus filhos precisam e uma lista com contatos de pessoas que podem te ajudar em uma hora de necessidade.
  • Não se anule: seus filhos são importantes, mas você também é. Não deixe de se cuidar e de fazer coisas que te dão prazer.
  • Não tenha medo do seu futuro amoroso: aprenda a viver sozinha e aumente sua confiança em si mesma. Você não é melhor ou pior por não estar casada. Seus filhos são prioridade na sua vida, mas não se feche para as possibilidades que o mundo te oferece. As coisas acontecem quando você está bem com você mesma!

Como superar as crises no relacionamento e recomeçar

Quando a mulher sai de um relacionamento, principalmente quando é um relacionamento de muitos anos e tem filhos envolvidos, o recomeço é difícil. Descobrir como superar as crises no relacionamento parece algo distante e quase impossível…

Eu passei por isso, e vivi muitas fases até me tornar a mulher que sou hoje. Assim como a Cleide, eu tinha deixado minha vida como mulher e minha autoestima de lado. Eu não me sentia bonita nem capaz de atrair outro homem sendo uma mãe divorciada. Eu achava que não teria tempo, nem disposição, para conhecer um outro homem e começar outro relacionamento.

E quantas mulheres eu não conheci que pensam a mesma coisa? Que não sabem como superar as crises no relacionamento, que acham que não vão conseguir se cuidar, cuidar dos filhos, da casa, ter um emprego?…

Vou te dar algumas dicas para você trabalhar sua autoestima:

  • Analise sua vida e saiba aproveitar o que você tem no presente
  • Tenha calma e saiba que as mudanças, inclusive para melhor, levam tempo
  • Não seja rígida demais com você mesma e não dê tanto ouvido às críticas
  • Não fuja de desafios. Sabia que passar por eles te fará descobrir uma força que você não sabia que tinha
  • Invista em você mesma: cuide-se e procure fazer atividades que gosta

Eu sei que muitas mulheres que estão lendo este post estão passando por alguma, ou várias, destas situações, e sei também que estar em alguma destas situações independe de idade ou do tempo de relacionamento. Eu quero que você termine de ler e sinta-se motivada a mudar o que vive agora! Somente você pode transformar-se na melhor versão de você mesma e descobrir como superar as crises no relacionamento. Eu tenho um convite para que você consiga desenvolver o que tem de melhor…

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: