Técnicas para acabar com a libido baixa e ter uma vida sexual mais ativa

Técnicas para acabar com a libido baixa e ter uma vida sexual mais ativa
Avalie esse artigo

A falta de falta de libido é mais comum nas mulheres do que nos homens, mas afeta significativamente os dois sexos. Uma pesquisa mostra que 32 por cento das mulheres e 15 por cento dos homens não têm vontade de fazer sexo regularmente.

Se você está na parte inferior ou superior do espectro etário, uma baixa libido pode atacar em qualquer ano de sua vida por uma variedade de razões.

Isso inclui depressão, estresse, problemas de relacionamento, medicamentos prescritos, baixa testosterona, excesso de peso, muito pouco exercício e consumo de drogas ou álcool.

Então, naturalmente, muitas pessoas se perguntam como aumentar a libido.

Se você tem pouco ou nenhum desejo sexual, você definitivamente não está sozinha. A ótima notícia é que existem muitos remédios naturais para aumentar a libido, e você pode começar a aumentar seu desejo sexual naturalmente hoje.

Se um maior desejo sexual é o seu objetivo, então é hora de fazer algumas mudanças de estilo de vida.

Por exemplo, diminuir seus níveis de estresse, melhorar o seu sono, adicionar mais afrodisíacos naturais às suas refeições e exercer a quantidade certa para colocar sua mente e seu corpo em um estado encorajador da libido são técnicas para aumentar a libido sem drogas potencialmente nocivas .

O que é Libido? Por que ela desaparece entre alguns de nós?

A libido é definida como a movimentação sexual geral de uma pessoa ou desejo de atividade sexual. A baixa libido nas mulheres e a baixa libido nos homens têm raízes semelhantes, além de algumas específicas de gênero.

Para os homens, na verdade é bastante normal ter uma diminuição gradual da libido à medida que um homem envelhece. Cada homem é diferente, mas a maioria dos homens tende a ter uma baixa quantidade de desejo sexual aos seus 60 e 70 anos.

Se o envelhecimento não está na raiz da diminuição da libido, um homem pode estar deprimido ou sofrer muito estresse.

Outras causas possíveis de homens com baixos desejos sexuais são um efeito colateral do medicamento, uma diminuição nos hormônios sexuais masculinos devido a uma doença endócrina ou à apneia do sono.

Um fato pouco conhecido é como a apnéia do sono pode levar a um nível de testosterona invulgarmente baixo.

Baixa testosterona também pode causar disfunção erétil (DE), uma condição em que um homem não pode obter ou manter uma ereção. Embora ambos os problemas envolvam baixa testosterona, DE e baixa libido não equivalem nem mesmo ao mesmo tempo.

Os homens que têm dificuldade em obter ou manter uma ereção geralmente têm um desejo sexual normal ou mesmo elevado.

Quando se trata de um baixo desejo sexual nas mulheres, pode haver muitas causas. De acordo com alguns psicólogos sexuais e terapeutas. A sexualidade das mulheres tende a ser multifacetada e bastante complicada.

As causas comuns de uma perda de desejo sexual ou baixa libido nas mulheres incluem problemas em seu relacionamento com seu parceiro sexual, influências socioculturais (estresse no trabalho, imagens de mídia da sexualidade, etc.) e condições médicas (como fibróides, endometriose e problemas de tireóide).

A baixa testosterona não causa apenas problemas sexuais para os homens. As mulheres também podem experimentar baixa testosterona.

Os níveis femininos de testosterona atingem o pico em meados dos anos 20 e, em seguida, diminuem constantemente até uma mulher passar pela menopausa.

Após a menopausa, os níveis de testosterona feminina caem drasticamente, e o desejo sexual pode cair dramaticamente também.

As pílulas anticoncepcionais e outras formas de prevenção da gravidez hormonal também podem ter efeitos negativos sobre o desejo de uma mulher pela atividade sexual.

Quando se trata de aumentar sua libido, existem dois produtos químicos biológicos importantes que podem afetar o seu nível de desejo sexual se você é um homem ou uma mulher.

Estou falando de dopamina e prolactina. Está teoricamente que a dopamina aumenta o desejo enquanto a prolactina diminui.

Se você tomar algum medicamento, é importante saber que alguns podem aumentar a liberação de prolactina ou inibir a liberação de dopamina.

Qualquer um desses dois cenários pode diminuir o desejo sexual e também causar outros efeitos colaterais sexuais.

Nos homens, a baixa prolactina tem sido associada a múltiplos sinais de saúde sexual e saúde psicológica.

Os baixos níveis de prolactina também estão associados a um maior índice de massa corporal (IMC), altos Níveis de açúcares no sangue, níveis mais baixos de atividade física e, geralmente, não são mais saudáveis.

Problemas de relacionamento, depressão, medicamentos prescritos, alcoolismo, abuso de drogas e / ou doenças crônicas, como diabetes, podem estar na raiz do baixo desejo sexual para ambos os sexos.

Um IMC que é muito alto também pode causar problemas para homens e mulheres quando se trata de libido.

Os homens obesos tendem a lutar com a dificuldade erétil, mas estudos mostraram que perder apenas uma pequena porcentagem de peso pode melhorar a função sexual masculina e feminina.

Um estudo realizado na Duke University informa que as pessoas obesas têm 25 vezes mais chances de relatar problemas sexuais.

Como aumentar a libido através da dieta

Vamos falar sobre como aumentar a libido através da sua dieta, que inclui o que você deve comer mais e o que você deve evitar ou reduzir significativamente.

Alimentos que ajudam

Afrodisíacos Naturais – Figos, bananas e abacates são afrodisíacos naturais carregados de vitaminas e minerais que podem encorajar mais fluxo sanguíneo para os órgãos genitais e, naturalmente, aumentar o desejo sexual.

Alimentos contendo vitamina C – A vitamina C melhora a circulação sanguínea para os órgãos por isso é importante garantir que você consome alimentos ricos em vitamina C diariamente.

A vitamina C também foi especificamente ligada a uma libido feminina mais saudável. Algumas ótimas escolhas incluem brócolis, laranjas, pimentas vermelhas e goiaba.

Alimentos ricos em ferro – Para as mulheres em particular, os baixos níveis de ferro podem ter um efeito negativo sobre o desejo sexual, a excitação, a lubrificação e a capacidade de ter um orgasmo.

Grandes fontes de ferro incluem verduras de folhas escuras como couve e espinafre, juntamente com carne de vaca alimentada com grama.

Alimentos ricos em colágeno – A produção de colágeno declina naturalmente com a idade. Isso tem um efeito negativo direto sobre a saúde da pele e torna mais difícil manter a pele firme.

Esse fenômeno pode tornar mais difícil para os homens manter uma ereção, e pode levar a um perdedor a lubrificação e elasticidade vaginal em mulheres.

Para aumentar os níveis de colágeno, você pode consumir mais caldos com tutano e optar por um pó de suplemento de colágeno. A vitamina C também ajuda a aumentar a produção de colágeno.

Batatas Doce – Batatas doces ou inhame são carregados com potássio e vitamina A. O potássio pode ajudar com a pressão arterial elevada, o que torna o homem mais propenso a ter disfunção erétil.

Melancia – Em 2008, pesquisa realizada no Texas demonstrou que a melancia pode ter um efeito de Viagra. Os fitonutrientes conhecidos como licopeno, beta-caroteno e citrulina encontrados na melancia ajudam a relaxar os vasos sanguíneos.

Enquanto a melancia pode não ser tão específica de órgão quanto o Viagra, pode ser útil no quarto sem efeitos colaterais negativos quando você deseja naturalmente melhorar a libido.

Especiarias como noz-moscada e cravo – As especiarias são carregadas com antioxidantes, o que é ótimo para a saúde geral, incluindo a libido.

A pesquisa publicada em revistas científicas encontrou especificamente que os extratos de noz-moscada e cravo aumentaram o comportamento sexual de indivíduos do sexo masculino.

Chocolate amargo – A pesquisa mostrou que o consumo de chocolate leva à liberação de feniletilamina e serotonina, levando a alguns efeitos afrodisíacos e de elevação do humor.

Certifique-se de escolher um chocolate escuro de baixo teor de açúcar e de alta qualidade.

Nozes – Essas nozes são ricas em selênio, o que desempenha um papel na manutenção de níveis saudáveis ​​de testosterona.

Amêndoas – Rico em zinco, selênio e vitamina E, as amêndoas contêm vitaminas, minerais e gorduras saudáveis ​​que podem melhorar a saúde sexual e a reprodução.

Água – Certificar-se de que você não está desidratado é útil quando se trata da sua libido, uma vez que a desidratação pode causar uma série de efeitos colaterais negativos que podem facilmente desencadear o desejo sexual.

Se você quiser evitar possíveis fadigas, dores de cabeça e secura vaginal, deve beber água.

Alimentos a evitar

Gorduras trans e alimentos fritos – Alimentos que são gordurosos e / ou carregados com gorduras trans não são úteis no quarto por várias razões.

Os efeitos adversos do consumo de ácidos graxos trans podem incluir aumentos na produção anormal de esperma para homens e interferência com gestação para mulheres.

Alimentos processados ​​– Produtos químicos nesses alimentos podem afetar negativamente o desempenho sexual.

Proteína de má qualidade – A carne cultivada em fábrica é conhecida por agregar hormônios e antibióticos adicionados, o que pode levar ao desequilíbrio hormonal no organismo.

Alimentos com alto teor de sódio – Alimentos que são muito elevados em sódio, como alimentos enlatados e alimentos processados, podem contribuir para a pressão arterial elevada, o que, por sua vez, diminui o fluxo de sangue para os órgãos sexuais.

Leite convencional – Leite, queijo e outros produtos lácteos a partir de leite de vaca podem ter hormônios sintéticos que têm um efeito negativo nos níveis de estrogênio e testosterona.

Açúcar – Açúcar em geral afeta negativamente hormônios sexuais. Estudos têm mostrado afetos específicos e assustadores nos níveis de testosterona.

Em um estudo de 2013 de indivíduos do sexo masculino, o consumo de glicose diminuiu os níveis sanguíneos de testosterona em média 25%, independentemente de os homens terem diabetes, prediabetes ou tolerância à glicose normal.

Os níveis de testosterona também permaneceram baixas horas após o consumo de glicose.

Cafeína – Tolerância à cafeína e/ou consumo excessivo da mesma pode ter efeitos indesejáveis ​​no desempenho sexual.

Álcool – Exceder o consumo de bebidas alcoólicas é conhecido por diminuir desejo sexual, excitação e sensibilidade. Se você tiver muita vontade, opte por um copo (sim, apenas um) de vinho tinto rico em polifenóis.

Os antioxidantes no vinho tinto podem ajudar a ampliar os vasos sanguíneos e aumentar o fluxo sanguíneo para as principais áreas de excitação.

Pipoca de microondas – Pode ser conveniente, mas certamente não é saudável. Os produtos químicos encontrados no revestimento de sacos de pipoca de microondas (bem como panelas e panelas antiaderentes) foram ligados a um menor desejo sexual para homens.

De acordo com um estudo de 2009, esses tipos de sacos de pipoca contêm ácidos perfluoroaltais, conhecidos por reduzir significativamente a contagem de esperma.

Como aumentar a libido com óleos essenciais

Perguntando-se sobre como aumentar a libido com óleos essenciais? Você vai querer experimentar óleos essenciais, como sândalo, rosa, jasmim e ylang ylang, que demonstraram aumentar naturalmente a libido de homens e mulheres.

Eles também atuam como afrodisíacos naturais e demonstraram melhorar o humor e a visão da vida.

Quando se trata de óleos essenciais para o equilíbrio hormonal, o óleo essencial de sândalo é especialmente útil para ambos os sexos quando se trata de libido.

É excelente no equilíbrio dos níveis de testosterona em homens e mulheres. O sândalo também é um afrodisíaco natural, e é por isso que é comumente usado em muitas colônias e perfumes.

Para homens com baixa testosterona, você pode simplesmente adicionar algumas gotas de óleo de sândalo ao seu desodorante ou a sua loção caseira para não cheirar bem, mas para melhorar seus hormônios e libido.

O óleo de canela é outra ótima opção de óleo essencial quando se trata de aumentar a libido. O óleo de canela é um remédio natural para a impotência.

Ele funciona influenciando as enzimas na via do óxido nítrico para aumentar o fluxo sanguíneo para os órgãos genitais.

Remédios para aumentar a libido

Vamos falar sobre como aumentar a libido naturalmente com algumas mudanças fáceis de estilo de vida. Muito pouco exercício pode ser uma causa de baixa libido, mas você também não quer exagerar também.

Baixa libido é um dos riscos do excesso de treinamento. Exercícios que aumentam o hormônio do crescimento humano, como o treinamento com pesos e o treinamento de explosão podem melhorar o fluxo sanguíneo para os genitais, o humor e a percepção do seu próprio corpo.

Além disso, experimente yoga, o que pode levar a melhores orgasmos ao aumentar o fluxo sanguíneo genital.

Se você fuma, aqui ainda há outro motivo para parar. Para melhorar o fogo no quarto, você precisa apagar a chama do seu próximo cigarro. Fumar não só diminui o desejo sexual e satisfação, mas também diminui a fertilidade.

De acordo com um grupo de pesquisadores, os fumantes relataram ter relações sexuais menos de seis vezes por mês, enquanto os homens que não fumavam estavam tendo sexo quase duas vezes mais que os fumantes.

Se a imagem do corpo ou a confiança é um problema, como aumentar a sua libido significa melhorar sua auto-estima e desejo sexual, concentrando-se em seus atributos e não em suas falhas.

Você também deve encontrar maneiras de reduzir seus níveis de estresse e melhorar seu comprimento e qualidade de sono.

Você se encontra muito ocupada, muito cansadoa ou muito distraída para o sexo? Ou a sua vontade não parece estar lá, como costumava?

A testosterona não é responsável pela libido sozinha. Especialmente para as mulheres, o desejo decorre de um conjunto muito mais complicado de interações hormonais e emocionais.

Mas para os homens, enquanto a testosterona não é toda a história, ela desempenha um papel de liderança e o estilo de vida moderno pode ser o pior inimigo do seu tesão.

Existe uma nova síndrome chamada Síndrome do Homem Irritável, ou SMI, que é devido à deficiência de testosterona. Ela vai além da baixa libido, e inclui distanciamento emocional, falta de motivação, agressão, mudanças de personalidade e ansiedade.

Também pode apresentar comportamentos autodestrutivos, como jogos de azar, alcoolismo e vício em trabalho.

Se isso soa como sendo comum para  você ou seu homem, você não está sozinha. Baixa testosterona afeta pelo menos 13,8 milhões de homens, em um número significativo de homens em seus 30 anos.

O impacto do tesão baixo não é apenas um desejo sexual baixo ou mesmo problemas de humor. A deficiência de testosterona leva a maiores taxas de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e fraturas ósseas, que deverão custar vários milhões nos próximos 20 anos.

A baixa testosterona também aumenta a chance de morte de um homem.

Um estudo rastreou 800 homens por 50 anos e mostrou que o grupo com níveis mais baixos de testosterona apresentou 33% maior chance de morte entre todas as causas do que o grupo com níveis mais altos de testosterona.

E outro estudo mostrou que os homens com deficiência de testosterona apresentaram níveis de mortalidade de 88% maiores do que os homens com testosterona normal.

Então, como você sabe onde você está quando se trata de tesão? Se você é um homem que experimenta sintomas deSMI, ou percebe o ganho de peso, fadiga, perda muscular, calvície masculina ou alterações na libido, faça o teste com um médico de medicina funcional que pode ajudá-lo a resolver a causa raiz do problema.

Enquanto a substituição hormonal é uma opção para alguns, os homens que seguem os seguintes sete passos são muitas vezes capazes de reabilitar sua testosterona, seu desejo sexual e muitos outros sintomas de deficiência de tesão que acompanham.

Como aumentar a libido – especial para os homens

Homens. Alto desejo sexual. Verdadeiros animais sexuais. Nós sabemos o que eles querem. E nós sabemos quando eles querem isso: agora.

Mesmo os médicos tendem a ver os homens como “autômatos sexuais”, fogosos que sempre querem sexo.

Mas esse não é o caso. Muitos, muitos homens – cerca de um em cinco – têm um desejo sexual tão baixo que preferem fazer quase qualquer outra coisa do que fazer sexo.

Um em cada cinco homens não quer sexo? Como isso pode ser verdade? E por que não ouvimos falar sobre isso? Na verdade, muitas mulheres têm – as que ouvem a frase “Não esta noite, querida.

A maioria das pessoas pensa que é uma ocorrência rara. Mas na verdade, quase 30% das mulheres dizem que têm maior interesse no sexo do que o parceiro.

As causas do baixo desejo sexual

Então, o que está por trás do desejo sexual baixo? O envelhecimento desempenha um papel, embora muitos homens mais velhos tenham um forte interesse em sexo. Como a maioria dos outros traços humanos, o desejo sexual varia.

A maioria dos homens está no intervalo normal.Alguns são impulsionados extraordinariamente para o comportamento sexual de dependência.

No outro extremo da escala, homens com muito baixo interesse sexual. Estes são homens que sofrem de transtorno de desejo sexual hipoativo (TDSHA).

Há sempre homens de ambos os lados da curva normal de desejo sexual. E uma certa porcentagem – talvez até um quarto – será considerada como tendo o TDSHA por uma série de razões. Elas incluem:

Problemas psicológicos. O estresse e a ansiedade a partir da tensão da vida diária, problemas de relacionamento ou familiar, depressão e transtornos mentais estão entre os muitos fatores que podem afetar o desejo sexual.

Problemas médicos. Doenças como diabetes, condições como obesidade, hipertensão arterial e colesterol alto e medicamentos contra o HIV, alguns remédios para perda de cabelo e outros medicamentos podem afetar negativamente o desejo sexual.

Causas hormonais. A testosterona é o hormônio do desejo, sem dúvida para as mulheres e para os homens. Os baixos níveis de testosterona normalmente significam baixa vontade sexual.

Os níveis diminuem quando a idade masculina aumenta, outras causas incluem doenças crônicas, medicamentos e outros usos de drogas. Os hormônios também podem desempenhar um papel, como níveis baixos de tireoidormona ou, raramente, altos níveis de prolactina, um hormônio produzido na glândula na base do cérebro.

Dicas para aumentar a libido nos homens

  1. Mantenha a forma

A gordura da barriga e a obesidade são assassinos da testosterona. Um estudo mostrou que meninos obesos têm até 50% menos de testosterona do que os seus pares não obesos.

Uma das razões para isso pode ser que as células de gordura contêm mais aromatase, uma enzima que converte a testosterona em estrogênio.

Infelizmente, a obesidade e a baixa testosterona reforçam-se mutuamente, levando a uma espiral de aumento de peso e desequilíbrio hormonal em homens. A boa notícia é que a reversão da espiral também se reforça mutuamente.

  1. Obtenha oito horas de sono.

Um estudo mostrou que após apenas uma semana de apenas cinco horas de sono todas as noites, os níveis de testosterona caíram 10-15%.

Enquanto descansar em apenas algumas horas pode parecer machista para alguns, na verdade está corroendo seu hormônio masculino mais importante.

  1. Evite toxinas que prejudiquem os testículos.

Os ftalatos e parabenos em produtos de higiene pessoal, como loções e cremes para barbear, e BPA em garrafas de plástico e em recibos de loja, são anti-andrógenos, o que significa que eles interrompem a produção e a função de hormônios múltiplos, incluindo testosterona.

Então, verde o seu armário de banheiro, use garrafas de água reutilizáveis ​​de aço inoxidável e diga não nas lojas para evitar esses produtos químicos.

  1. Relaxe como um profissional.

O estresse é um dos principais inibidores do tesão baixo. Em última análise, seus hormônios adrenais, hormônios tireoidianos e hormônios sexuais estão todos interligados em uma dança bela mas complicada.

Um fenômeno impulsionado pelo stress chamado “roubo de cortisol” pode levar a um desequilíbrio hormonal onde a produção de testosterona diminui a favor do cortisol.

O estresse também aumenta a produção de aromatase e 5-alfa-redutase, duas enzimas que quebram a testosterona.

Se você relaxar e respirar, meditar, fazer yoga ou impulsionar seu sistema nervoso parassimpático, mesmo por apenas 10 minutos por dia, você dá ao seu sistema hormonal uma chance de reiniciar e reequilibrar, diminuindo o cortisol e aumentando a testosterona.

  1. Evite as estatinas e coma mais óleo de peixe.

Não só as drogas estatinas afetam negativamente as mitocôndrias, as potências energéticas do seu metabolismo, demonstraram baixar a testosterona livre e total.

Isto é mais provável porque o colesterol é o elemento constitutivo de todos os seus hormônios esteróides: o colesterol se torna DHEA, o que, por sua vez, torna-se testosterona.

Comer mais óleo de peixe irá diminuir a inflamação (inflamação reduz a testosterona) e também irá apoiar a produção de colesterol saudável, o último elemento para aumentar o tesão.

Como bônus, o óleo de peixe também diminui o hormônio sexual globulina vinculante, a proteína que transporta a testosterona ao redor do corpo, de modo que mais testosterona está gratuita e disponível.

  1. Leve as suas vitaminas a sério.

As vitaminas A e E, e minerais de zinco e selênio são como fertilizantes para produção de andrógenos e função testicular.

Enquanto no mundo desenvolvido podemos comer uma grande quantidade de alimentos, a maioria só pode comer uma baixa quantidade disso ou falta totalmente esses importantes micronutrientes.

Os suplementos são uma forma direcionada de obter mais desses nutrientes críticos ou, comer mais marisco para zinco e selênio, cenouras e couves para vitamina A e amêndoas e sementes de girassol para a vitamina E.

  1. Tome um pouco de sol!

O trato reprodutivo masculino é um alvo para a vitamina D, e a suplementação de vitamina D mostrou aumentar a testosterona total, testosterona biodisponível e testosterona livre. Temos uma epidemia de deficiência de vitamina D em diversos lugares.

Se você não tem certeza do seu nível, faça o teste e, além de suplementos, certifique-se de obter seus 15 minutos de sol por dia.

-

Suplemento para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher:

Pesquisamos na internet e descobrimos alguns Suplementos para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher.

Após pesquisar tudo sobre Feme Caps, verificar a procedência e qualidade. Também verificamos o que tinha menos reclamações no Reclame Aqui e o que tem mais depoimentos mostrando resultados reais da eficácia.

O melhor Suplemento de Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher foi o Feme Caps.

Feme Caps Funciona?

Feme Caps é um suplemento natural a base de vegetal com comprovação científica para aumentar o desejo sexual da mulher e fazer ter orgasmos mais intensos. É aprovado pela Anvisa e Ministério da Saúde por ser 100% natural. A única contra-indicação é que não pode ser usado por lactantes e gestantes.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi aprovado pela ANVISA um suplemento natural, fazendo aumentar libido, desejo e orgasmos.

Depoimento e avaliações do Feme Caps:

Veja o vídeo explicando como funciona o produto

Como Comprar Feme Caps:

O Feme Caps é vendido SOMENTE no site oficial
Cuidado: tem falsificadores que se aproveitam do sucesso do Feme Caps para ganhar dinheiro ilegalmente vendendo o Feme Caps, não caia nessa armadilha, sempre compre no site oficial: http://femecaps.com.br/. Qualquer outro site, inclusive mercado livre e outros vendem produtos falsificados e podem acabar te fazendo mau à saúde.

Como comprar FemeCaps:

1. Entre no site: http://femecaps.com.br/
2. Escolha o kit desejado (Os preços do FemeCaps estão todos no site oficial)
3. Escolha a forma de pagamento (Boleto ou Cartão de Crédito).
4. Pronto! Você vai receber na sua casa. Aqui para São Paulo para minha casa chegou em 5 dias.

DESCONTO EXCLUSIVO do Feme Caps para leitores do blog:

CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO:
Conseguimos um desconto exclusivo por algumas horas para nossos leitores,
ATENÇÃO: Esse desconto encerra em: 05:31 minutos!
Saiba Mais
CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO »

Agora me responda essas perguntas:


Você se sente cansada e sem ânimo no final do dia para namorar com seu parceiro?
Não tem a mínima vontade de fazer sexo com seu parceiro?
Acredita que sua libido não está como quando você tinha 20 anos de idade?

Provavelmente você respondeu sim a uma ou a todas as perguntas acima, não é mesmo?

Bem, isso é muito comum acontecer, milhares de mulheres experimentam esse exato problema por conta do estresse do dia a dia, como afazeres do trabalho, o cuidado com as crianças e até a falta de tempo que impede boas preliminares com seu parceiro.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi criado um suplemento natural que vai fazer sua libido ficar à flor da pele voltando aos melhores tempos da sua libido.

Imagine aumentar sua libido e com isso agradar seu parceiro como no início do namoro, imagine voltar a ter sua libido de quando era adolescente e com isso experimentar orgasmos longos e maravilhosos, imagine como seu parceiro vai gostar de ter você na sua melhor forma sexual.

Não precisa imaginar mais, vivencie isso com o FEME CAPS

=> Clique aqui e conheça o FemeCaps.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: