Tenha Cuidado Com o Seu Celular! Pode Destruir seu Relacionamento! (IMPERDÍVEL)

Tenha Cuidado Com o Seu Celular! Pode Destruir seu Relacionamento! (IMPERDÍVEL)
5 (100%) 1 vote

É claro que o telefone celular tem sido uma revolução no mundo das comunicações e que neste aspecto particular fornece vantagens inegáveis ​​para seus usuários. No entanto, também tem um lado negro que, longe de proporcionar vantagens, pode se tornar uma fonte de danos para o usuário, especialmente quando seu uso se torna compulsivo e descontrolado.

Esses danos derivados do uso indevido do celular têm uma relevância especial no campo do casal, a ponto de poder até mesmo desencadear o fim de um determinado relacionamento. Nós mostramos aqui seis pontos que você deve ter em mente se não quiser que o celular estrague sua relação. Para saber o que fazer para conseguir manter um relacionamento saudável mesmo na era digital, continue lendo abaixo.

Ver também: Se Você Estiver Apaixonado, Não Se Case. As Maravilhas do Namoro Não Estão no Casamento (IMPERDÍVEL)

 

1. Nunca observe seu celular enquanto fala com seu parceiro

Essa prática ruim é extremamente prejudicial para um relacionamento. Não só dificulta a comunicação entre os parceiros, mas que detecta se sente ignorado, desprezado, subestimado, frustrado, especialmente quando ele descobre que a outra pessoa fala sem sequer tirar os olhos do telefone, situação gerando inseguranças e conflitos que, a longo prazo, podem levar a uma menor satisfação no relacionamento, mesmo às vezes em depressão, como afirmam pesquisas recentes sobre essa prática específica.

Portanto, se você está conversando com seu parceiro, coloque o celular de lado e se concentre nele, cuide do que está dizendo e não deixe nada atrapalhar a comunicação, você terá tempo mais tarde para atender o telefone.

2. O tempo do casal, é o tempo do casal

Se você está compartilhando o mesmo espaço com o seu parceiro, não seja ao mesmo tempo enviar ou responder mensagens para outras pessoas, ou se envolver em jogos ou aplicativos oferecidos pelo telefone celular. Essa prática, além de constituir uma falta de educação e respeito, tende a ser um sinal de que algo está faltando na comunicação e que o relacionamento provavelmente está deteriorado.

Portanto, exceto em casos de urgência real, se você precisar entrar em contato com outras pessoas pelo celular, faça melhor quando estiver sozinho, não na presença do seu parceiro, e o mesmo quando quiser se distrair com uma determinada aplicação do seu celular. Pense que ao longo do dia muitas vezes há muito tempo para estes e outros entretenimentos, sem ter que tirá-los do seu parceiro

3. Uso de telefone celular prolongado torna a comunicação com seu parceiro mais curta.

O uso prolongado de célula envolve a maior parte do dia para ficar conectado e, por conseguinte, em comunicação constante com outras pessoas, em vez de em um grande número de pessoas acabam traduzido a curto ou médio prazo exaustão, tensão e irritabilidade.

Toda essa negatividade, então, habitua, infelizmente, a voltar-se para a esfera doméstica, isto é, para as pessoas mais próximas e mais confiantes, especialmente sobre o próprio casal, que assim se torna um muro de solidariedade. descarga de todo aquele estresse acumulado e irritabilidade.

Se esta situação é repetida dia após dia, é mais do que provável que o relacionamento esteja rachando com o tempo e certamente acabará quebrando completamente. É aconselhável, portanto, reduzir o tempo diário de conexão ao celular para evitar sofrer este tipo de episódios prejudiciais.

4. Se o seu parceiro não responder rapidamente às suas mensagens de texto, não fique bravo

Evite ficar com raiva se detectar que seu parceiro demora para responder a uma determinada mensagem que você enviou pelo celular. Muitos são aqueles que, depois de enviar uma mensagem como WhatsApp ou sms para seu parceiro e verificar que o leram e não responderam com certa urgência, ficam com raiva e acusam a outra pessoa de não prestar a devida atenção, o que acaba criando discórdia e levando a inúmeras discussões.

Este tipo de comportamento obsessivo passou a ser conhecido como a ” síndrome do cheque duplo azul “, referindo-se aos dois tons dessa cor que aparecem quando o receptor lê a mensagem em seu dispositivo. As consequências derivadas dessa prática ruim são diferentes no remetente e no destinatário da mensagem.

O remetente é frequentemente atacado por ansiedade, ciúme e crescente irritação, enquanto o receptor se sente acima de tudo submetido a um controle inaceitável. A conseqüência de tudo isso é o aparecimento de uma crise no casal que muitas vezes leva ao fim do relacionamento.

5. Nunca exija que seu parceiro lhe forneça os códigos de acesso ao seu celular

Esse comportamento mostra uma infeliz falta de confiança, bem como a presença mais provável de ciúmes, algo que sem dúvida deixará seu parceiro desconfortável e prejudicará o relacionamento. Menos ainda tentar espionar o conteúdo do celular do seu parceiro, pois isso, além de poder ser um crime, provocará ainda mais dúvidas e raiva.

Note-se que cada pessoa precisa de uma área de intimidade exclusivo que só ela pode acessar, sem restrições ou limitações de qualquer tipo, então processar as chaves de uma célula estrangeira é uma tentativa intolerável a intrusão no espaço. É uma coisa diferente para o seu próprio parceiro dar a você essas chaves voluntariamente, mas mesmo nesse caso você deve evitar usá-las o máximo possível, já que é uma invasão de privacidade.

6. Quando você estiver longe do seu parceiro, não a sobrecarregue com mensagens de texto excessivas

Uma mensagem pontual de amor ou um texto amoroso é geralmente agradável para aqueles que os recebem, não em vão são sinais óbvios de afeição. No entanto, quando essas mensagens e textos são repetidos várias vezes ao longo do dia, sem interrupção, eles podem sobrecarregar o receptor e fazê-lo sentir-se controlado de alguma forma.

Pense também que um uso intensivo de mensagens de texto está frequentemente ligado à má qualidade da comunicação, o que não é a melhor maneira de conduzir um relacionamento.

Nesse aspecto, é aconselhável que, em casos de distanciamento circunstancial, os casais experimentem, em seu tempo livre, o uso do celular para se comunicarem ao vivo, em vez de fazer uso excessivo de mensagens instantâneas. Como você viu, é muito fácil manter um relacionamento saudável mesmo na era digital.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: