Tome cuidado com os cosméticos infantis

Tome cuidado com os cosméticos infantis
Avalie esse artigo

 

É importante em primeiro lugar que você mãe saiba que quando o produto cosmético é para crianças, a nossa legislação procura ter muito mais cautela e muito mais severidade para a escolha dos ingredientes que geralmente compõem as fórmulas.

Sim, é muito duro e difícil que uma pessoa leiga consiga entender todos esses nomes químicos que são presentes nas composições desses produtos

Mas saiba que cada dia se torna mais essencial que nos auto eduquemos somente dessa forma dá para ter certeza de que o que o nosso filho usa não vai fazer mal agora e nem talvez no seu futuro, afinal sabemos tudo que existe referente ao uso cumulativo durante toda a nossa vida.

Saiba que nesse artigo irei te passar algumas dicas e informações sobre esses produtos, porém tenha em mente que o ideal é que você antes de todas as dicas, o ideal é que vale lembrar que sempre o nosso bom senso é a principal arma para nos prevenir de problemas

Saiba também que os pais são os responsáveis por escolher quais produtos a criança deve usar. Saiba que as empresas devem levar várias coisas em conta na hora da fabricação desses produtos.

Ver também: Maquiagem militar carnaval 

Primeiramente a segurança dos ingredientes e a informação sobre a formulação são extremamente vitais nesses processos.

Saiba que se você pensar na pele de um bebê, vai verificar que o pH dessa pele é extremamente alcalino, isso ocorre devido à presença do vernix caseoso, que nada mais é do que uma substância graxa, substância essa que é esbranquiçada, e que recobre todo o bebê ao nascer.

Afinal quem foi a mãe que nunca se perguntou o que era aquela pele em volta do bebe quando nasceu não é mesmo? Está ai a resposta!

Saiba também que dentro das 24 horas seguintes ao seu parto esse pH cai muito dando uma tendência a uma estabilização que por volta do primeiro mês de vida ocorre em valores pouco abaixo de seis, portanto dessa forma é discretamente ácido.

Portanto você tem que entender que todo e qualquer cosmético infantil deve ser bem analisado e você deve prestar muita atenção no momento de comprar esses produtos.

Tenha em mente que é a pele do seu filho que está em jogo e a vida também. Logicamente que procuramos dessa forma tomar cada vez mais cuidado.

Lembre-se que antes de comprar qualquer cosmético infantil você deve verificar se tem o registro da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), dessa forma é que você conseguirá comprovar que é seguro para a saúde do seu filho. Saiba que este registro é uma numeração que geralmente se inicia com o número 2, e possui de 9 a 13 dígitos.

Temos que ter muito cuidado, pois além de muitos cosméticos não terem esse registro adequado, algumas embalagens são muito perigosas para as crianças e não possuem as informações necessárias, tais como por exemplo, cuidados de conservação, informações de como utilizar e qual a faixa etária ideal.

De acordo com a nossa legislação, alguns batons, os brilhos labiais, os blushes e até mesmo o fixador de cabelo são indicados somente a partir dos 3 anos de idade e sempre devem ser aplicados exclusivamente por uma pessoa adulta, e a partir dos 5 anos deve ser aplicado sob a supervisão desse

. Saiba que os esmaltes infantis somente são indicados a partir dos 5 anos de idade e devem ser aplicados somente sob a supervisão de uma pessoa adulta. Porém infelizmente o que quase sempre acontece na maioria das vezes é que essa orientação não existe ou não é clara.

Com relação aos produtos capilares para crianças os melhores são os tensoativos que são de extrema suavidade, tais como os shampoos sem sódio e nos derivados de frações ativas, que são obtidas de plantas cultivadas e que não possuem defensivos tóxicos e são extraídos de processos que são totalmente sintéticos e completamente sem solventes maléficos.

Existem excelentes combinações sinérgicas de emulgadores (esse é um emulsionante de origem vegetal e que é extremamente suave ele é baseado em óleo de canola) não possuem ácidos e não propoxilados, esses são muito mais suaves e seguros quando são comparados com aqueles que passam por esses dois processos.

 Riscos de utilização de cosméticos não adequados ao público infantil

Sabemos muito bem que diante dos apelos de marketing, diante da cultura da moda e da pressão das próprias crianças na hora da compra, sabemos que uma lição é básica: sempre são os pais que devem escolher o que os filhos devem usar, e não o contrário.

Saiba que é aconselhável sempre procurar por marcas idôneas (que não tenham nome sujo no mercado ou que não tenham nome envolvido em escândalos de alterações de produtos) e por produtos aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e que sejam específicos para o público infantil.

Você mãe jamais deve emprestar suas maquiagens a sua filha, ou seus cremes de rosto, cremes de cabelos, etc. Saiba que os compostos que existem nos seus produtos não devem JAMAIS passar pela pele de uma criança.

Nossos produtos são cheios de químicas até demais, e a pele das crianças que está recém em fase de crescimento e de uniformização pode sofrer graves danos. Outra dica que te dou é sempre procurar direcionar a vaidade dos seus pimpolhos para o autocuidado.

Lembre suas filhas por exemplo de que um belo batom nos lábios, porém com dentes sujos não combinam, por exemplo.

Faça com que seus filhos entendam que é necessário sempre manter uma autoimagem saudável e que isso faz parte do processo de valorização da autoestima deles além é claro da formação dos valores pessoais dessas crianças.

Saiba que o uso indiscriminado de produtos não indicados para seus filhos pode e fará muito mal caso vocês pais não tomem posição e imponham limites, procure entender e mostrar que criança não tem necessidade de estar vaidosa e pintada, criança precisa brincar, logo não precisa estar impecável. Preze pelos cuidados com seus filhos para que futuramente eles te agradeçam!

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: