Traição: Você pode Perdoar?

Traição: Você pode Perdoar?
Avalie esse artigo

Sim, você pode perdoar uma traição? Aqui estão algumas considerações sobre um assunto tão delicado. Hoje em dia, a porcentagem de traições aumentou claramente. Certamente um mundo em que, graças a portais, sites de namoro e redes sociais, a socialização é muito mais fácil.

Mas alguém pode perdoar uma traição? A resposta não é fácil e somente aqueles que passaram podem realmente entender o que é desencadeado dentro de nós quando a pessoa em quem confiamos nos trai. Basicamente, para dar uma resposta, precisamos considerar o contexto em que ocorre a traição. E sim, porque há traição e traição: uma conta é uma história paralela, outra é uma aventura de uma noite. Ambos são belos pedregulhos a serem derrubados, mesmo com pesos claramente diferentes.

Uma noite de aventura

Muitas vezes acontece de você se trair porque se sente abandonado e negligenciado. Nesse caso, você deve se abrir com seu parceiro e tentar entender o que deu errado. O que não funcionou e, acima de tudo, quais foram as deficiências de que nosso parceiro sofreu, empurrando-o para a traição, obviamente, sem culpar completamente.

Aqui, neste caso, acredito que, com tanta paciência e força de vontade, se pode tentar perdoar. Conversando sobre o que vocês dois fizeram de errado, você pode tentar recomeçar, aprendendo com seus erros. A comunicação é a parte fundamental de um relacionamento, sem ele um relacionamento não teria chance de crescer.

História paralela

Um caso muito diferente é aquele em que seu parceiro tem uma história paralela a isso com você. Ouvimos histórias realmente absurdas: homens que até têm duas famílias e se envolvem em aventuras ou mulheres que têm casos extraconjugais com o jardineiro, encanador ou eletricista de vinte anos mais jovem e muito mais, existem uma gama de tipos de traições, acredite!

Nestes casos, o que causa raiva, além da traição, é o engano. Sendo levado por esse caminho é algo que causa raiva, dor e desânimo. Toda mulher reage à sua maneira, há aqueles que não querem saber e desaparecer instantaneamente, aqueles que olham por um olho por dente, e aqueles que perdoam imediatamente, tentando reconquistar seu homem. Neste último caso, o que entra em jogo é um sentimento de vingança e competição para com a outra mulher.

No entanto, é um facto que “sopa aquecida já não é boa”, já que perdoar é fácil, menos é esquecido, acima de tudo, uma traição dessa magnitude. Como resultado, seu relacionamento é obrigado a quebrar em qualquer caso. Então, queridos amigos, se o seu par te trai, retire os atributos, e faça como dizem algumas letras de música: “e se por acaso você me deixar saiba que sim, encontre outro mais bonita e que tenha problemas!”.

Dupla traição: ele e sua melhor amiga

 

É certamente o pior das traições. Seu namorado com sua melhor amiga: como superar isso? Como se comportar neste caso? Você pode se recuperar de tal pano de fundo de decepção? É inútil negar que tal fracasso por duas pessoas tão importantes seja quase impossível de esquecer. No entanto, trabalhando em si mesmo, você pode controlar a dor e retomar a vida cotidiana lentamente. Aqui estão algumas dicas sobre como melhor superar essa situação infeliz.

Nenhuma vingança

Absolutamente não se vingue. Não levaria a lugar algum e certamente não o faria se sentir melhor. Devemos tentar não cair no jogo deles e sair dessa situação de frente.

Truncar amizade com ela

Uma das primeiras coisas a fazer é cortar as pontes com a suposta amiga. Sua traição é a mais dolorosa, pois ela era a que você mais confiava.

Afaste-se dele

Imediatamente terminar o relacionamento com seu par. Uma pessoa que faz tal coisa não merece perdão. Você deve entender que essa pessoa não merece nem mesmo uma gota de suas lágrimas e, mesmo que isso seja difícil, você deve tentar excluí-la da sua vida.

Não se jogue para baixo

Você não tem culpa, lembre-se sempre. Infelizmente, às vezes essas coisas acontecem e a atração entre duas pessoas certamente não pode ser controlada. Você não fez nada de errado, ao contrário daqueles que criaram esse cenário realmente desagradável.

Expanda seu conhecimento

Tente sair o mais rápido que puder e mude o círculo de pessoas que você frequenta. Mesmo que inicialmente seja difícil para você confiar em alguém, você verá que conhecer pessoas novas irá ajudá-lo muito.

Concentre-se em si mesmo

Tente mudar sua vida, eliminando qualquer coisa que você lembra dele, dela e traição. Encontre novas paixões e hobbies que o ajudarão a distrair-se do que você passou. Você vai ver que lentamente a dor vai passar e você finalmente será capaz de recuperar sua vida!

Solteira e linda!

 

Um estudo da Nova Zelândia revela que há pessoas que são mais felizes quando são solteiras. A pesquisa foi conduzida por uma equipe liderada pela psicóloga Yuthika Girme, da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, em uma amostra de cerca de 4 mil pessoas, entre 18 e 94 anos de idade, com relacionamentos atuais ou passados, com média de 22 anos. anos. No início, um quinto das pessoas envolvidas era solteiro.

O estudo descobriu que há pessoas que estão constantemente tentando evitar confrontos e conflitos em pares, e isso gera uma forte ansiedade nelas. Essas mesmas pessoas são mais felizes por si mesmas, porque a suposição que causa preocupação é completamente ausente. O mesmo Dr. Girme explica que a atitude, pela qual devemos sistematicamente evitar um confronto com o parceiro, pode gerar solidão, infelicidade, insatisfação em suas vidas. Em vez disso, as pessoas que não se importam em ter um relacionamento atormentado são menos felizes com solteiros do que quando vivem em pares.

Confronto e mais confronto, reconciliações são dinâmicas que não sofrem, e sim fortalecem seu relacionamento porque desta forma eles vivem dinâmicas que pertencem apenas a eles e fazem a sua relação única.

Esta pesquisa abre novos cenários que precisam ser explorados, em parte porque eles poderiam servir para explicar por que o número de solteiros está aumentando (pense que nos Estados Unidos, 51% da população é solteira).

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: