Uma cura infalível para o coração partido: conheça as orações para esquecer um amor

Uma cura infalível para o coração partido: conheça as orações para esquecer um amor
Avalie esse artigo

As relações afetivas, por melhores e mais bonitas que sejam, um dia podem chegar ao fim. Todo rompimento amoroso é difícil e dolorido, mas isso é ainda mais complicado quando você ainda sente algo pela pessoa. É aí que entram as orações para esquecer um amor. Elas podem ser sua aliadas para você seguir em frente.

O que são e como funcionam as orações para esquecer um amor?

Antes de explicar propriamente o que são as orações para esquecer um amor, é fundamental, para facilitar o entendimento e a compreensão do papel que essas orações podem ter na sua vida, explicar o que são as orações em geral.

As orações nada mais são, de forma literal e a grosso modo, um conjunto de palavras, interjeições e frases que tem um caráter iminentemente religioso, espiritual, possuindo finalidades gerais ou específicas.

Toda oração envolve palavras. As palavras são uma das formas de linguagem que nós seres humanos desenvolvemos para nos comunicarmos uns com os outros e também, por que não, com o mundo espiritual, com o divino e as forças da natureza e do universo.

É válido pontuar que toda oração é um ato de contrição, ou seja, de profundo e intenso recolhimento pessoal e íntimo, ligado ao transcendental. Em outras palavras, a oração é um dos momentos de maior comunhão com o mundo espiritual.

Essa é uma das definições e razões de ser das orações: elas se caracterizam por ser uma forma de comunicação e conexão com o mundo espiritual e as forças do universo. A oração não é a única forma de fazer isso, mas certamente é uma das mais eficientes e poderosas que existem.

Um dos trunfos da oração, que a fazem ser tão popular e tão utilizada pelas pessoas, é que elas são o material com o qual Deus trabalha para operar um milagre em sua vida.

Não queremos dizer com isso que Deus depende de você para fazer algo, não é isso. É justamente o oposto: você depende dele para fazer alguma coisa. Mas Ele não faz isso “de graça”. Ele precisa que você trabalhe para que ele possa te ajudar.

Por trabalho queremos dizer aqui empreender algum tipo de ação ou atitude em relação a algo que você quer trazer para a sua vida. Lembra daquela famosa frase que está na Bíblia: “Trabalha, que Eu te ajudarei”?

Pois é, Deus pode e irá fazer absolutamente tudo o que for bom e necessário para você, mas você precisa fazer por merecer, precisa fazer por onde, precisa ser digno daquilo que Ele tem para dar para você.

É a lei divina e natural do trabalho. O trabalho é uma necessidade natural e divina, onde as pessoas precisam adquirir experiência com alguma coisa, para conquistar alguma coisa. A oração é uma das formas de “trabalhar” para o divino.

A oração é como se fosse uma forma de ganhar créditos, de solicitar créditos. É como se no plano espiritual houvesse uma espécie de banco e a oração fosse uma forma de requisitar algo desse banco.

Mas isto foi apenas um exemplo. É claro que a oração é muito mais que isso. A oração também serve para agradecer, manifestar algo, louvar e reverenciar a Deus e muitas outras coisas.

Não existem uma única forma de fazer uma oração. As mais variadas e diferentes religiões do mundo possuem seus rituais próprios para fazer a oração: ajoelhados, sentados, em pé, prostrados como quem faz uma referência, entre outras maneiras.

Existem religiões que, além de ter uma determinada posição para fazer uma oração, utilizam alguns objetos para auxiliar e reforçar o processo, como velas, medalhinhas, terços, japamalas, entre tantos outros.

É muito comum também o uso de música e canto para embalar as orações, mas isso não é a regra. Há muitas religiões que usam cantos e músicas, mas não necessariamente em suas orações.

Mas se há um ingrediente em comum a todas as orações, de todas as religiões, é a fé. A fé é o maior e principal componente de uma oração. É claro que existem outros aspectos importantes, mas sem fé, de nada adianta cumprir todos os outros requisitos.

E isso também vale para as orações para esquecer um amor. Se você fizer uma oração para esquecer um amor, mas ficar insegura, com medo de não dar certo e estiver sem fé, ela não irá funcionar. Depende de você para essa oração dar resultados de verdade.

Quem é que costuma procurar orações para esquecer um amor?

O grupo de pessoas que mais costuma procurar orações para esquecer um amor são as mulheres. As mulheres (não todas, é necessário lembrar) costumam ser bem mais românticas e sentimentais que os homens.

Por serem mais emotivas e sentimentais,  tudo o que se relaciona a emoções e sentimentos mexem com elas de uma forma mais profunda, intensa e constante.

Os homens também tem sentimentos e emoções, obviamente e eles também sofrem e muito por amor. Mas eles costumam ser mais racionais e desapegados, além de tentarem controlar excessivamente seus sentimentos, o que faz com que eles procurem manifestar emoções de forma menos efusiva e frequente.

Além disso, a faixa etária de pessoas que recorrem a orações de amor está na faixa dos 19 aos 31 anos de idade.

Nessa faixa etária, a pessoa está ainda em um complexo momento de aprendizado e consolidação desse aprendizado e por isso recorrem a diferentes instrumentos para esquecer um amor, como as orações, por exemplo.

As orações para esquecer um amor são procuradas por pessoas que terminaram uma relação a curto, médio e longo prazo. Há ainda aqueles que tem um amor platônico, mas esses são a minoria.

Tomando notas de orações para esquecer um amor

Pegue agora mesmo um papel e uma caneta e anote as nossas recomendações de orações para esquecer um amor que daremos para você livrar seu coração da sofrência.

  • Oração para quem perdeu um amor

“Senhor, às vezes sinto vontade de desistir de tudo: tudo me parece sem valor, não consigo progredir, não vejo com otimismo meu futuro. Quantas decepções tive e quanto meu coração se encontra machucado. Acreditei no amor de quem me dizia amar e vi meu castelo desabar em fartas ruínas. Acreditei na felicidade e me deparei com uma imensa dor. Acreditei na amizade e quanto fui decepcionada(o).

Por estas razões, Senhor, estou diante de Vós, pedindo-Vos que eu volte a acreditar que uma dia possa ser feliz. Sinto um imenso medo em sofrer de novo e acredito que já não teria estrutura alguma, frente a uma nova decepção. Embora sabendo que nas amargas horas consigo avaliar melhor a vida e minhas atitudes, sinto-me triste.

Fazei, Senhor, que eu consiga sonhar um novo sonho e que se torne real como tanto desejo. Curai as chagas de meu coração que tanto padece de solidão e angústia. Trazei-me de volta a alegria de amar, viver, recomeçar. Colocai em minha alma de volta a esperança, a paz, a alegria, a fortaleza de quem sabe que o sol brilha todos os dias, mas a cada manhã, de forma diferente. Diante das noites escuras, eu me lembre que quanto mais é escura a noite, melhor posso ver as estrelas. Tornai-me tudo novo, Senhor. Eliminai de mim tudo o que maltrata minha alma e colocai no lugar, santos e firmes alicerces que me levem a nunca desistir de ser feliz. Concedei-me Vossa constante proteção. Sendo Rei e meu Pai, estendei Vossas mãos generosas para esta(e) vossa (o)serva(o) e filha(o), que tanto Vos ama. Amém.”

  • Oração a São Judas Tadeu para esquecer de um amor 

“Glorioso São Judas Tadeu, repleto de copiosas bênçãos, poderoso na palavra e nas obras.
Grande aos olhos de Deus e dos homens, por sua humildade e o ardente zelo com que você procurou a conversão de tantas almas à custa de inefáveis trabalhos e perseguições. Eu te suplico entregar pureza aos meus sentimentos e me infundir espírito de penitência para chegar a compreender os sofrimentos redentores do nosso Salvador.

Eu te suplico interceder diante de Deus nosso Senhor para que me conceda a graça que fervorosamente peço (faça seu pedido aqui), guie-me e livre-me de todo perigo espiritual e material.”

“Senhor
Hoje estou triste. Meu coração dói, comprimindo o peito.Sinto-me tão pequeno, tão carente. Sinto-me desamparado.Chorar, já chorei tudo o que podia. Mas há um buraco dentro de mim que teima em não fechar.

E com isso me angustia.Tu sabes, Senhor, o quanto estou apaixonado. Sabes o tamanho do meu desejo em estar com quem amo. E sabes, também, do sentimento de rejeição, de pequenez, que toma conta de mim. E eu, a cada dia, peço para não mendigar afeto. Mas não consigo.São noites que passo em claro. Não sei se é imaginação ou sonho.

Quando amanhece, não sei se dormi ou se fiquei a projetar imagens em minha cabeça. Mas acordo triste. Triste por saber que meu amor não me ama. E por mais que eu tente encontrar razões, não consigo. Só fico a me perguntar: Por quê? Porque não?Já fiz de tudo. Primeiro, criei jogos de amor, de sedução. Depois, acabei me revelando.

Chorando, disse tudo o que sentia. Falei do hoje, do amanha. Fiz planos para uma vida inteira juntos. E, como resposta, nada ouvi. Apenas um olhar de compreensão e um gesto como a dizer que, com o tempo, o sentimento passa. E ai me arrependi, e briguei, e me arrependi de novo, e me desculpei. E vazio de mim mesmo.Senhor! As pessoas me dizem que é assim mesmo.

Que o tempo será o meu grande aliado para que esta ferida fique cicatrizada. Mas ninguém sabe me dizer quanto tempo será necessário para que, um dia, eu acorde, abra a janela, contemple a luz do céu e sinta feliz. Eu quero esquecer, Senhor! Mas me sinto frágil. É tão triste o sentimento da rejeição. Eu quero esquecer, Senhor.

Talvez, esse meu problema não seja tão grande para a humanidade. Há tantas pessoas que sofrem por coisas piores. Eu tenho tudo. Tenho saúde. Tenho juventude. Tenho a vida toda pela frente. Mas, hoje…hoje, tenho de ser honesto. O meu sentimento é de que não tenho absolutamente nada.

E de que a vida não faz o menor sentido.Há momentos em que me arrependo de ter começado a amar. Mas acho que não foi decisão minha. Surgiu. Veio do nada. Veio de um olhar. De um tom de voz. De um sorriso. De um abraço. Veio de um encontro que, num instante, me fez sentir totalmente, diferente.

E um frio na barriga começou a me acompanhar, e eu comecei a mudar a cada dia. Lutei para ficar mais bonito. Para cuidar dos pequenos detalhes. Para chamar a atenção, parecendo natural. Lutei tanto para que minha presença fosse agradável. Lutei tanto para que meu amor protegesse, envolvesse, acalentasse. E nada.

Somente o silencio de quem, talvez, tenha outro amor.Muitas vezes, fiquei a me perguntar se não estaria usando a estratégia errada. Por vezes, desculpei a timidez. Inventei historias em minha cabeça para justificar o amor não amado. Mas agora, Senhor, quero voar em um outro horizonte. Pelo menos, hoje. Pelo menos nesse instante.

Eu sei, Senhor que o infinito é infinito. E é por isso que te peço forças. Minhas asas não podem ficar congeladas pela dor do amor. É preciso que eu recupere o poder do vôo. E ir adiante. Eu já existia antes de começar a viver este amor. E tenho a certeza de que continuarei a existir depois, quando ele se for. E é por isso que quero voar.

Quero voar, Senhor, e durante o meu vôo poder contemplar tudo quanto ficou esquecido durante essa minha passagem por um ninho que não me deu guarida. Não quero ter ódio. Não quero desejar o mal.

Só quero seguir meu vôo. E permitir que o pássaro continue o seu vôo. Infelizmente, voaremos separados. Cada um cumprindo o seu oficio. Cada um vivendo o seu sonho. Cada um obedecendo ao seu sentimento ou, talvez, tentando controla-lo. Enfim, o vôo não acabou.Agora estou um pouco melhor, Senhor. Tenho a certeza de que me ouviste.

A dor ainda não passou. A paixão teima em me fazer companhia e soprar em meus sentimentos alguma esperança. Não quero ter esse tipo de esperança. Quero recuperar o meu vôo e ir adiante. Quem sabe, neste lindo horizonte, algum pássaro queira me fazer companhia e o que hoje eu sinto será apenas a lembrança de uma dor profunda, que não existira mais.

Obrigado, Senhor! Obrigado pelo dom do amor. Pela capacidade de sofrer. Obrigado, Senhor! Obrigado por poder ser inteiro nos meus sentimentos. Antes isso do que a cessação de nunca ter amado, de nunca ter sofrido, de nunca ter existido. Este vendável é violento, mas me faz sentir vivo. E isso é bom. Já estou um pouco melhor.

Pelo menos agora, estou melhor. Amanhã, quando a dor voltar, lembrarei de Ti e melhorarei um pouco mais. Até o dia em que a teia desta paixão me libertar, para talvez cair em outra. Mas quem sabe, da próxima vez, o encontro seja mais belo, e a flechada de erros atinja os dois corações. E terei forças para esperar s dor passar, e ver o amor ressurgir.

Amém.”

(Oração elaborada por Gabriel Chalita).

Conhecendo orações para esquecer um amor

Teve seu coração partido e não quer mais sofrer? Então anote e faça uma das orações para esquecer um amor que ensinamos nesse artigo e tenha o consolo que seu coração tanto precisa.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: