Veja erros que podem acabar com um casamento (IMPERDÍVEL)

Veja erros que podem acabar com um casamento (IMPERDÍVEL)
Avalie esse artigo

Embora muita gente idealize um casamento como nos contos de fada, relação duradoura sem ao menos um pouco de desgaste não há. O relacionamento amoroso exige empenho contínuo dos seus cônjuges. Afinal, a vida a dois está sujeita à uma renovação diária e depende dela. Toda a dedicação que implica uma relação de sucesso, ne sempre é colocada em prática. Há momentos em que, se ao menos um dos parceiros dificultar o entrosamento, o casamento pode correr riscos.

Nesse sentido, hoje preparamos uma lista com os erros mais comuns que podem arruinar uma relação, ainda que ela já tenha uma longa jornada percorrida. São atitudes e posturas impróprias, que precisamos reconhecer no parceiro ou em nós mesmas.

Ver também: Como evitar o esfriamento da relação e reconquistar o amado (IMPERDÍVEL)

 

Erro #1: Esperar que a pessoa ao nosso lado nunca mude

Quando nos casamos, firmamos um compromisso com a pessoa como ela é naquele momento. Contudo, é normal que os seres humanos mudem com o passar do tempo. Sua essência, geralmente permanece a mesma, mas o “conjunto da obra” vai se transformar com a aprendizagem e os hábitos que tiver ao longo da vida.

Duas pessoas podem (e devem) crescer e evoluir juntas. Exigir que a pessoa ao seu lado nunca mude é algo que vai contra o curso natural da vida e do próprio casamento.

Erro #2: Supervalorizar o próprio ego

Ter amor próprio e valorizar o ego é algo fundamental. É justamente isso que nos protege da humilhação ou de nos sujeitarmos à situações abusivas. Antes de amar alguém, precisamos amar e respeitar a nós mesmos.

Porém, no casamento, além de cultivarmos nossa própria personalidade, precisamos ter consciência de que escolhemos dividir a vida com alguém. Precisamos estar abertos a ceder e perdoar, ao invés de criar um muro à nossa volta e ser excessivamente defensivos. Tenha empatia e saiba reconhecer o que vai além das suas próprias necessidades.

Erro #3: Colocar somente os filhos no centro das atenções

Atualmente, cada vez mais mulheres estão se dando por conta que ter filhos nem sempre é um desejo pessoal, mas sim algo imposto pela tradição e pelo senso comum. Tanto que muitas estão optando por simplesmente pular essa “convenção”. Entretanto, algumas cultivam genuinamente o desejo de ser mãe.

Só que ao gerar uma nova vida, ainda que sejamos responsável por ela, é preciso estabelecer todas as prioridades que permeiam a sua rotina. E elas não se resumem somente às crianças.

Uma família com filhos precisa encontrar o equilíbrio ideal para que todos sejam respeitados e recebam carinho igualmente. Não deixe de dar atenção ao seu cônjuge em detrimento dos seus filhos e vice versa. Encontre o meio termo.

Erro #4: Esperar e/ou exigir que tudo seja sempre perfeito

A vida, por si só, já é caótica. A nossa rotina no mundo contemporâneo é permeada por uma complexidade enorme de fatos e relações. Por que no casamento seria diferente? Quando casamos, buscamos por estabilidade – isso é fato. Porém, nem tudo vai sair sempre perfeito. A casa não vai ficar sempre em ordem. A relação também não. Mas nada que uma faxina e uma boa conversa não resolvam.

Nosso parceiro não vai ser sempre impecável e perfeito. Nós também não. Saber conviver e lidar com isso sem trocar os pés pelas mãos é a melhor saída. Aprenda a administrar seus conflitos e problemas ao invés de esperar que eles nunca aconteçam.

Erro #5: Não manter o foco no que realmente interessa

Perceba como nossos interesses nos fazem direcionar a atenção e os esforços para coisas específicas. Mas será que uma dedicação intensa a itens supérfluos vale mesmo a pena? E se isso colocar seu casamento em risco?

Cuidado para não se distrair focando apenas em bens materiais, aparências, armadilhas nas redes sociais (que são feitas com ferramentas para nos manter online o tempo todo), passatempos que tomem muitos dos seus momentos a dois e outras distrações superficiais.

Erro #6: Encarar o relacionamento como uma competição

Querer ter sempre a última palavra e ficar no chão quando isso não acontece é sinal de competição. Você não precisa e não deve estabelecer um duelo de forças diário com o seu cônjuge. Sua relação precisa ser equilibrada e de igualdade.

Além disso, fique feliz com as conquistas dele assim como espera que ele fique feliz com as suas. Em um casamento de sucesso não há espaço para inveja entre as duas partes envolvidas.

Erro #7: Estabelecer objetivos de vida muito diferentes

Antes mesmo de casar, vocês provavelmente já debateram quais seriam seus objetivos de vida após o casamento. Isso não quer dizer que eles nunca devam mudar. Mas, agora, precisam ser discutidos em conjunto.

Se um quer morar no campo e o outro na metrópole. Um quer guardar as economias e o outro quer gastar tudo. Um quer sair pra rua o tempo todo e o outro só quer ficar em casa. Opa! É hora de dialogar.

Não permita que seu casamento vire um inferno. Conversem sempre e procurem encontrar um ponto de equilíbrio e harmonia que atenda aos interesses de ambos. Que tal?

Erro #8: Cometer atos de infidelidade (seja ela adultério ou não)

Traição sempre traz muito sofrimento. Ter a ingrata surpresa de enfrentar a falta de lealdade e compromisso de uma pessoa conosco é ruim em qualquer tipo de relação, isso não se resume somente ao matrimônio.

Porém, quando descobrimos que a pessoa que mais amamos nos traiu pelas costas, o desapontamento é ainda maior. E perdoar é algo muito particular de cada um. Embora tenha que se ter em mente que a reincidência em casos de perdão é quase certa.

A saída mais simples para evitar esse tipo de situação é conversar. Ciúme exagerado não leva a lugar algum, a confiança deve vir de outras formas. E, dependendo da postura de cada um quanto ao tema, porque não a tentativa de um relacionamento mais aberto eventualmente? Estabelecer limites ou permissões na intimidade do casal é algo que só compete às partes envolvidas. Mas usufrua desse artifício com sabedoria. Respeite e exija respeito também.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: