Xô, Caspa! Conheça as Causas e Saiba Como Tratar o Problema

Xô, Caspa! Conheça as Causas e Saiba Como Tratar o Problema
Avalie esse artigo

Quando o couro começa a descamar, nós podemos ter cuidados bem simples para controlar. Nós vamos te contar quais são. Mesmo que a caspa seja mais recorrente nos homens, ela também é conhecida como dermatite seborreica e pode incomodar a vida de muitas mulheres, ainda mais as de idade entre 20 a 40 anos.

Ela é uma inflamação no couro cabeludo que é causada pela produção excessiva de óleo e pela proliferação de fungos na região, onde provoca a descamação, vermelhidão e até mesmo coceira.

O que piora mais ainda, é que esse problema consegue deixar as pessoas atingidas com uma baixa auto estima, pois as pessoas associam a caspa com falta de higiene.

Mas o problema tem outras questões e causas, podem ser predisposição genética, estresse, alterações hormonais, procedimentos químico e consumo excessivo de alimentos gordursos. No inverno é uma pena, mas a caspa só piora.

Os banhos quentes vão fazer mal para o couro cabeludo e como modo de defesa, ele começa a produzir mais óleo e sebo para proteger a região. Sem contar que durante o frio, a gente lava bem menos o cabelo e isso ajuda para que a oleosidade se acumule.

Ver também: Hidratação Intensiva Deixa seu Cabelo Preparado para o Verão

Como tratar?

Ela não tem cura, mas a caspa pode ser controlada ao fazer uso de xampus que tenham como base ácido salicílico e piritionato de zinco. Esses ativos estão presentes em fórmulas preescritas pelos médicos.

A lavagem tem que ser feita em dias alternados com uma temperatura fria ou morna. O cabelo tem que ficar em contato com a água por no máximo 3 minutos. Se o seu caso é muito severo, talvez seja melhor consultar um especialista.

Evite…

Tente não dormir com o cabelo molhado, assim como usar bonés e chapéus com muita frequência. As suas situações aumentam a proliferação de fungos e a caspa é a consequência.

Aplicar cremes e óleos no couro cabeludo também pode prejudicar a saúde dos fios, pois eles vão ficar mais oleosos e pesados. Por isso, espalhe por todo o comprimento do seu cabelo e só. Tente não tomar banhos muito quentes também.

Pode ser que você não saiba, mas pode ser que a oleosidade do seu cabelo seja causada por conta de alguns hábitos que você tem que podem prejudicar o seu couro cabeludo. Portanto, hoje vamos te mostrar algumas coisas que você pode estar fazendo e que deixam os seus fios com aspecto de pegajoso, bem esquisito.

A gente não percebe, mas tem várias coisas que fazemos no nosso dia a dia que achamos que não dão em nada, mas na verdade elas são bem prejudiciais a saúde dos seus fios, bem mais do que você imagina.

Vamos te dizer quais são eles e o como fazer para que você se livre desses hábitos e dar adeus a esse problema que incomoda tanto e deixa os nossos cabelos tão sem vida.

Mexer toda hora no cabelo não é uma boa ideia

Todo mundo quer ter um cabelo bonito para poder se olhar no espelho e sentir o maior prazer de tocá-lo, sentir a sua textura e ficar arrumando ao longo do dia. Mas você precisa saber que isso não é nada bom.

Quando ficamos mexendo o tempo todo nos nossos fios, a gente acaba levando sujeira e oleosidade que está presente na nossa mão para os nossos fios. E sabe o que acontece?

A produção de sebo no nosso couro cabeludo aumenta. Por isso, se controle, viu? Tente segurar essa mãozinha de passar o tempo todo no cabelo. Pode ser?

Lavar o cabelo com água quente é tão bom, né? Não.

Então, é bem gostoso tomar aquele banho bem quente, relaxando tudo, mas quando a água quente entra em contato com o cabelo então não fica muito bom não.

A temperatura muito alta é capaz de deixar os fios mais oleosos, pois vai ativar a produção de glândulas sebáceas do couro cabeludo. Por isso, se prepare, tenha coragem e não tome banho quente se você não quer ter o cabelo oleoso e com aspecto de sujo.

Por falar em alta temperatura…

Quando vamos usar o secador, é bem importante que a gente não deixe ele parado no mesmo lugar para sempre, ainda mais se for a raiz. Do mesmo jeito que acontece com a água quente, o vapor que sai do secador é bastante prejudicial ao couro cabeludo, pois vai estimular as glândulas sebáceas e a oleosidade vai chegar.

Não é preciso radicalizar também e parar de usar secador. É só usar com cuidado. A nossa dica é que você use com uma distância de pelo menos 30 cm para que você fique bem longe do risco de ficar com os fios oleosos.

Hidratação só no comprimento

As máscaras de hidratação possuem dentro da sua fórmula óleos que são ótimos para fazer a hidratação dos fios. Porém, se você passar na sua raiz também, o que vai acontecer é o que aconteceu com a água quente também, você vai ter muito mais produção de sebo.

É bem importante que o seu cabelo seja hidratado, realmente, mas quando você for fazer algum tratamento aos seus fios, não se esqueça de passar somente no comprimento..

Métodos caseiros? Esqueça.

A gente tem que deixar de lado aqueles tratamentos caseiros que alguém nos ensinou. Dependendo do caso, essas dicas caseiras podem não funcionar e pode até mesmo piorar algumas coisas. Essas dicas para retirar os sebos podem ressecar demais os seus fios ou até mesmo causar alguma irritação ou dermatite.

O interessante mesmo é se livrar de alguns hábitos, como os citados acima e buscar usar produtos que sejam testados e tenham resultados comprovados para acabar com a oleosidade. Não arrisque se você tem medo. Às vezes o barato sai mais caro e essas técnicas costumam ser bem baratas.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: